UAI
Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

MG: confira o boletim de mortes e casos de COVID-19 desta segunda (2)

Segundo a Secretária do Estado de Saúde, a pandemia no estado está controlada também por conta da vacinação


02/05/2022 15:06 - atualizado 02/05/2022 16:11

Pessoa recebendo aplicação de vacina
Minas registou 210 novos casos e 22 mortes por COVID-19 nas últimas 24 horas (foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)
Minas Gerais registou 210 novos casos e 22 mortes por COVID-19 nas últimas 24 horas, segundo dados do boletim epidemiológico desta segunda-feira (2/5), divulgados pela Secretária do Estado de Saúde (SES). Ontem, o estado não teve nenhuma morte e 309 pessoas testaram positivo para a doença.

Até o momento, foram 3.357.844 casos confirmados, sendo que 3.225.713 foram recuperados. Já a quantidade de mortes em Minas, por conta de COVID, foi de 61.316. Atualmente, 70.813 pessoas estão em acompanhamento (casos confirmados que não evoluíram para óbito, cuja condição clínica permanece acompanhada ou guarda atualização dos municípios).  

Apesar dos números, na última sexta-feira (29/4), o secretário de Saúde informou que Minas Gerais está com a pandemia controlada, pois, nos sete dias anteriores, tiveram 15 casos para cada 100 mil habitantes.

No mesmo período, 816 municípios do estado, dos 853, não registram nenhuma morte. Além disso, 781 cidades, quando observados os últimos 15 dias e 678 nos últimos 30 dias.  

Decréscimo de mortes está relacionada a cobertura vacinal

Abril foi o mês deste ano que contabilizou menos mortes por COVID-19, o que permitiu que o uso de máscara fosse desobrigado em Minas, a partir desse domingo (1/5). Em BH, a mesma medida foi sancionada na última quinta-feira (28/4).

Conforme a SES, o avanço no combate da pandemia está relacionada a cobertura vacinal em Minas. Vários municípios já estão com mais de 70% da população com a dose de reforço tomada, segundo informação do médico Fábio Baccheretti, secretário de Saúde.

O vacinômetro indica que 17.611.189 mineiros já receberam a aplicação da primeira dose, o que corresponde a 87,7% da população total. Já a segunda dose e dose única foram tomadas por 83,36%, sendo 16.219.924 e 21.030 pessoas, respectivamente.

Entretanto, a primeira e a segunda dose de reforço ainda apresentam números inferiores. Enquanto somente 58,05% tomaram a terceira dose ou primeira de reforço, apenas 2,62% receberam a quarta dose ou segunda de reforço.

Vacina AntiCOVID

A vacina está disponível de segunda a sexta-feira. A repescagem ocorre para grupos prioritários e faixas etárias já convocadas, inclusive público infantil, seja para aplicação de primeira dose, segunda dose, reforço e adicional, ou quarta dose.

Na capital, os locais, critérios e documentos necessários para a vacinação de cada público podem ser consultados no site da Prefeitura de Belo Horizonte. Para cada público, há informações específicas sobre dias, horários e locais de vacinação na cidade.

 

* Estagiária sob supervisão da editora Ellen Cristie.  

 

Leia mais sobre a COVID-19

Confira outras informações relevantes sobre a pandemia provocada pelo vírus Sars-CoV-2 no Brasil e no mundo. Textos, infográficos e vídeos falam sobre sintomasprevençãopesquisa vacinação.
 

Confira respostas a 15 dúvidas mais comuns

Guia rápido explica com o que se sabe até agora sobre temas como risco de infecção após a vacinação, eficácia dos imunizantes, efeitos colaterais e o pós-vacina. Depois de vacinado, preciso continuar a usar máscara? Posso pegar COVID-19 mesmo após receber as duas doses da vacina? Posso beber após vacinar? Confira esta e outras perguntas e respostas sobre a COVID-19.

Acesse nosso canal e veja vídeos explicativos sobre COVID-19

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade