Publicidade

Estado de Minas SEM LEITOS

COVID-19: Divinópolis recebe mais cinco pacientes de Coromandel

Esgotamento assistencial forçou transferência de 45 pessoas do Triângulo Norte e Noroeste para tratamento contra a COVID no Centro-Oeste


25/02/2021 14:42 - atualizado 25/02/2021 14:52

Os pacientes foram levados para o Hospital de Campanha (foto: Crédito: Divulgação/Samu)
Os pacientes foram levados para o Hospital de Campanha (foto: Crédito: Divulgação/Samu)
Mais cinco pacientes de Coromandel, Alto Paranaíba, foram transferidos para Divinópolis, na região Centro-Oeste de Minas Gerais, para tratamento contra a COVID-19. A cidade já recebeu 19 pessoas das macrorregiões Triângulo Norte e Noroeste. As transferências foram forçadas devido ao esgotamento da capacidade assistencial das regiões onde os municípios estão localizados.

 

Eles foram transferidos de avião com o apoio do Comando de Aviação do Estado (ComAvE). Do aeroporto Brigadeiro Cabral até o Hospital de Campanha, houve o apoio de duas Unidades de Suporte Avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

 

Dentre os pacientes estão quatro idosos, dois de 64 anos, um de 74 e outro de 77. Além de uma mulher, de 41 anos. Todos estavam em estado moderado, segundo o Samu. 

 

Até o final do dia desta quarta-feira (24/02), 107 pessoas estavam internadas em tratamento contra a doença em Divinópolis. 46 delas em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e 61 na enfermaria. A taxa de ocupação de leitos exclusivos para COVID estava em 48,2%, conforme o boletim de Secretaria Municipal de Saúde (Semusa). A cidade é referência para outras 52 da região, população estimada em 1,2 milhão de habitantes.

 

Transferências

 

Desde o início de fevereiro, a Secretaria de Estado de Saúde (Ses) transferiu 295 pacientes das macro Triângulo Norte e Noroeste para municípios mineiros. A Macrorregião Oeste, até o momento, recebeu 45 pessoas, sendo 26 mulheres e 19 homens.  Elas são de Coromandel (26), Monte Carmelo (4), Iraí de Minas (1), Guimarânia (1), Tupaciguara (1), Vazante (5), Carmo do Paranaíba (4), Lagoa Grande (2) e Presidente Olegário (1).

 

Os pacientes foram transferidos para Divinópolis (19), Pará de Minas (8), Formiga (6), Nova Serrana (6) e Bom Despacho (6). Dos 45, cinco morreram, 10 receberam alta e 30 continuam internados. “A Ses-MG está agindo de forma rápida e organizada para que nenhum paciente fique sem assistência médica”, afirmou em nota.

 

As transferências fazem parte da operação montada pelo estado com o apoio do Samu, Batalhão de Operações Aéreas (BOA) e técnicos de diversas áreas da Ses que se deslocaram para a região acometida para apoio logístico e no atendimento às vítimas. 

 

Em caso de necessidade de transferência, a secretaria, por meio da Central de Regulação, faz a remoção conforme a disponibilidade de leitos.

 

“A transferência é feita conforme o Plano de Contingenciamento elaborado para que todos os municípios possam contar com referências de atendimento em suas regiões. Quando em uma determinada cidade não há leitos disponíveis, é preciso buscar a alternativa assistencial mais adequada, em tempo oportuno, para o tratamento de saúde que o cidadão necessita. A busca se dá, inicialmente, em hospitais das cidades de sua macrorregião. Quando não a alternativa não é encontrada, a busca se estende para outras macrorregiões de Minas Gerais”, explicou.

 

*Amanda Quintiliano especial para o EM 

 

O que é o coronavírus


Coronavírus são uma grande família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto em dezembro de 2019, na China. A doença pode causar infecções com sintomas inicialmente semelhantes aos resfriados ou gripes leves, mas com risco de se agravarem, podendo resultar em morte.
Vídeo: Por que você não deve espalhar tudo que recebe no Whatsapp

Como a COVID-19 é transmitida? 

A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Vídeo: Pessoas sem sintomas transmitem o coronavírus?


Como se prevenir?

A recomendação é evitar aglomerações, ficar longe de quem apresenta sintomas de infecção respiratória, lavar as mãos com frequência, tossir com o antebraço em frente à boca e frequentemente fazer o uso de água e sabão para lavar as mãos ou álcool em gel após ter contato com superfícies e pessoas. Em casa, tome cuidados extras contra a COVID-19.
Vídeo: Flexibilização do isolamento não é 'liberou geral'; saiba por quê

Quais os sintomas do coronavírus?

Confira os principais sintomas das pessoas infectadas pela COVID-19:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarreia

Em casos graves, as vítimas apresentam:

  • Pneumonia
  • Síndrome respiratória aguda severa
  • Insuficiência renal
Os tipos de sintomas para COVID-19 aumentam a cada semana conforme os pesquisadores avançam na identificação do comportamento do vírus. 

Vídeo explica por que você deve 'aprender a tossir'


Mitos e verdades sobre o vírus

Nas redes sociais, a propagação da COVID-19 espalhou também boatos sobre como o vírus Sars-CoV-2 é transmitido. E outras dúvidas foram surgindo: O álcool em gel é capaz de matar o vírus? O coronavírus é letal em um nível preocupante? Uma pessoa infectada pode contaminar várias outras? A epidemia vai matar milhares de brasileiros, pois o SUS não teria condições de atender a todos? Fizemos uma reportagem com um médico especialista em infectologia e ele explica todos os mitos e verdades sobre o coronavírus.

Coronavírus e atividades ao ar livre: vídeo mostra o que diz a ciência

Para saber mais sobre o coronavírus, leia também:

 

 

 


O que é o coronavírus

Coronavírus são uma grande família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto em dezembro de 2019, na China. A doença pode causar infecções com sintomas inicialmente semelhantes aos resfriados ou gripes leves, mas com risco de se agravarem, podendo resultar em morte.
Vídeo: Por que você não deve espalhar tudo que recebe no Whatsapp


Como a COVID-19 é transmitida? 

A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Vídeo: Pessoas sem sintomas transmitem o coronavírus?

Como se prevenir?

A recomendação é evitar aglomerações, ficar longe de quem apresenta sintomas de infecção respiratória, lavar as mãos com frequência, tossir com o antebraço em frente à boca e frequentemente fazer o uso de água e sabão para lavar as mãos ou álcool em gel após ter contato com superfícies e pessoas. Em casa, tome cuidados extras contra a COVID-19.
  

Vídeo: Flexibilização do isolamento não é 'liberou geral'; saiba por quê


Quais os sintomas do coronavírus?

Confira os principais sintomas das pessoas infectadas pela COVID-19:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarreia

Em casos graves, as vítimas apresentam:

  • Pneumonia
  • Síndrome respiratória aguda severa
  • Insuficiência renal

Os tipos de sintomas para COVID-19 aumentam a cada semana conforme os pesquisadores avançam na identificação do comportamento do vírus. 

Vídeo explica por que você deve 'aprender a tossir'


Mitos e verdades sobre o vírus

Nas redes sociais, a propagação da COVID-19 espalhou também boatos sobre como o vírus Sars-CoV-2 é transmitido. E outras dúvidas foram surgindo: O álcool em gel é capaz de matar o vírus? O coronavírus é letal em um nível preocupante? Uma pessoa infectada pode contaminar várias outras? A epidemia vai matar milhares de brasileiros, pois o SUS não teria condições de atender a todos? Fizemos uma reportagem com um médico especialista em infectologia e ele explica todos os mitos e verdades sobre o coronavírus.

Coronavírus e atividades ao ar livre: vídeo mostra o que diz a ciência

Para saber mais sobre o coronavírus, leia também:


 

 

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade