Publicidade

Estado de Minas VIZINHO

Homem que socorreu avó de Michelle Bolsonaro diz: 'Ficará em meu coração'

Maria Aparecida Firmo Ferreira, avó de Michelle Bolsonaro, morreu na madrugada desta quarta-feira (12/8), vítima da COVID-19


13/08/2020 09:59

(foto: MINERVINO JUNIOR/CB/DA PRESS)
(foto: MINERVINO JUNIOR/CB/DA PRESS)

Internada desde 1º de julho, após contrair o novo coronavírus, a avó materna da primeira-dama do Brasil, Michelle Bolsonaro, morreu na madrugada dessa quarta-feira (12/8), vítima da COVID-19.

Maria Aparecida Firmo Ferreira, de 80 anos, apresentou melhora no quadro clínico durante a luta contra a doença, mas chegou a ter cerca de 80% do pulmão comprometido.

A aposentada morava sozinha no Setor de Chácaras do Sol Nascente e, no dia em que passou mal, foi encontrada por vizinhos caída na calçada. O Correio conversou com o aposentado Mariano Machado, 69, amigo de Maria Aparecida há mais de 10 anos. Ele a socorreu no dia em que ela caiu na calçada.

“Eu estava em casa, quando chegou outro rapaz, passou e a avistou caída perto da parede. Ele me avisou e, na hora, não acreditei. Corri às pressas até lá e perguntei se estava passando mal. Ela disse que sim e, então, eu abaixei, coloquei o braço e a peguei no colo. A única coisa que ela dizia era que estava se sentindo muito fraca”, detalhou.

Os dois a levaram ao Hospital Regional de Ceilândia (HRC), mas, por falta de vagas na unidade de terapia intensiva (UTI), ela foi encaminhada ao Hospital Regional de Santa Maria (HRSM) no mesmo dia. A avó da primeira-dama chegou a apresentar melhora no quadro clínico. Em 3 de agosto, a paciente deixou a intubação e utilizou máscara nebulizante para respirar.

Ontem, Maria Firmo sofreu uma parada cardiorrespiratória. A equipe médica realizou os procedimentos de reanimação, mas ela morreu por volta das 2h.

Rotina
 
Maria Firmo morava sozinha em uma casa simples, no bairro Sol Nascente. Frequentemente, alguns filhos iam lhe visitar, segundo informaram os vizinhos. “Ela sempre sentava à tarde na calçada na frente de casa. Eu vinha ficar com ela e conversávamos o dia inteiro. Era uma amiga, uma parceira e uma segunda mãe”, enfatiza Mariano Machado.

A rotina da aposentada não tinha mistérios. Era de casa para a igreja, supermercado ou na lotérica. “Quando ela não pôde mais frequentar os cultos por dores no corpo, os pastores a vinham buscar e davam todo o apoio. Quero deixar meus pesares para a família. A Maria era uma amiga de verdade e ficará em meu coração”, disse o aposentado, emocionado.

O pedreiro José Gomes, 57, mora desde 1985 na região e, quando chegou, Maria já morava na cidade. “Eu conversava com ela demais, perguntava como estava e, como resposta, dizia sentir dores nas pernas. Sempre foi muito sozinha, mas tinha os amigos da vizinhança. Estou muito sentido com isso tudo e não há nada de ruim para falar dela”, ressaltou.

O que é o coronavírus


Coronavírus são uma grande família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto em dezembro de 2019, na China. A doença pode causar infecções com sintomas inicialmente semelhantes aos resfriados ou gripes leves, mas com risco de se agravarem, podendo resultar em morte.
Vídeo: Por que você não deve espalhar tudo que recebe no Whatsapp

Como a COVID-19 é transmitida? 

A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Vídeo: Pessoas sem sintomas transmitem o coronavírus?


Como se prevenir?

A recomendação é evitar aglomerações, ficar longe de quem apresenta sintomas de infecção respiratória, lavar as mãos com frequência, tossir com o antebraço em frente à boca e frequentemente fazer o uso de água e sabão para lavar as mãos ou álcool em gel após ter contato com superfícies e pessoas. Em casa, tome cuidados extras contra a COVID-19.
Vídeo: Flexibilização do isolamento não é 'liberou geral'; saiba por quê

Quais os sintomas do coronavírus?

Confira os principais sintomas das pessoas infectadas pela COVID-19:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarreia

Em casos graves, as vítimas apresentam:

  • Pneumonia
  • Síndrome respiratória aguda severa
  • Insuficiência renal
Os tipos de sintomas para COVID-19 aumentam a cada semana conforme os pesquisadores avançam na identificação do comportamento do vírus. 

Vídeo explica por que você deve 'aprender a tossir'

Mitos e verdades sobre o vírus

Nas redes sociais, a propagação da COVID-19 espalhou também boatos sobre como o vírus Sars-CoV-2 é transmitido. E outras dúvidas foram surgindo: O álcool em gel é capaz de matar o vírus? O coronavírus é letal em um nível preocupante? Uma pessoa infectada pode contaminar várias outras? A epidemia vai matar milhares de brasileiros, pois o SUS não teria condições de atender a todos? Fizemos uma reportagem com um médico especialista em infectologia e ele explica todos os mitos e verdades sobre o coronavírus.

Coronavírus e atividades ao ar livre: vídeo mostra o que diz a ciência

Para saber mais sobre o coronavírus, leia também:

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade