Publicidade

Estado de Minas COVID-19

Kalil projeta disputa eleitoral: 'Se quiserem ir para o esgoto, vou também'

Embora mantenha foco no combate à pandemia, prefeito não teme acusações vindas de opositores


postado em 01/07/2020 14:00 / atualizado em 01/07/2020 18:26

Alexandre Kalil vai tentar a reeleição no próximo pleito municipal(foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)
Alexandre Kalil vai tentar a reeleição no próximo pleito municipal (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)
Enfrentar a pandemia do novo coronavírus é a prioridade do prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD). Segundo ele, a tarefa de conter o avanço da doença torna impossível a discussão de questões políticas neste momento. Mesmo assim, ao projetar os embates com os adversários na eleição municipal que se avizinha, ele é claro: “Se quiserem debater em bom tom, sou muito educado. Se quiserem ir para o esgoto, vou também”.



Em entrevista exclusiva ao Estado de Minas, Kalil relembrou as acusações recebidas durante a corrida eleitoral de 2016. À época, seu adversário no segundo turno, João Leite (PSDB), revelou que o ex-presidente do Atlético havia contraído dívidas por não pagar IPTU. 

“O que tinham que falar de mim, que eu devia IPTU, continuo devendo. Em três anos e meio de prefeitura, ninguém ‘piou’ sobre um escândalo aqui dentro. Levo para o nível que quiserem. Se quiserem debater em bom tom, sou muito educado. Se quiserem ir para o esgoto, vou também”, garantiu.

Embora tenha dito à reportagem que não quitou a dívida, Kalil afirmou, quatro dias antes do pleito de 2016, que havia pago os valores.

Pandemia é o que preocupa

Os efeitos impostos pela COVID-19, no entanto, formam o dilema que ocupa a mente de Kalil no momento. “Não dá para falar de política agora. Na hora que for para falar, vou falar. Sei brigar e ir para o campo de batalha. Isso não me preocupa. Sei fazer. O que eu não sei é como segurar a pandemia, e acho que ninguém sabe. Isso é o que me desespera”, afirmou.

A entrevista


O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, concedeu entrevista exclusiva ao Estado de Minas. Na conversa, ele falou sobre a pandemia da COVID-19 e as providências da PBH para reduzir casos, mortes e o impacto da doença no sistema de saúde da capital mineira. Kalil ainda foi questionado sobre ações para a retomada da economia da cidade, eleições municipais, política estadual e nacional. As reportagens serão publicadas ao longo dos próximos dias no portal e nas páginas impressas do Estado de Minas.

Leia o que já publicamos: 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade