UAI
Publicidade

Estado de Minas DISCURSO

Bolsonaro na ONU: 'Nosso governo é contrário ao passaporte sanitário'

Presidente diz que Brasil não é favorável à exigência de apresentação do cartão de vacinação para entrada em outros países


21/09/2021 11:52 - atualizado 21/09/2021 12:04

Bolsonaro disse que o Brasil está encaminhando na vacinação, mas é contrário à exigência de passaporte
Bolsonaro disse que o Brasil está encaminhando na vacinação, mas é contrário à exigência de passaporte (foto: Brendan Smialowski/AFP )

O discurso de abertura na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) feito pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi uma repetição de suas inúmeras falas a apoiadores no território nacional. Em Nova Iorque, ele reafirmou que o Brasil é contrário ao passaporte da vacinação - obrigatoriedade de apresentar o comprovante de imunização para ter acesso a outro país.


 
Apesar disso, o presidente disse que o Brasil é favorável à vacinação em massa. O presidente é o único entre os 20 líderes do G20 que não tomou a primeira dose do imunizante.
 
“Apoiamos a vacinação, mas nosso governo tem se posicionado contrário ao passaporte sanitário ou a qualquer obrigação relacionada à vacina”, afirmou Bolsonaro. 
 
Ele exaltou que, até o momento, o governo federal distribuiu 260 milhões de doses de vacinas. Segundo ele, 140 milhões de brasileiros já receberam a primeira dose, sendo 90% população adulta e 80% da população indígena. 
 
O presidente também voltou a culpar governadores e prefeitos pelas restrições impostas nas atividades como forma de prevenir a expansão da COVID-19.

“A pandemia pegou a todos de surpresa em 2020. Lamentamos todas as mortes ocorridas no Brasil e no mundo. Sempre defendi combater o vírus e o desemprego de forma simultânea e com a mesma responsabilidade. As medidas de isolamento e lockdown deixaram um  legado de inflação  em especial nos gêneros alimentícios no muindo todo”, afirmou o presidente. 

Esta é a terceira participação de Bolsonaro na ONU desde que assumiu o mandato, em 2019. O representante do Brasil é sempre o primeiro a discursar desde 1947.

O chefe do Executivo desembarcou nos EUA com a comitiva presidencial no domingo (19/9). Desde então, Bolsonaro se reuniu com outros líderes mundiais, entre eles Boris Johnson, primeiro-ministro do Reino Unido.

Leia mais sobre a COVID-19

Confira outras informações relevantes sobre a pandemia provocada pelo vírus Sars-CoV-2 no Brasil e no mundo. Textos, infográficos e vídeos falam sobre  sintomas prevenção pesquisa  vacinação .
 

Confira respostas a 15 dúvidas mais comuns

Guia rápido explica com o que se sabe até agora sobre temas como risco de infecção após a vacinação, eficácia dos imunizantes, efeitos colaterais e o pós-vacina. Depois de vacinado, preciso continuar a usar máscara?  Posso pegar COVID-19 mesmo após receber as duas doses da vacina?   Posso beber após vacinar?  Confira esta e outras  perguntas e respostas sobre a COVID-19 .

Acesse nosso canal e veja vídeos explicativos sobre COVID-19



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade