Publicidade

Estado de Minas COVID-19

Rio Acima: comissão é criada para reabrir escolas na cidade

Números de casos da COVID-19 não são favoráveis, segundo pesquisa da Fiocruz


29/09/2020 16:59 - atualizado 29/09/2020 17:52

Escolas de Rio Acima estão fechadas desde 17 de março. Comissão quer criar protocolos de segurança para reabertura(foto: (foto: Google Street View/ Reprodução))
Escolas de Rio Acima estão fechadas desde 17 de março. Comissão quer criar protocolos de segurança para reabertura (foto: (foto: Google Street View/ Reprodução))
A prefeitura de Rio Acima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, criou a Comissão Municipal de Gerenciamento da Pandemia no Âmbito Escolar, composta por profissionais da educação pública e privada, Conselho Tutelar e órgãos da prefeitura da cidade com o objetivo de elaborar e aprovar normas e protocolos de segurança sanitária para a prevenção à COVID-19 na reabertura das escolas.


De acordo com o decreto municipal, há a necessidade de criação de uma comissão enquanto a pandemia perdurar. A comissão se deu pelo fato de a cidade ter entrado, no mês de setembro, para o programa Minas Consciente, estar atualmente na onda amarela e também considerar a orientação do Conselho Estadual de Educação e da União dos Dirigente Municipais de educação (Undime).

Segundo a moradora Imaculada Ribas, Rio Acima não está preparada para abrir as escolas. A advogada diz que a sobrinha de oito anos estuda na Escola Municipal Terezinha da Silva Cosenza e convive com parentes idosos. “Respondi um questionário fornecido pela escola no início do mês e disse que não era a favor da reabertura das escolas. Não temos estrutura para isso e só devem abrir quando tiver a vacina e medicamentos eficazes para proteger os mais vulneráveis", conta.

Ainda segundo a advogada, o vírus circula solto na cidade. “Perdi uma vizinha para a COVID-19 há 10 dias. Ela morreu após ficar 25 dias internada no Hospital da Baleia, em Belo Horizonte. Não é hora de flexibilizar, o vírus está circulando."

Segundo o dado mais atual, de 2018, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Rio Acima tem 1.250 alunos matriculados no ensino fundamental, 76 professores e seis escolas de ensino fundamental. As escolas estão sem atividades desde 17 de março.  

Pesquisas

A Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV/Fiocruz) lançou o ‘Manual sobre biossegurança para reabertura de escolas no contexto da COVID-19’, que reúne normas e diretrizes para a retomada das aulas em segurança. Segundo o manual, é importante ter atenção ao elaborar protocolos escolares, pois muitos deles são restritos e não contemplam as recomendações científicas e o contexto de cada cidade. Um dos dados a serem observados para a reabertura das escolas é se o número de casos por dia é menor do que um a cada 100 mil habitantes.
 
Ainda segundo estimativas do IBGE, Rio Acima tem atualmente 10.420 pessoas. Se forem usadas as diretrizes fornecidas pelo Manual da Fiocruz, com base na quantidade de moradores da cidade, teria que haver um caso de COVID-19 a cada 10 dias para considerar segura a reabertura das escolas. De acordo com os boletins epidemiológicos fornecidos diariamente pelo site da prefeitura, no dia 19 de setembro havia 247 casos confirmados. No boletim desta terça feira (29), houve um salto para 257, 10 casos em 10 dias.
 
Procurada pela reportagem, a Secretaria de Educação de Rio Acima não respondeu as perguntas.
 

O que é o coronavírus


Coronavírus são uma grande família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto em dezembro de 2019, na China. A doença pode causar infecções com sintomas inicialmente semelhantes aos resfriados ou gripes leves, mas com risco de se agravarem, podendo resultar em morte.
Vídeo: Por que você não deve espalhar tudo que recebe no Whatsapp

Como a COVID-19 é transmitida? 

A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Vídeo: Pessoas sem sintomas transmitem o coronavírus?


Como se prevenir?

A recomendação é evitar aglomerações, ficar longe de quem apresenta sintomas de infecção respiratória, lavar as mãos com frequência, tossir com o antebraço em frente à boca e frequentemente fazer o uso de água e sabão para lavar as mãos ou álcool em gel após ter contato com superfícies e pessoas. Em casa, tome cuidados extras contra a COVID-19.
Vídeo: Flexibilização do isolamento não é 'liberou geral'; saiba por quê

Quais os sintomas do coronavírus?

Confira os principais sintomas das pessoas infectadas pela COVID-19:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarreia

Em casos graves, as vítimas apresentam:

  • Pneumonia
  • Síndrome respiratória aguda severa
  • Insuficiência renal
Os tipos de sintomas para COVID-19 aumentam a cada semana conforme os pesquisadores avançam na identificação do comportamento do vírus. 

Vídeo explica por que você deve 'aprender a tossir'


Mitos e verdades sobre o vírus

Nas redes sociais, a propagação da COVID-19 espalhou também boatos sobre como o vírus Sars-CoV-2 é transmitido. E outras dúvidas foram surgindo: O álcool em gel é capaz de matar o vírus? O coronavírus é letal em um nível preocupante? Uma pessoa infectada pode contaminar várias outras? A epidemia vai matar milhares de brasileiros, pois o SUS não teria condições de atender a todos? Fizemos uma reportagem com um médico especialista em infectologia e ele explica todos os mitos e verdades sobre o coronavírus.

Coronavírus e atividades ao ar livre: vídeo mostra o que diz a ciência

Para saber mais sobre o coronavírus, leia também:

 

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade