Publicidade

Estado de Minas Luto oficial

Uberlândia chega a mil mortes provocadas pelo novo coronavírus

Foi decretado luto oficial por três dias depois de mais 15 mortes por coronavírus na cidade


23/02/2021 20:58 - atualizado 23/02/2021 21:48

Cidade tem 182 mortes por COVID neste mês(foto: Reprodução/Wikimedia/will7)
Cidade tem 182 mortes por COVID neste mês (foto: Reprodução/Wikimedia/will7)
Uberlândia
, no Triângulo Mineiro, atingiu, nesta terça-feira (23/2), a triste marca de mil mortes em decorrência da COVID-19. De acordo com o boletim epidemiológico, mais 15 óbitos confirmados levaram o Município à marca e em fevereiro já há 182 vítimas fatais da doença na cidade. Foi decretado luto oficial de três dias.

Entre as vítimas desta terça, estavam internados na rede municipal de saúde quatro homens de 64, 74, 78 e 80, além de sete mulheres com idades 47, 50, 73, 74, 75, 77 e 99 anos. A vítima mais jovem, contudo, era uma mulher de 23 anos internada na rede privada. Outra mulher, de 73 anos, também morreu por complicações de COVID-19 em um hospital particular. Na rede privada ainda, havia duas vítimas do sexo masculino, de 57 e 61 anos.

A primeira morte do tipo aconteceu em abril de 2021 na cidade, quando uma mulher 61 anos internada no Hospital Municipal não sobrevivei à doença. Uberlândia é o segundo município em quantidade de mortes e casos por coronavírus do Estado de Minas Gerais em números absolutos, perdendo apenas para a capital, Belo Horizonte.

O último levantamento divulgado pelo Município mostra 66.286 casos de infecção pelo vírus, além de haver 680 pessoas internadas nas redes pública e privada. Sendo 263 delas de casos graves e recebimento atendimento em UTIs. Uberlândia tem 98% dos leitos municipais de cuidado intensivos ocupados neste momento.

Luto oficial
 
O prefeito de Uberlândia, Odelmo Leão (PP), decretou luto oficial de três dias e lamentou as mil mortes locais. “Assinei hoje um decreto difícil. Nunca imaginei vivermos tudo isto (…) São mil vidas perdidas para este vírus, mil sorrisos que não mais serão dados, mil histórias ceifadas pela pandemia. Deixo aqui minha solidariedade, de coração, a todos os familiares e amigos de cada uma destas vítimas”, declarou em redes sociais.

Nesta terça também passou a valer toque de recolher entre 20h e 5h na cidade, além da proibição completa de venda de bebidas alcoólicas.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade