Publicidade

Estado de Minas REUNIÃO

PBH se reúne com comerciantes e avalia reabertura do comércio

Representantes de 24 entidades de diversas atividades econômicas esperam que o executivo reconsidere a decisão tomada na última semana


12/01/2021 17:11 - atualizado 12/01/2021 17:44

Entidades alegam que não há nenhum dado que correlacione o aumento de casos graves com a reabertura do comércio(foto: Jair Amaral/EM/DAPRESS)
Entidades alegam que não há nenhum dado que correlacione o aumento de casos graves com a reabertura do comércio (foto: Jair Amaral/EM/DAPRESS)

O fechamento do comércio continua sendo um problema para os empresários. Nesta terça-feira (12/01), representantes da Prefeitura de Belo Horizonte se reuniram com entidades dos setores de comércio e serviços da capital. 

As entidades alegam que não há nenhum dado que correlacione o aumento do número de casos graves com a reabertura do comércio ocorrida no segundo semestre do último ano e pediu que a decisão de fechamento do setor seja revista.

A PBH afirmou que vai levar as considerações para o Comitê de Enfrentamento à Pandemia do Coronavírus e adiantou que qualquer movimentação no sentido da liberação depende de melhoria em índices epidemiológicos e assistenciais. Os casos de COVID-19 na capital já ultrapassaram 70 mil e a cidade segue enfentando recordes de ocupação de leitos de UTIs.

“O que observamos é que há uma conjuntura de fatores que direcionam à elevação do número de casos, graves ou não, mas que não apresentam conexão direta com o funcionamento do comércio na capital”, disse o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH), Marcelo de Souza e Silva.

Marcelo participou da reunião juntamente com representantes de outras 23 entidades representativas de diversos setores da economia, entre elas a Abrasel, a Amis, Associação dos Lojistas do Hipercentro. Pela prefeitura participaram os secretários André Reis (Planejamento), Cláudio Beato (Desenvolvimento) e Adalclever Lopes (Governo).

De acordo com o presidente da CDL/BH, as entidades solicitaram à Prefeitura que os setores de comércio e serviços possam voltar a funcionar de portas abertas.

“Podemos até discutir algum tipo de restrição para evitar aglomerações, mas o setor precisa estar de portas abertas para o público. Também solicitamos que tenhamos em conjunto, poder público e sociedade civil organizada, mais ações de conscientização de prevenção à Covid-19. Todas as entidades estão dispostas a colaborar com iniciativas para conter o avanço da doença”, disse Souza e Silva.

O que é o coronavírus

Coronavírus são uma grande família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto em dezembro de 2019, na China. A doença pode causar infecções com sintomas inicialmente semelhantes aos resfriados ou gripes leves, mas com risco de se agravarem, podendo resultar em morte.
Vídeo: Por que você não deve espalhar tudo que recebe no Whatsapp



Como a COVID-19 é transmitida?


A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Vídeo: Pessoas sem sintomas transmitem o coronavírus?



Como se prevenir?


A recomendação é evitar aglomerações, ficar longe de quem apresenta sintomas de infecção respiratória, lavar as mãos com frequência, tossir com o antebraço em frente à boca e frequentemente fazer o uso de água e sabão para lavar as mãos ou álcool em gel após ter contato com superfícies e pessoas. Em casa, tome cuidados extras contra a COVID-19.
Vídeo: Flexibilização do isolamento não é 'liberou geral'; saiba por quê



Quais os sintomas do coronavírus?

Confira os principais sintomas das pessoas infectadas pela COVID-19:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarreia

Em casos graves, as vítimas apresentam

  • Pneumonia
  • Síndrome respiratória aguda severa
  • Insuficiência renal

Os tipos de sintomas para COVID-19 aumentam a cada semana conforme os pesquisadores avançam na identificação do comportamento do vírus.

 

Vídeo explica porque você deve aprender a tossir

Mitos e verdades sobre o vírus


Nas redes sociais, a propagação da COVID-19 espalhou também boatos sobre como o vírus Sars-CoV-2 é transmitido. E outras dúvidas foram surgindo: O álcool em gel é capaz de matar o vírus? O coronavírus é letal em um nível preocupante? Uma pessoa infectada pode contaminar várias outras? A epidemia vai matar milhares de brasileiros, pois o SUS não teria condições de atender a todos? Fizemos uma reportagem com um médico especialista em infectologia e ele explica todos os mitos e verdades sobre o coronavírus.

Coronavírus e atividades ao ar livre: vídeo mostra o que diz a ciência

Para saber mais sobre o coronavírus, leia também:

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade