Publicidade

Estado de Minas EXERCÍCIOS LIBERADOS

Prefeitura divulga regras para atividades coletivas em academias de BH

Autorização para exercícios em grupo em estabelecimentos do setor foi divulgada pelo Executivo municipal nessa sexta e começa a valer na segunda


12/09/2020 16:36

Academias e centros de treinamento terão que seguir regras para realizar exercícios coletivos(foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
Academias e centros de treinamento terão que seguir regras para realizar exercícios coletivos (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
Um dia depois de anunciar que academias poderão realizar atividades coletivas, a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) publicou um protocolo com regras que estabelecimentos do setor terão que seguir para promover os exercícios em grupo com segurança. O ‘sinal verde’ dado pelo Executivo municipal começa a valer na próxima semana.

Além da higienização constante de mãos e a recomendação para não tocar nariz e boca e cobri-los ao espirrar ou tossir, a PBH também determinou uma distância mínima de dois metros de qualquer pessoa durante as atividades. Cada aluno deve portar sua garrafa para hidratação. Também é aconselhado prender os cabelos. A utilização de máscara durante a permanência é obrigatória. Ao fim dos exercícios, os frequentadores terão de ser liberados em fila, respeitando o distanciamento mínimo.

A permanência de alunos está proibida após as sessões de treino. Também foi pedido para que o espaço de um equipamento sem uso para outro aparelho seja respeitado. Já em áreas de peso livre, os estabelecimentos terão que realizar marcações no piso para indicar as posições a serem ocupadas e disponibilizar os objetos necessários no espaço demarcado, respeitando a distância de dois metros. Não deverá haver contato físico entre alunos e instrutores, mesmo nas atividades ao ar livre.

Em relação a acompanhantes, está permitida a entrada de um responsável por aluno menor de idade ou acompanhante de idosos ou pessoas com deficiência. Os tutores deverão se responsabilizar pela higienização dos objetos de quem elas estão supervisionando. O texto também diz que atividades individuais e coletivas, como boxe e karatê, só poderão ser oferecidas em locais arejados e que possibilitem o distanciamento mínimo entre as pessoas

Em atividades de corrida, por exemplo, cada praticante deve ser manter distante por 10 metros uns dos outros. Já para exercícios aquáticos, a distância tem de ser de dois metros, limitando duas pessoas por raia em caso de treinamento. Antes e depois dos exercícios, os praticantes só poderão circular pelas áreas comuns dos estabelecimentos de chinelo.

Autônomos


Há, também, regras a serem seguidas por profissionais autônomos de educação física que atuam em ambientes abertos. Eles terão de garantir uma distância mínima de cinco metros entre os alunos e vão ter que adaptar as aulas para que não haja contato físico entre as pessoas, evitando de organizar exercícios em duplas, trios ou grupos, desde que o distanciamento mínimo possa ser garantido.

Caso algum aluno apresente sintomas de COVID-19, como tosse, febre e dificuldade para respirar, o profissional autônomo terá que orientar o aluno a procurar uma unidade de saúde mais próxima.

O que é o coronavírus


Coronavírus são uma grande família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto em dezembro de 2019, na China. A doença pode causar infecções com sintomas inicialmente semelhantes aos resfriados ou gripes leves, mas com risco de se agravarem, podendo resultar em morte.
Vídeo: Por que você não deve espalhar tudo que recebe no Whatsapp

Como a COVID-19 é transmitida? 

A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Vídeo: Pessoas sem sintomas transmitem o coronavírus?


Como se prevenir?

A recomendação é evitar aglomerações, ficar longe de quem apresenta sintomas de infecção respiratória, lavar as mãos com frequência, tossir com o antebraço em frente à boca e frequentemente fazer o uso de água e sabão para lavar as mãos ou álcool em gel após ter contato com superfícies e pessoas. Em casa, tome cuidados extras contra a COVID-19.
Vídeo: Flexibilização do isolamento não é 'liberou geral'; saiba por quê

Quais os sintomas do coronavírus?

Confira os principais sintomas das pessoas infectadas pela COVID-19:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarreia

Em casos graves, as vítimas apresentam:

  • Pneumonia
  • Síndrome respiratória aguda severa
  • Insuficiência renal
Os tipos de sintomas para COVID-19 aumentam a cada semana conforme os pesquisadores avançam na identificação do comportamento do vírus. 

Vídeo explica por que você deve 'aprender a tossir'


Mitos e verdades sobre o vírus

Nas redes sociais, a propagação da COVID-19 espalhou também boatos sobre como o vírus Sars-CoV-2 é transmitido. E outras dúvidas foram surgindo: O álcool em gel é capaz de matar o vírus? O coronavírus é letal em um nível preocupante? Uma pessoa infectada pode contaminar várias outras? A epidemia vai matar milhares de brasileiros, pois o SUS não teria condições de atender a todos? Fizemos uma reportagem com um médico especialista em infectologia e ele explica todos os mitos e verdades sobre o coronavírus.

Coronavírus e atividades ao ar livre: vídeo mostra o que diz a ciência

Para saber mais sobre o coronavírus, leia também:

 



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade