UAI
Publicidade

Estado de Minas MENOS VAGAS

BH diminui oferta, e ocupação dos leitos de UTI fica a um passo do alerta

Indicador está em 49,9%, no limite do nível controlado. Pelo quarto dia seguido, sistema teve instabilidade, e a PBH não atualizou os números de casos e mortes


02/09/2021 19:41 - atualizado 02/09/2021 20:25

Redução de leitos em hospitais privados provocou aumento da ocupação das UTIs em BH
Redução de leitos em hospitais privados provocou aumento da ocupação das UTIs em BH (foto: Janey Costa/EM/D.A Press)


A ocupação dos leitos de UTI para pacientes com COVID-19 cresceu e está a um passo do patamar de alerta em BH, informa o boletim epidemiológico e assistencial da prefeitura nesta quinta (2/9). Conforme o balanço, o indicador saiu de 47,2% para 49,9%.

 

 

 

O crescimento da taxa está ligado à diminuição da oferta de camas do tipo nos hospitais particulares da capital mineira na comparação entre dois últimos balanços: de 279 para 254. Esse fator provocou uma elevação do percentual de uso das UTIs nesses equipamentos de saúde: de 33,7% para 39%.

Para efeito de comparação, a prefeitura registrou queda na ocupação da terapia intensiva para COVID-19 nos hospitais do SUS: 60,4% para 59,7%. Nessas unidades, a oferta de camas continua em 283, a mesma do levantamento anterior.

 

 

 

A redução de leitos na rede suplementar acontece pela diminuição da demanda de pacientes com o avanço da vacinação. Portanto, os hospitais deslocam camas para outras alas dos hospitais para atender outras doenças.

Por outro lado, a ocupação dos leitos de enfermaria recuou em BH: 33,9% para 30,7%. Esse percentual considera as camas das redes privada e pública. O indicador está no patamar de controle desde 25 de julho – 29 boletins em sequência.

 

 

 

A transmissão do novo coronavírus vinha de quatro altas consecutivas, mas ficou estável nesta quinta. O RT continua em 0,95, dentro do nível menos grave.

Portanto, 95 pessoas se tornam vítimas da pandemia a cada 100 casos confirmados de COVID-19 na cidade, em média.

Casos e mortes


Pelo quarto boletim seguido, o sistema do SUS apresentou instabilidade nesta quinta. Assim, os números continuam os mesmos do balanço anterior: 270.914 diagnósticos e 6.539 mortes.

Vacinação


BH registrou mais 26.910 aplicações da vacina contra a COVID-19 nesta quinta: 5.980 de primeira dose e 20.924 de segunda. Houve aplicação de seis vacinas da Janssen (Johnson & Johnson), aquela de desempenho único.

Agora, BH soma 1.863.420 aplicações de primeira dose, 953.071 de segunda e 58.854 de dose única. Segundo a prefeitura, 81,8% do público-alvo total se vacinou com a injeção inicial e 43,1% do mesmo contingente completou o esquema vacinal.

Segundo números da prefeitura, já se vacinaram com a primeira dose:

  • 469.044 idosos acima de 60 anos
  • 249.321 pessoas do grupo de risco, deficientes e beneficiários do BPC
  • 15.227 gestantes e puérperas
  • 203.072 trabalhadores da saúde
  • 19.896 servidores da segurança pública
  • 70.631 profissionais da educação
  • 836.229 entre 20 e 59 anos

Já com a segunda injeção se imunizaram:

  • 432.787 idosos acima de 60 anos
  • 176.511 pessoas do grupo de risco, deficientes e beneficiários do BPC
  • 2.938 gestantes e puérperas
  • 178.024 trabalhadores da saúde
  • 15.542 servidores da segurança pública
  • 54.970 trabalhadores da educação
  • 58.854 pessoas entre 20 e 59 anos (dose única)
  • 92.299 pessoas entre 20 e 59 anos (outras fórmulas)

A cidade recebeu 3.339.186 vacinas até aqui. A PBH não informa mais quantas doses recebeu de cada fórmula.

 

 

Leia mais sobre a COVID-19

Confira outras informações relevantes sobre a pandemia provocada pelo vírus Sars-CoV-2 no Brasil e no mundo. Textos, infográficos e vídeos falam sobre  sintomas prevenção pesquisa  vacinação .
 

Confira respostas a 15 dúvidas mais comuns

Guia rápido explica com o que se sabe até agora sobre temas como risco de infecção após a vacinação, eficácia dos imunizantes, efeitos colaterais e o pós-vacina. Depois de vacinado, preciso continuar a usar máscara?  Posso pegar COVID-19 mesmo após receber as duas doses da vacina?   Posso beber após vacinar?  Confira esta e outras  perguntas e respostas sobre a COVID-19 .

Acesse nosso canal e veja vídeos explicativos sobre COVID-19


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade