Publicidade

Estado de Minas VIDA DENTRO DE CASA

Imagem de família feliz cozinhando na quarentena ganha prêmio de fotografia

A foto de Li Huaifeng, tirada na China, venceu a Pink Lady Food Photographer of the Year 2021, premiação que teve 10 mil concorrentes de mais de 70 países.


28/04/2021 09:55 - atualizado 28/04/2021 12:38


Li Huaifeng foi nomeado Fotógrafo de Comida Pink Lady de 2021 (Pink Lady Food Photographer of the Year 2021) por uma imagem intitulada Taste, tirada em Licheng, na província de Shanx(foto: Li Huaifeng)
Li Huaifeng foi nomeado Fotógrafo de Comida Pink Lady de 2021 (Pink Lady Food Photographer of the Year 2021) por uma imagem intitulada Taste, tirada em Licheng, na província de Shanx (foto: Li Huaifeng)

A foto de uma jovem família preparando uma refeição de forma alegre em casa na China ganhou um prêmio importante de fotografia gastronômica.

Li Huaifeng foi o vencedor do prêmio Fotógrafo de Comida Pink Lady de 2021 (Pink Lady Food Photographer of the Year 2021) por uma imagem intitulada Taste (gosto ou sabor, em tradução livre) tirada em Licheng, na província de Shanxi.

"Esta foto é tecnicamente excelente no uso de luz e na composição", disse a fundadora e diretora do prêmio, Caroline Kenyon.

"Mas o que a eleva ao nível de importância histórica é a profundidade de sua narrativa e emoção. Fala de um ano de isolamento e da vida dentro de casa, fala da vida em pequenas comunidades de familiares próximos."

"Aqui, a cena é banhada de amor, com ecos de Madonna e o Menino (em referência à representação visual da Virgem Maria e seu filho Jesus em grandes pinturas históricas). Uma foto excepcional que demonstra perfeitamente que a fotografia não precisa chocar ou perturbar para ser ótima ou memorável. Esta imagem requintada permanece na mente", afirmou.

Com a competição agora em seu 10º ano, os juízes analisaram mais de 10 mil inscrições de mais de 70 países ao redor do mundo. Os vencedores foram anunciados online por meio de um evento ao vivo.

Aqui estão alguns dos vencedores das categorias do concurso, com descrições feitas pelos próprios fotógrafos.

Categoria colheita: 'A secagem do quiabo', de F. Dilek Uyar, Turquia


"Secagem de flores de quiabo em Tokat, Turquia. As mulheres colhem flores de quiabo do campo e as arrumam em uma corda, então as flores secas caem e o quiabo fica pronto para ser consumido no inverno." (foto: F Dilek Uyar)

Categoria fotógrafo de comida de casamento: 'Não se soltam fogos antes da festa', por John Armstrong-Millar, França


"Normalmente, casamentos acontecem conforme o planejado, mas é muito divertido capturar os momentos em que as coisas fogem ao roteiro." (foto: John Armstrong-Millar)

Prêmio de estilismo da comida: Winteropulenz, de Martin Grünewald, Alemanha


"Opulência de inverno, uma suntuosa natureza morta de frutas, legumes e verduras de inverno." (foto: Martin Grünewald / Frank Weinert)

Prêmio de inovação: 'Fazendo macarrão de arroz', de Abdul Momin, Bangladesh


"Um trabalhador inspeciona se o macarrão de arroz secou corretamente" (foto: Abdul Momin)

Categoria 'Uma maçã por dia', de Natalia Bogubowicz, Polônia


"Maçãs assadas em corte transversal." (foto: Natalia Bogubowicz)


Categoria 'comida de rua': 'Aproveitando', de Viet Van Tran, Vietnã


"Quatro meninas comiam uma sopa doce com tanto gosto que me fizeram sentir que a vida é linda, embora todos estejamos vivendo em uma pandemia." (foto: Viet Van Tran)

Categoria retrato de comida: 'Peras ao vinho quente', por Harriet Harcourt, Austrália


"Derramando a calda de vinho com especiarias sobre as peras escaldadas antes de servir." (foto: Harriet Harcourt)


Categoria Estudante de Fotografia Gastronômica do Ano: 'Beterrabas em natureza morta', de Sarah Blandford, Reino Unido


"Beterraba caseira em uma panela de cobre, pronta para cozinhar." (foto: Sarah Blandford)

Categoria influenciadores de comida: 'Luz de outono', de Deborah Trocchia, Itália


"La reine du mois [rainha do mês]." (foto: Deborah Trocchia)


Categoria Comida à venda: 'Vendedora de rua', de Joseph P. Smith, Malta


"Uma senhora vende alcaparras e outras iguarias de seu velho carrinho nas ruas de Marsaxlokk, uma vila de pescadores em Malta." (foto: Joseph P Smith)

Categoria Programa Mundial de Alimentos: 'Bebendo do lixo', por Md. Mahabub Hossain Khan, Bangladesh


"Uma criança bebe de uma garrafa." (foto: Md Mahabub Hossain Khan)

As fotografias são cortesia da Pink Lady Food Photographer of the Year 2021.


Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!


O que é um lockdown?

Saiba como funciona essa medida extrema, as diferenças entre quarentena, distanciamento social e lockdown, e porque as medidas de restrição de circulação de pessoas adotadas no Brasil não podem ser chamadas de lockdown.


Vacinas contra COVID-19 usadas no Brasil

  • Oxford/Astrazeneca

Produzida pelo grupo britânico AstraZeneca, em parceria com a Universidade de Oxford, a vacina recebeu registro definitivo para uso no Brasil pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). No país ela é produzida pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

  • CoronaVac/Butantan

Em 17 de janeiro, a vacina desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac, em parceria com o Instituto Butantan no Brasil, recebeu a liberação de uso emergencial pela Anvisa.

  • Janssen

A Anvisa aprovou por unanimidade o uso emergencial no Brasil da vacina da Janssen, subsidiária da Johnson & Johnson, contra a COVID-19. Trata-se do único no mercado que garante a proteção em uma só dose, o que pode acelerar a imunização. A Santa Casa de Belo Horizonte participou dos testes na fase 3 da vacina da Janssen.

  • Pfizer

A vacina da Pfizer foi rejeitada pelo Ministério da Saúde em 2020 e ironizada pelo presidente Jair Bolsonaro, mas foi a primeira a receber autorização para uso amplo pela Anvisa, em 23/02.

Minas Gerais tem 10 vacinas em pesquisa nas universidades

Como funciona o 'passaporte de vacinação'?

Os chamados passaportes de vacinação contra COVID-19 já estão em funcionamento em algumas regiões do mundo e em estudo em vários países. Sistema de controel tem como objetivo garantir trânsito de pessoas imunizadas e fomentar turismo e economia. Especialistas dizem que os passaportes de vacinação impõem desafios éticos e científicos.


Quais os sintomas do coronavírus?

Confira os principais sintomas das pessoas infectadas pela COVID-19:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarreia

Em casos graves, as vítimas apresentam

  • Pneumonia
  • Síndrome respiratória aguda severa
  • Insuficiência renal

Os tipos de sintomas para COVID-19 aumentam a cada semana conforme os pesquisadores avançam na identificação do comportamento do vírus.

 

 

Entenda as regras de proteção contra as novas cepas



 

Mitos e verdades sobre o vírus

Nas redes sociais, a propagação da COVID-19 espalhou também boatos sobre como o vírus Sars-CoV-2 é transmitido. E outras dúvidas foram surgindo: O álcool em gel é capaz de matar o vírus? O coronavírus é letal em um nível preocupante? Uma pessoa infectada pode contaminar várias outras? A epidemia vai matar milhares de brasileiros, pois o SUS não teria condições de atender a todos? Fizemos uma reportagem com um médico especialista em infectologia e ele explica todos os mitos e verdades sobre o coronavírus.


Para saber mais sobre o coronavírus, leia também:

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade