Publicidade

Estado de Minas VÍDEO

Clube em BH flagrado com festa para centenas de pessoas funciona 'normalmente', diz dono

Convidados foram filmadas no local comemorando um aniversário, a despeito dos protocolos sanitários de combate à pandemia de COVID-19 fixados pela PBH


17/08/2020 08:34 - atualizado 17/08/2020 18:25

Sol, piscina, pagode e centenas de pessoas: aglomeração em clube de BH ignorou pandemia e decreto de quarentena(foto: Facebook/reprodução)
Sol, piscina, pagode e centenas de pessoas: aglomeração em clube de BH ignorou pandemia e decreto de quarentena (foto: Facebook/reprodução)
A despeito dos riscos da pandemia de COVID-19, que matou 4,1 mil pessoas em Minas Gerais - 107,8 mil em todo o Brasil - centenas de pessoas se reuniram na tarde desse domingo (16) para uma comemoração em um clube de Belo Horizonte. Conhecido como 'Sítio do Paulinho', o local fica no Bairro Ouro Minas, Região Nordeste da capital.



Nas imagens, que circulam nas redes sociais, os convidados se aglomeram e curtem um show de pagode à beira da piscina. Segundo o Decreto 17.406, editado pelo prefeito Alexandre Kalil (PSD) em 5 de agosto, os clubes estão proibidos de funcionar. Espaços desse tipo só serão liberados na fase 3 da flexibilização do isolamento social. Em BH, ainda estão vigentes os protocolos da fase 1. 

Ao Estado de Minas, o dono do sítio, que se identificou apenas como Paulinho, e a mãe dele, Maria, disseram, por telefone, que o espaço está funcionando normalmente. Paulinho, no entanto, disse que só falaria a respeito da festa realizada no domingo pessoalmente. 

Em entrevista ao G1, o responsável pela comemoração, identificado como Júnio Augusto, disse que a celebração era uma "festa surpresa", "com cerca de 30 convidados". 

Fiscalização

A reportagem procurou a Guarda Municipal (GM) e a Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) para solicitar esclarecimentos sobre a fiscalização do cumprimento das normas de segurança contra o coronavírus na região do clube. A GM não se pronunciou sobre o assunto. 

A PMMG, por sua vez, informou, por meio de nota, que a atuação inicial no caso de descumprimento dos decretos estadual e municial de contenção da pandemia cabe às guardas municipais e outros órgãos das  prefeituras. A polícia, diz o comunicado, só é acionada pela GM "caso haja necessidade de apoio ou ocorrência de crimes e contravenções".

Furões da quarentena

Nas últimas três semanas, ao menos três eventos com aglomerações ganharam repercussão na capital mineira. Em 6 de agosto, a Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) dispersou um baile funk em Betim, que reunia cerca de 300 pessoas. Dois homens foram presos no local por tráfico de drogas. 

No Morro das Pedras, Região Oeste de BH, um evento com 500 convidados também terminou em prisão, em 27 de julho. No local, a polícia apreendeu grande quantidade de maconha, cocaína e crack, além de equipamentos para fabricação de entorpecentes. A corporação acredita que a celebração foi promovida por um dos líderes do tráfico na região. 

Em 26 de julho, outra festa, desta vez em Esmeraldas, na Região  Metropolitana, foi realizada a despeito dos decretos de quarentena. No local, a PM encontrou aproximadamente cem pessoas, buchas de maconha, comprimidos de ecstasy e armas de fogo. Três homens foram presos.  


***

O que é o coronavírus

Coronavírus são uma grande família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto em dezembro de 2019, na China. A doença pode causar infecções com sintomas inicialmente semelhantes aos resfriados ou gripes leves, mas com risco de se agravarem, podendo resultar em morte.
Vídeo: Por que você não deve espalhar tudo que recebe no Whatsapp



Como a COVID-19 é transmitida?


A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Vídeo: Pessoas sem sintomas transmitem o coronavírus?



Como se prevenir?


A recomendação é evitar aglomerações, ficar longe de quem apresenta sintomas de infecção respiratória, lavar as mãos com frequência, tossir com o antebraço em frente à boca e frequentemente fazer o uso de água e sabão para lavar as mãos ou álcool em gel após ter contato com superfícies e pessoas. Em casa, tome cuidados extras contra a COVID-19.
Vídeo: Flexibilização do isolamento não é 'liberou geral'; saiba por quê



Quais os sintomas do coronavírus?

Confira os principais sintomas das pessoas infectadas pela COVID-19:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarreia

Em casos graves, as vítimas apresentam

  • Pneumonia
  • Síndrome respiratória aguda severa
  • Insuficiência renal

Os tipos de sintomas para COVID-19 aumentam a cada semana conforme os pesquisadores avançam na identificação do comportamento do vírus.

 

Vídeo explica porque você deve aprender a tossir

Mitos e verdades sobre o vírus


Nas redes sociais, a propagação da COVID-19 espalhou também boatos sobre como o vírus Sars-CoV-2 é transmitido. E outras dúvidas foram surgindo: O álcool em gel é capaz de matar o vírus? O coronavírus é letal em um nível preocupante? Uma pessoa infectada pode contaminar várias outras? A epidemia vai matar milhares de brasileiros, pois o SUS não teria condições de atender a todos? Fizemos uma reportagem com um médico especialista em infectologia e ele explica todos os mitos e verdades sobre o coronavírus.

Coronavírus e atividades ao ar livre: vídeo mostra o que diz a ciência

Para saber mais sobre o coronavírus, leia também:





receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade