UAI
Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

COVID-19: Minas Gerais não vai exigir prescrição para vacinar crianças

Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga disse nessa quinta que o governo federal iria recomendar a vacinação de crianças somente com prescrição médica


24/12/2021 20:39 - atualizado 25/12/2021 16:35

Governo federal abriu consulta pública a respeito da vacinação de crianças, o que retardou a imunização deste público
Governo federal abriu consulta pública a respeito da vacinação de crianças, o que retardou a imunização deste público (foto: Gladyson Rodrigues/EM/DA Press)
O governo de Minas anunciou na noite desta sexta-feira (24/12) que não vai exigir prescrição médica para vacinar crianças de cinco a 11 anos de idade com a vacina antiCOVID da Pfizer. O posicionamento acontece um dia depois de o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmar que o governo federal iria recomendar a imunização deste público somente com a receita.

"A Secretaria de Saúde de Minas Gerais informa que, após analisar documentos técnicos da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), vai recomendar a vacinação de crianças de 5 a 11 anos contra a COVID-19, sem exigência de receita médica, em conformidade, também, com orientação da Câmara Técnica de Assessoramento em Imunização (CTAI)", diz trecho de nota da Secretaria de Saúde de Minas Gerais, publicada nas redes sociais.

Na sequência, o governo de Minas diz que a vacinação contra o coronavírus não é obrigatória e que menores de idade devem ser imunizados com a presença dos pais ou responsáveis.

"A Secretaria de Saúde de Minas Gerais frisa que toda campanha de imunização até o momento é feita sem necessidade de receita médica e segue sendo opcional. Nos casos de menores de idade, a única exigência é o acompanhamento dos pais ou responsáveis", complementa.

Segundo dados desta sexta do governo de Minas, 15.207.591 pessoas foram imunizadas com a segunda dose da vacina ou com a dose única, o que corresponde a 83,99% do público total do estado. Dessas, 2.466.709 também receberam a dose de reforço do imunizante.

Ainda segundo dados desta sexta, Minas já registrou 2.218.695 casos de COVID-19. Deste total, 2.149.174 se recuperaram, 56.613 morreram e 12.908 seguem em observação.
 
 

Leia mais sobre a COVID-19

Confira outras informações relevantes sobre a pandemia provocada pelo vírus Sars-CoV-2 no Brasil e no mundo. Textos, infográficos e vídeos falam sobre sintomasprevençãopesquisa vacinação.
 

Confira respostas a 15 dúvidas mais comuns

Guia rápido explica com o que se sabe até agora sobre temas como risco de infecção após a vacinação, eficácia dos imunizantes, efeitos colaterais e o pós-vacina. Depois de vacinado, preciso continuar a usar máscara? Posso pegar COVID-19 mesmo após receber as duas doses da vacina? Posso beber após vacinar? Confira esta e outras perguntas e respostas sobre a COVID-19.

Acesse nosso canal e veja vídeos explicativos sobre COVID-19


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade