Publicidade

Estado de Minas IMUNIZAÇÃO

Lote de doses entregue a BH está dentro do 'acordado' entre Kalil e Zema

Capital mineira recebeu 113 mil vacinas contra a COVID-19, o que representa o carregamento porcentual que prefeito diz ter alinhado com governador


23/06/2021 21:48 - atualizado 23/06/2021 22:20

-->-->-->-->

Vacinação lenta em BH pode ''evoluir marchas'' a partir desta quinta-feira (24/6)(foto: Jair Amaral/EM/D.A Press - 04/06/2021)
Vacinação lenta em BH pode ''evoluir marchas'' a partir desta quinta-feira (24/6) (foto: Jair Amaral/EM/D.A Press - 04/06/2021)
 

Belo Horizonte recebeu, nesta quarta-feira (23/6), 113.854 vacinas contra a COVID-19. O repasse do Governo de Minas representa exatamente 13% do carregamento de 862 mil doses recebidas pelo estado nessa segunda (21/6). Esse é o porcentual da população mineira que vive na capital.

 

Em entrevista exclusiva ao Estado de Minas, o prefeito Alexandre Kalil (PSD) afirmou que combinou com o governador Romeu Zema (Novo) o repasse de exatamente 13% para BH em cada remessa recebida pelo estado.

 

"Assunto superado. Eu conversei com o Fábio (Baccheretti), secretário de Saúde do Estado. O Fábio entrou em contato com o Jackson (Machado Pinto), o nosso secretário (de Saúde). Eu conversei com o governador (Romeu Zema, do Novo). Parece que está tudo combinado. Está apaziguado", disse Kalil.

 

Com esse carregamento, BH deve vacinar 63 mil pessoas entre 53 e 55 anos. Parte desse estoque também será reservado para aplicação de segundas doses. A imunização começa nesta quinta (veja as regras aqui).

 

BH vacinou 50,4% do seu público-alvo com a primeira injeção até o momento. Por outro lado, 19% desse contingente completou o esquema vacinal.

 

A capital chegou à marca de 1.026.140 vacinados contra a COVID-19 com a primeira dose nesta quarta-feira. Outras 417.177 pessoas receberam a segunda.

Leia mais sobre a COVID-19

Confira outras informações relevantes sobre a pandemia provocada pelo vírus Sars-CoV-2 no Brasil e no mundo. Textos, infográficos e vídeos falam sobre sintomasprevençãopesquisa vacinação.
 

Confira respostas a 15 dúvidas mais comuns

Guia rápido explica com o que se sabe até agora sobre temas como risco de infecção após a vacinação, eficácia dos imunizantes, efeitos colaterais e o pós-vacina. Depois de vacinado, preciso continuar a usar máscara? Posso pegar COVID-19 mesmo após receber as duas doses da vacina? Confira esta e outras perguntas e respostas sobre a COVID-19.


Quais os sintomas do coronavírus?

Desde a identificação do vírus Sars-CoV2, no começo de 2020, a lista de sintomas da COVID-19 sofreu várias alterações. Como o vírus se comporta de forma diferente de outros tipos de coronavírus, pessoas infectadas apresentam sintomas diferentes. E, durante o avanço da pesquisa da doença, muitas manifestações foram identificadas pelos cientistas. Confira a relação de sintomas de COVID-19 atualizada.

O que é a COVID-19?

A COVID-19 é uma doença provocada pelo vírus Sars-CoV2, com os primeiros casos registrados na China no fim de 2019, mas identificada como um novo tipo de coronavírus pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em janeiro de 2020. Em 11 de março de 2020, a OMS declarou a COVID-19 como pandemia.


Veja vídeos explicativos sobre este e outros tema em nosso canal


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade