Publicidade

Estado de Minas COMBATE AO CORONAVÍRUS

COVID-19: Ibirité realiza campanha de testagem em domicílio

Iniciativa ajuda o município a direcionar os esforços para conter a disseminação do vírus


29/09/2020 16:18 - atualizado 29/09/2020 16:46

Profissional de saúde recolhe amostra de sangue para teste da COVID-19 (foto: Prefeitura de Ibirité/Divulgação )
Profissional de saúde recolhe amostra de sangue para teste da COVID-19 (foto: Prefeitura de Ibirité/Divulgação )
O protocolo de testagem mais comum adotado pelos municípios da Região Metropolitana de BH (RMBH) para a confirmação de casos da COVID-19 tem sido a realização de exames em pacientes sintomáticos e que preenchem os critérios de testagem. Ibirité decidiu inverter o fluxo de trabalho, e ir atrás do vírus nas regiões e bairros da cidade.

 

Desde agosto, a equipe de saúde do município está realizando testes nas casas dos moradores da cidade para diagnosticar a COVID-19. A iniciativa foi motivada pela necessidade de conhecer a fundo a incidência do vírus no município. “Os testes nos ajudarão a seguir estratégias cada vez mais rápidas e assertivas de combate ao coronavírus”, destacou o prefeito de Ibirité, William Parreira.

  

A secretária de Saúde de Ibirité, Carina Bitarães, conta que umas das descobertas, feitas a partir do estudo epidemiológico, surpreendeu a equipe de saúde. “Com os resultados dessas testagens em domicílios, vimos que, na verdade, o número de contaminações em Ibirité era até menor do que pensávamos”, comenta a gestora.

 

Os testes em domicílio são feitos por amostragem, assim como uma pesquisa de intenções de voto em uma eleição. “Nós estipulamos um número ideal de testes por região da cidade, e então escolhemos os prontuários aleatoriamente nos arquivos da Secretaria de Saúde”, explica Carina Bitarães.

 

Até o momento, já foram realizados cerca de 2 mil testes rápidos, dos tipos IgG e IgM. Com isso, é possível identificar pacientes que estejam contaminados pelo COVID-19, ou que tiveram contato com o vírus anteriormente. Outros 6 mil testes ainda serão realizados na cidade.

Preocupação com a saúde

A secretária de saúde de Ibirité, afirma que além dos resultados palpáveis já alcançados com a testagem em domicílio, há também um sentimento importante que surgiu com a iniciativa. “As pessoas estão satisfeitas. Elas percebem que a prefeitura se preocupa e trabalha pela saúde da população”.

 

Para Dona Cecília, teste foi um presente (foto: Prefeitura de Ibirité/Divulgação )
Para Dona Cecília, teste foi um presente (foto: Prefeitura de Ibirité/Divulgação )
 

 

 

A aposentada Cecília de Jesus, moradora de Ibirité há 47 anos, conta que a testagem foi um presente que ela e o marido receberam. “Nós tivemos uma gripe forte há algum tempo, e ficamos com medo de ser coronavírus. Mas fizemos o teste, e deu negativo”, comemora.

 

“Em vez de irmos até eles, eles vieram até nós. Foi gratificante, quem dera todos pudessem fazer o teste”, complementa a dona de casa, de 78 anos.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade