UAI
Publicidade

Estado de Minas ALÍVIO

Gratidão: segunda dose contra a COVID-19 é aplicada em pessoas com 49 anos

A vacinação está ocorrendo em Belo Horizonte, nesta sexta-feira (24/9)


24/09/2021 14:01 - atualizado 24/09/2021 14:26

Vacinação contra a COVID-19
Vacinação contra a COVID-19 (foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
Nesta sexta-feira (24/9) Belo Horizonte está aplicando a segunda dose da  vacina contra a COVID-19 , em pessoas com idade de 49 anos.
 
A Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) alerta que este público só pode tomar a vacina nesta sexta (24), se a data da segunda dose no cartão de vacina estiver marcada para até o dia 1º de outubro.
 
No posto de vacinação do Centro de Saúde no Bairro Santa Lúcia, em BH, as pessoas disseram sentir gratidão e alívio por poder completar a imunização contra o vírus. A engenheira metalúrgica Tatiana Alves contou que se sente privilegiada. "Para mim, é um privilégio poder ter a oportunidade de tomar as duas doses, já que muitas outras pessoas não tiveram a mesma chance."
 
Engenheira Metalúrgica Tatiana Alves, de 49 anos
Engenheira Metalúrgica Tatiana Alves, de 49 anos (foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
“Neste momento de pandemia, se vacinar é algo que me tranquiliza, mas é necessário permanecer com as medidas de proteção, porque é uma obrigação nossa se proteger e aos outros também”, afirma a engenheira.
 
Já o jornalista Cláudio Antônio Silva desabafa sobre a demora da vacinação. "Acho que demorou um pouco para chegar, mas me sinto mais tranquilo. Desde o início da pandemia, eu não saí para nenhum lugar, estou somente dentro de casa. Não sei se estou correto, mas minha parte eu fiz."
 
Jornalista Cláudio Antônio Silva, de 49 anos.
Jornalista Cláudio Antônio Silva, de 49 anos. (foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
“Agora vou esperar dar os 15 dias de efeito da segunda dose, e poder sair com minha família, ir a restaurantes, e beber até uma cerveja”, conta o jornalista.
 
O jornalista acrescentou que ficou com muito medo durante a pandemia, por não saber o dia de amanhã, e ter perdido o emprego com a crise mundial. 
 

Documentos 

 
De acordo com a PBH, para tomar as doses é necessário levar o cartão de vacina, CPF e documento oficial com foto. 
 
O horário de funcionamento dos locais de vacinação em dias úteis é das 8h às 17h para pontos fixos e extras e das 8h às 16h30 para pontos de drive-thru. Já aos sábados os postos fixos e extras funcionam das 7h30 às 14h e os pontos drive-thru das 8h às 14h.
 
Há também quatro pontos de vacinação com horário noturno, que funcionam de segunda a sexta-feira. Confira os horários e endereços:
 
  • UFMG Campus Saúde (Escola de Enfermagem): avenida Professor Alfredo Balena, 190 - Santa Efigênia – Funcionamento das 12h às 20h
  • Faculdade Pitágoras: rua dos Timbiras, 1.375 - Funcionários – Funcionamento das 8h às 20h
  • UNA-BH: rua Aimorés, 1.451 - Lourdes – Funcionamento das 8h às 20h
  • Faminas-BH: avenida Cristiano Machado, 12.001 - Vila Clóris – Funcionamento das 8h às 20h
* Estagiária sob supervisão da subeditora Ellen Cristie. 
 

Leia mais sobre a COVID-19

Confira outras informações relevantes sobre a pandemia provocada pelo vírus Sars-CoV-2 no Brasil e no mundo. Textos, infográficos e vídeos falam sobre  sintomas prevenção pesquisa  vacinação .
 

Confira respostas a 15 dúvidas mais comuns

Guia rápido explica com o que se sabe até agora sobre temas como risco de infecção após a vacinação, eficácia dos imunizantes, efeitos colaterais e o pós-vacina. Depois de vacinado, preciso continuar a usar máscara?  Posso pegar COVID-19 mesmo após receber as duas doses da vacina?   Posso beber após vacinar?  Confira esta e outras  perguntas e respostas sobre a COVID-19 .

Acesse nosso canal e veja vídeos explicativos sobre COVID-19

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade