UAI
Publicidade

Estado de Minas DOSE DE REFORÇO

Divinópolis abre cadastro para quem tomou segunda dose há mais de 150 dias

Intervalo para aplicação da terceira dose foi reduzido pelo Ministério da Saúde e ampliado a todos os adultos com mais de 18 anos


17/11/2021 21:35 - atualizado 17/11/2021 21:40

Mulher sendo vacinada
Divinópolis aplicou 12.310 doses de reforço da vacina contra a COVID-19 (foto: Divulgação/Prefeitura de Divinópolis)

Divinópolis, no Centro-Oeste de Minas, abriu, nesta quarta-feira (17/11), o cadastro para quem recebeu a segunda dose da vacina contra a COVID-19 há mais de 150 dias. O intervalo para aplicação da dose de reforço foi reduzida pelo Ministério da Saúde de seis para cinco meses.

 

As pessoas, acima de 18 anos, que já atingiram este prazo, devem se cadastrar no site da prefeitura. A abertura e disponibilidade de vagas ocorrerá conforme recebimento das vacinas pelo município. A última remessa distribuída pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) foi na quinta-feira da semana passada.
 
A data e local da imunização serão informados ao término do agendamento.

Divinópolis espera imunizar 210 mil pessoas. Até quarta-feira (10/11) da semana passada, data do último balanço, 75,1% do público-alvo havia sido imunizado com a segunda ou dose única. Mais de 12.300 pessoas já receberam a terceira dose.


Preocupação


Mesmo ampliando o público-alvo para a dose de reforço, a vice-prefeita Janete Aparecida (PSC) demonstra preocupação com os faltosos. O último balanço divulgado apontava que cerca de 12 mil pessoas não apareceram para a segunda dose.

"Infelizmente, ainda temos as pessoas que, mesmo com a curva da vacina comprovando sua eficácia pela queda dos números da COVID-19 na cidade, no país e no mundo, não acreditam que a vacina tem utilidade. Mas eu continuo com o apelo para que as pessoas completem seu esquema vacinal e coloquem em dia a segunda dose", alertou.

A taxa de ocupação da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) caiu 83,3% quando comparado o pico da pandemia, em abril deste ano, com outubro. A internação na enfermaria reduziu 75,6% no mesmo período. Os dados são da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa).

Janete destacou a importância da vacinação para voltar ao desejado "normal". "A segunda dose e a dose de reforço não são importantes só para quem recebe, mas para toda a população do Brasil e do mundo. É fundamental que a vacinação aumente para que possamos eliminar de vez esse vírus e acabar com o fantasma de que uma nova onda da COVID-19 possa voltar a qualquer momento”, reforçou.


Janssen 


O Ministério da Saúde também anunciou a que a vacina Janssen passará a ser aplicada em duas doses com intervalo de dois meses. Quem recebeu a primeira, como dose única, poderá ser imunizado novamente.

Entretanto, em Divinópolis, ainda não foi aberto o cadastro referente ao imunizante. A assessoria de comunicação da prefeitura informou que o município não recebeu, até o momento, nenhum comunicado oficial sobre a redução do aprazamento.

*Amanda Quintiliano especial para o EM
 

Leia mais sobre a COVID-19

Confira outras informações relevantes sobre a pandemia provocada pelo vírus Sars-CoV-2 no Brasil e no mundo. Textos, infográficos e vídeos falam sobre sintomasprevençãopesquisa vacinação.
 

Confira respostas a 15 dúvidas mais comuns

Guia rápido explica com o que se sabe até agora sobre temas como risco de infecção após a vacinação, eficácia dos imunizantes, efeitos colaterais e o pós-vacina. Depois de vacinado, preciso continuar a usar máscara? Posso pegar COVID-19 mesmo após receber as duas doses da vacina? Posso beber após vacinar? Confira esta e outras perguntas e respostas sobre a COVID-19.

Acesse nosso canal e veja vídeos explicativos sobre COVID-19

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade