Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

COVID-19: com toque de recolher, Granbel propõe onda lilás para a Grande BH

Proibição de venda de bebidas alcoólicas e fiscalização do transporte coletivo estão na pauta, mas comércio seguirá em funcionamento


08/03/2021 14:24 - atualizado 08/03/2021 18:40

Reunião da Granbel foi realizada em Vespasiano e contou com membros do governo de Minas(foto: Matheus Muratori/EM/D.A Press)
Reunião da Granbel foi realizada em Vespasiano e contou com membros do governo de Minas (foto: Matheus Muratori/EM/D.A Press)
Prefeitos e representantes das cidades da Região Metropolitana de Belo Horizonte e membros do governo de Minas se reuniram entre a manhã e a tarde desta segunda-feira (08/03) e garantiram intensificar o combate à pandemia de COVID-19. 

 

Prefeita de Vespasiano e presidente da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte (Granbel), Ilce Rocha (PSDB) foi a responsável pelo encontro, mas não garantiu a adesão de todos os 34 municípios à causa. Ao todo, 21 prefeitos estiveram presentes.

 

Entre as medidas a serem adotadas, estão toque de recolher de 20h às 5h, proibição de venda de bebidas alcoólicas geladas até em supermercados e fiscalização do transporte coletivo com auxílio da Polícia Militar. Apesar disso, o comércio seguirá aberto dentro dos protocolos estabelecidos. A faixa foi chamada de "onda lilás", intermediária entre a roxa e a vermelha do programa estadual Minas Consciente, mas ainda sem prazo definido para entrar em vigor.

 

"É uma proposta para intermediar onda roxa com vermelha, sendo uma vermelha mais restritiva. Os serviços essenciais foram discutidos, mas o que muda é o toque de recolher (das 20h às 5h), a fiscalização nos ônibus, no transporte, e a venda de bebidas alcoólicas", afirmou Ilce Rocha. 

 

Belo Horizonte, capital de Minas Gerais e cidade que norteia a Região Metropolitana, recuou na retomada do comércio. Desde a última sexta-feira (05/03), somente serviços considerados essenciais, como supermercados, bancos, padarias e farmácias, podem funcionar no município. O prefeito belo-horizontino Alexandre Kalil (PSD) não esteve presente no encontro desta segunda.

 

"BH não podemos inserir nisso, mas vai estar próximo de tudo isso. Ele (Kalil) pediu para a gente fazer essa reunião e instituir algo próximo ao aderido pela cidade. Aqui tinha 21 cidades, não estava São José da Lapa, mas ela deve entrar, e todos que estavam vão aderir", afirmou a presidente da Granbel. A adesão oficial ainda depende de publicação no Diário Oficial do Município, com detalhamento das medidas.

 

Em posicionamento enviado por e-mail, a prefeitura informou que "até o momento, não há previsão de mudança nos protocolos de Belo Horizonte". 

 

Desde o último sábado (06/02), quatro regiões do estado (Triângulo do Norte, Triângulo do Sul, Noroeste e Norte) estão com toque de recolher imposto pelo Executivo estadual para conter a propagação do vírus.

 

Segundo dados divulgados nesta segunda pela Secretaria de Estado de Saúde (Ses), Minas Gerais soma 924.572 casos de COVID-19 (1.999 nas últimas 24 horas) e 19.548 mortes (25 entre esse domingo e esta segunda) pelo vírus. Ao todo, 605.225 pessoas já foram vacinadas contra o coronavírus em Minas, sendo que 290.176 delas receberam a segunda dose do imunizante.

Cidades que participaram da reunião e corroboram com 'onda lilás':

  • Caeté
  • Capim Branco
  • Confins
  • Contagem
  • Florestal
  • Ibirité
  • Igarapé
  • Itaguara
  • Jaboticatubas
  • Juatuba
  • Mateus Leme
  • Matozinhos
  • Nova Lima
  • Nova União
  • Pedro Leopoldo
  • Ribeirão das Neves
  • Rio Acima
  • Santa Luzia
  • São Joaquim de Bicas
  • Sarzedo
  • Vespasiano 

 

O que é o coronavírus


Coronavírus são uma grande família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto em dezembro de 2019, na China. A doença pode causar infecções com sintomas inicialmente semelhantes aos resfriados ou gripes leves, mas com risco de se agravarem, podendo resultar em morte.
Vídeo: Por que você não deve espalhar tudo que recebe no Whatsapp

Como a COVID-19 é transmitida? 

A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Vídeo: Pessoas sem sintomas transmitem o coronavírus?


Como se prevenir?

A recomendação é evitar aglomerações, ficar longe de quem apresenta sintomas de infecção respiratória, lavar as mãos com frequência, tossir com o antebraço em frente à boca e frequentemente fazer o uso de água e sabão para lavar as mãos ou álcool em gel após ter contato com superfícies e pessoas. Em casa, tome cuidados extras contra a COVID-19.
Vídeo: Flexibilização do isolamento não é 'liberou geral'; saiba por quê

Quais os sintomas do coronavírus?

Confira os principais sintomas das pessoas infectadas pela COVID-19:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarreia

Em casos graves, as vítimas apresentam:

  • Pneumonia
  • Síndrome respiratória aguda severa
  • Insuficiência renal
Os tipos de sintomas para COVID-19 aumentam a cada semana conforme os pesquisadores avançam na identificação do comportamento do vírus. 

Vídeo explica por que você deve 'aprender a tossir'


Mitos e verdades sobre o vírus

Nas redes sociais, a propagação da COVID-19 espalhou também boatos sobre como o vírus Sars-CoV-2 é transmitido. E outras dúvidas foram surgindo: O álcool em gel é capaz de matar o vírus? O coronavírus é letal em um nível preocupante? Uma pessoa infectada pode contaminar várias outras? A epidemia vai matar milhares de brasileiros, pois o SUS não teria condições de atender a todos? Fizemos uma reportagem com um médico especialista em infectologia e ele explica todos os mitos e verdades sobre o coronavírus.

Coronavírus e atividades ao ar livre: vídeo mostra o que diz a ciência

Para saber mais sobre o coronavírus, leia também:

 

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade