Publicidade

Estado de Minas FLEXIBILIZAÇÃO

COVID-19: Bom Despacho inicia 1ª onda de retomada do comércio

Restaurantes, lanchonetes, pizzarias, sorveterias e bares estão autorizados a comercializar seus produtos no interior das lojas a partir desta sexta-feira (19)


postado em 18/06/2020 14:39 / atualizado em 18/06/2020 15:23

(foto: Divulgação/ Restaurante Delícias da Bina)
(foto: Divulgação/ Restaurante Delícias da Bina)
O Comitê de enfrentamento da pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2) de Bom Despacho, na Região Centro-Oeste do estado, anunciou, nessa quarta-feira (17), que a cidade está entrando no processo de liberação de estabelecimentos comerciais e atividades, interrompidas desde 18 de março deste ano. O método de flexibilização, estabelecido pela prefeitura municipal, é conhecido Onda 1 e faz parte do plano municipal de retomada da atividade econômica do município.

Segundo o plano, padarias, restaurantes, bares, lanchonetes, sorveterias, açaíterias e pizzarias estarão autorizadas a comercializar seus produtos no interior das lojas. Além disso, reuniões ordinárias de conselhos, associações e cooperativas obrigatórias por lei também passam a ser permitidas.

De acordo com o Comitê, os estabelecimentos poderão funcionar até as 21h, sem música ao vivo, DJ ou som mecânico, e a liberação passa a valer nesta sexta-feira (19). Os estabelecimentos deverão se adequar para atender às normas de segurança sanitária contra a doença.

Ainda segundo o órgão, a situação das cerimônias e celebrações religiosas será discutida nesta quinta-feira (18) entre lideranças religiosas e o presidente do Comitê, Humberto de Paula e Silva. Há um mês, templos religiosos e igrejas foram reabertas para atendimento individual.
 
Vivendo seu pior momento desde o início da pandemia do coronavírus, Bom Despacho registrou, até a manhã desta quinta-feira, 46 casos confirmados da doença, além de um óbito. Segundo o boletim epidemiológico da municipalidade, 422 pessoas notificaram a Secretaria de Saúde sobre a possibilidade de terem contraído a COVID-19, sendo que, dessas, 286 permanecem como casos suspeitos. 

Confira as medidas de segurança necessárias para o funcionamento dos estabelecimentos:

  • Disponibilizar álcool a 70% ou água e sabão para higienização das mãos na entrada, saída e pontos estratégicos do ambiente;
  • Clientes e funcionários deverão usar máscaras;
  • O limite máximo de uma pessoa a cada 16m2. Além disso, é preciso manter distanciamento de 3 metros entre mesas e, no máximo, duas pessoas por mesa;
  • As mesas, cadeiras e cardápios deverão ser desinfectados ao final de cada refeição;
  • Frequentemente, banheiros, balcões e locais de circulação de pessoas devem ser desinfetados. O estabelecimento também deverá ser fechado no mínimo duas vezes para desinfecção;
  • O local deverá estar arejado, com janelas e portas abertas. Ar-condicionados e ventiladores deverão ser desligados;
  • É proibido o serviço de self-service e serviço de rodízio de alimentos.
*Estagiário sob supervisão da editora Liliane Corrêa
 

O que é o coronavírus


Coronavírus são uma grande família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto em dezembro de 2019, na China. A doença pode causar infecções com sintomas inicialmente semelhantes aos resfriados ou gripes leves, mas com risco de se agravarem, podendo resultar em morte.
Vídeo: Por que você não deve espalhar tudo que recebe no Whatsapp

Como a COVID-19 é transmitida? 

A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Vídeo: Pessoas sem sintomas transmitem o coronavírus?


Como se prevenir?

A recomendação é evitar aglomerações, ficar longe de quem apresenta sintomas de infecção respiratória, lavar as mãos com frequência, tossir com o antebraço em frente à boca e frequentemente fazer o uso de água e sabão para lavar as mãos ou álcool em gel após ter contato com superfícies e pessoas. Em casa, tome cuidados extras contra a COVID-19.
Vídeo: Flexibilização do isolamento não é 'liberou geral'; saiba por quê

Quais os sintomas do coronavírus?

Confira os principais sintomas das pessoas infectadas pela COVID-19:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarreia

Em casos graves, as vítimas apresentam:

  • Pneumonia
  • Síndrome respiratória aguda severa
  • Insuficiência renal
Os tipos de sintomas para COVID-19 aumentam a cada semana conforme os pesquisadores avançam na identificação do comportamento do vírus. 

Vídeo explica por que você deve 'aprender a tossir'


Mitos e verdades sobre o vírus

Nas redes sociais, a propagação da COVID-19 espalhou também boatos sobre como o vírus Sars-CoV-2 é transmitido. E outras dúvidas foram surgindo: O álcool em gel é capaz de matar o vírus? O coronavírus é letal em um nível preocupante? Uma pessoa infectada pode contaminar várias outras? A epidemia vai matar milhares de brasileiros, pois o SUS não teria condições de atender a todos? Fizemos uma reportagem com um médico especialista em infectologia e ele explica todos os mitos e verdades sobre o coronavírus.

Coronavírus e atividades ao ar livre: vídeo mostra o que diz a ciência

Para saber mais sobre o coronavírus, leia também:

 



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade