Publicidade

Estado de Minas COMÉRCIO

Black Friday: É hoje o dia da festa das lojas

Comércio de BH aposta nos descontos para recuperar perdas com a pandemia, atrair consumidor e acelerar vendas até o Natal


27/11/2020 04:00 - atualizado 27/11/2020 09:03

No Centro da capital, comerciantes destacam preços com redução para a liquidação(foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
No Centro da capital, comerciantes destacam preços com redução para a liquidação (foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
Cartazes, balões, luzes por toda a cidade para chamar a atenção de quem circula pelo Centro de Belo Horizonte e pelos shoppings da Grande BH. Isso porque comerciantes da capital mineira apostam não só na decoração, mas em descontos de até 50% para alavancar as vendas nesta Black Friday para tentarem, ao menos, recuperar parte dos prejuízos acumulados durante o período em que o comércio foi fechado em pandemia do novo coronavírus.

A gerente da loja Pague Menos BH, que fica na Avenida Amazonas, Solange Socorro Soares, conta que as expectativas são altas para hoje. "A expectativa é melhorar as vendas por conta dessa pandemia. A procura está bem melhor. esses três últimos dias, as vendas aumentaram e amanhã deve ser bem melhor. Estamos com promoções de até 50%”, contou.

Nadim Donato Filho, presidente do Sindicato de Lojistas de Belo Horizonte (Sindilojas), afirma que este é o momento para as lojas tentarem vender o estoque parado devido à pandemia. “Muitas lojas estão com bons descontos, de até 50%. Cada loja com a sua diferente possibilidade de oferta. O consumidor vai encontrar produtos de todos os tipos, até mesmo os básicos, em promoção”, explicou.
E as buscas já começaram. “A semana iniciou aquecida. Como temos muitos produtos de decoração, muitas lojas nos procuraram. Os balões preto e amarelo são os que mais saem”, contou Marcelo Carvalho, vendedor do Rei do Chocolate, que fica na Rua Tupis. A loja que vende artigos para festas, fantasias,  balas, pirulitos, carnaval, natal e festa infantil oferece descontos de até 20%.  “É uma data já muito aguardada no ano inteiro. Mas, este ano mais ainda por conta da pandemia. Muito tempo tentando voltar e é um ar no pulmão para respirar um pouquinho", acrescentou. A expectativa é que a loja registre um crescimento de 30% nas vendas neste fim de semana.

A entrada da loja Torra Tudo que fica na Rua dos Tupinambás chama a atenção de quem passa. Descontos de 10% até 50%. “Temos muitas promoções de roupa de cama, mesa e banho, roupas masculinas, femininas e infantis. Não podemos comparar com a procura do Black Friday do ano passado, mas estamos animados com a retomada”, disse. Mas, para além do movimento, a funcionária aponta preocupação em seguir as normas de segurança para o combate ao novo coronavírus. "A procura está alta. Mas, estamos tomando os cuidados, limitando o número de pessoas por vez. Não permitimos a entrada sem máscara e temos álcool gel disponíveis", acrescentou.

Nadim garante que as lojas estão contribuindo para que não ocorra a propagação da COVID-19. “O comércio está fazendo sua parte”, pontuou. Ele explica que os cuidados foram reforçados, principalmente, nas grandes redes de potencial de compra. “Além de todas as medidas de segurança, a abertura no domingo também vai contribuir para diminuir o número de consumidores hoje e amanhã”, finalizou. Para próximos fins de semana em virtude da Black Friday e do Natal, o comércio de BH terá o funcionamento liberado por três domingos.

Segurança é reforçada


Com o objetivo de oferecer uma maior proteção à população mineira durante o período do Natal e Réveillon – ação seguirá até 31 de dezembro –, a Polícia Militar está lançando a “Operação Natalina”, que reforçará o policiamento nas áreas comerciais da cidade, assim como aumentará o patrulhamento em todo o estado. Para aumentar o efetivo policial de que dispõe, a PM vai utilizar os serviços dos alunos dos cursos da Academia da Polícia Militar, dos setores administrativos das unidades da PMMG e dos Comandos de Policiamento Especializados.

“Durante a operação, todo o efetivo administrativo e acadêmico das regiões estarão à disposição da sociedade para fortalecer as medidas de prevenção e, se necessário, as ações de repressão qualificada voltadas principalmente à redução de delitos como o roubo, o furto e o estelionato no estado”, afirma o coronel Alexandre Magno, diretor de operações da PMMG. Em Belo Horizonte, o lançamento da Operação Natalina ocorreu ontem na Praça da Estação. Segundo o comandante do Policiamento da Capital, coronel Webster Wadim Passos Ferreira de Souza, o policiamento a pé será priorizado, com ações interativas e informativas. A operação contará com o apoio de drones, helicóptero e cavalaria.

Dicas de segurança serão distribuídas pelos policiais militares, com o objetivo de sensibilizar a comunidade e os comerciantes sobre a adoção de medidas de autoproteção. Nos centros comerciais e locais de grande aglomeração de pessoas, as câmeras de Olho Vivo auxiliarão no monitoramento. (Ivan Drummond)


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade