UAI
Publicidade

Estado de Minas APURAÇÃO

Defesa Civil investiga causas de transbordamento de dique em Nova Lima

Autoridades da cidade tentam entender o que houve nas proximidades da BR-040, mas afirmam que Vallourec seguia diretrizes corretas


08/01/2022 13:14 - atualizado 08/01/2022 15:03

BR-040 interditada em virtude da lama que escorreu da barragem da Mina do Pau Branco
BR-040, tomada por lama, foi interditada (foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
A Defesa Civil de Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, já começou as investigações para entender o que levou ao transbordamento de um dique da Mina do Pau Branco, neste sábado (8/1). Informações preliminares da autarquia dão conta que a Vallourec, mineradora responsável pela estrutura, estava seguindo as diretrizes corretas para o manejo da barragem.

- Leia: Prefeitura de Nova Lima vai autuar Vallourec por crime ambiental

Ao MG1, da Rede Globo, Robson Silveira, da Defesa Civil novalimense, explicou que o planejamento da Vallourec foi afetado por um volume anormal de chuvas. Por isso, o derramamento de lama, que interditou a BR-040.

"Existe planejamento da empresa, mas algo sai do normal em relação ao volume [de chuvas]. Aí, ocorreu esse desastre. Graças a Deus, é uma barragem que não tem ninguém morando a jusante dela. E não cai no curso da água, porque temos uma barragem do Rio Miguelão que contém toda essa água, que não vai para o sistema do Rio das Velhas", disse ele.

A Defesa Civil da cidade tem funcionários no local e pretende expedir relatório sobre o incidente. A Defesa Civil estadual e as secretarias de Meio Ambiente de Minas Gerais e de Nova Lima também vão atuar.

"Não houve nenhum rompimento de barragem ou situação que traga riscos à comunidade. Já está no processo de limpeza das vias e drenagem para que não ocorra mais", afirmou Robson.

Segundo informações do tenente Pedro Aihara, porta-voz do Corpo de Bombeiros, a barragem do Pau Branco é considerada de pequeno porte.

Interdição

BR-040 está interditada nas proximidades justamente do trevo de Ouro Preto. Ainda não há previsão de liberação da estrada. Um motorista de caminhão contou que a "água veio igual a uma onda". Um vídeo mostra carros voltando de ré ou na contramão para fugir da lama. Já em outro vídeo, um motorista de carreta mostra outros carros sendo arrastados .

A Via 040, concessionária da rodovia, orienta os motoristas a desviar da obstrução por dentro do povoado de Casa Branca e da cidade de Piedade do Paraopeba. O desvio é exclusivo para carros. O caminho não suporta veículos de grande porte, como carretas ou ônibus.

Depois de passar por Casa Branca, os condutores seguem até Piedade de Paraopeba, com o objetivo de retornar à BR-040 na altura do Alphaville.

Para veículos que trafegam na direção oposta, do Rio a BH, a recomendação é fazer o caminho inverso, passando por Piedade do Paraopeba e Casa Branca. Assim, é possível voltar à BR-040 nas proximidades do Bairro Jardim Canadá, em Nova Lima.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade