Publicidade

Estado de Minas CORONAVÍRUS

Kalil sobre vacina contra a COVID-19: 'Não temos onde comprar'

Prefeito de Belo Horizonte afirmou que o Executivo tem caixa, mas não há disponibilidade no mercado. E revelou contato frustrado com a Pfizer


25/02/2021 18:02 - atualizado 26/02/2021 08:38

Alexandre Kalil durante entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira(foto: Juarez Rodrigues/EM/D. A. Press)
Alexandre Kalil durante entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira (foto: Juarez Rodrigues/EM/D. A. Press)
O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), afirmou nesta quinta-feira (25/2) que o Executivo não tem onde comprar vacinas contra o novo coronavírus. A declaração foi dada em meio a uma pressão para que empresas, estados e municípios tenham a possibilidade de adquirir imunizantes por conta própria, sem depender da distribuição feita, até o momento, pelo governo federal.

“Nós não temos onde comprar vacina. A Prefeitura de Belo Horizonte não tem onde comprar vacina. Consultamos e não tem vacina para estado e município. Para estado eu não sei, para município eu tenho certeza. Porque a consulta foi ontem (quarta-feira), e tomamos um solene não”, afirmou o prefeito, em entrevista coletiva nesta quinta.

Tramita no Senado Federal desde a terça-feira (23/2) um projeto de lei que permite essa aquisição. Questionado se a Prefeitura de BH compraria um imunizante caso apareça essa possibilidade, Kalil foi direto: “Compraria, para usar só aqui compraria. Temos caixa para comprar”.

O prefeito citou uma frustração com a Pfizer, que produz o primeiro e até então único imunizante com registro definitivo da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O governo federal negou a compra dessas vacinas contra a COVID-19 no ano passado, tornando-as indisponíveis no país.

“Estamos tentando ainda, mas tem uma cláusula lá. A Pfizer não vende, a Pfizer não vende para a cidade. Ponto final, não vende. Não quer saber quanto custa, se paga adiantado, não quer saber de nada. Não vende”, completou Kalil.

Casos de COVID-19 em BH

Segundo dados divulgados nesta quinta pela Prefeitura de BH, a cidade já registrou 109.269 casos de COVID-19 desde o início da pandemia, em março de 2020.

Desse número, 2.721 resultaram em mortes, 101.815 recuperados e 4.733 em acompanhamento.

Ao todo, 112.706 pessoas já foram vacinadas contra o novo coronavírus na capital mineira, sendo que 55.818 receberam a segunda dose.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a cidade conta com 2.521.564 habitantes.

O que é o coronavírus


Coronavírus são uma grande família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto em dezembro de 2019, na China. A doença pode causar infecções com sintomas inicialmente semelhantes aos resfriados ou gripes leves, mas com risco de se agravarem, podendo resultar em morte.
Vídeo: Por que você não deve espalhar tudo que recebe no Whatsapp

Como a COVID-19 é transmitida? 

A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Vídeo: Pessoas sem sintomas transmitem o coronavírus?


Como se prevenir?

A recomendação é evitar aglomerações, ficar longe de quem apresenta sintomas de infecção respiratória, lavar as mãos com frequência, tossir com o antebraço em frente à boca e frequentemente fazer o uso de água e sabão para lavar as mãos ou álcool em gel após ter contato com superfícies e pessoas. Em casa, tome cuidados extras contra a COVID-19.
Vídeo: Flexibilização do isolamento não é 'liberou geral'; saiba por quê

Quais os sintomas do coronavírus?

Confira os principais sintomas das pessoas infectadas pela COVID-19:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarreia

Em casos graves, as vítimas apresentam:

  • Pneumonia
  • Síndrome respiratória aguda severa
  • Insuficiência renal
Os tipos de sintomas para COVID-19 aumentam a cada semana conforme os pesquisadores avançam na identificação do comportamento do vírus. 

Vídeo explica por que você deve 'aprender a tossir'


Mitos e verdades sobre o vírus

Nas redes sociais, a propagação da COVID-19 espalhou também boatos sobre como o vírus Sars-CoV-2 é transmitido. E outras dúvidas foram surgindo: O álcool em gel é capaz de matar o vírus? O coronavírus é letal em um nível preocupante? Uma pessoa infectada pode contaminar várias outras? A epidemia vai matar milhares de brasileiros, pois o SUS não teria condições de atender a todos? Fizemos uma reportagem com um médico especialista em infectologia e ele explica todos os mitos e verdades sobre o coronavírus.

Coronavírus e atividades ao ar livre: vídeo mostra o que diz a ciência

Para saber mais sobre o coronavírus, leia também:

 



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade