Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

Com redução de casos e mortes por COVID, Araxá flexibiliza medidas

Restaurantes poderão retomar o atendimento presencial. Volta às aulas na rede privada está permitida no modelo híbrido a partir de segunda-feira (21/6)


18/06/2021 21:04 - atualizado 18/06/2021 21:17

Após queda de casos e obítos nos últimos 20 dias, Araxá publicou nesta sexta-feira (18) um novo decreto que flexibiliza serviços e permite a volta às aulas(foto: Fabrízio Gomes/AFilmes)
Após queda de casos e obítos nos últimos 20 dias, Araxá publicou nesta sexta-feira (18) um novo decreto que flexibiliza serviços e permite a volta às aulas (foto: Fabrízio Gomes/AFilmes)

Após a redução de casos e óbitos decorrentes da COVID-19 nos últimos 20 dias, a Prefeitura de Araxá, no Alto Paranaíba, publicou um novo decreto que flexibiliza as regras de funcionamento do comércio e de outros setores da cidade. As determinações passam a valer a partir de 0h deste sábado (19/6).
O toque de recolher continua, mas com novo horário: de 23h às 5h. A exceção é apenas para comparecimento à consultas em serviços de saúde, bem como as atividades de trabalho permitidas após este horário.
 
Bares, pizzarias e praças de alimentação em shoppings, galerias, pátios e correlatos poderão retomar o atendimento presencial até às 22h. Após esse horário, os estabelecimentos podem funcionar apenas via delivery, e a venda de bebidas alcoólicas está expressamente proibida na cidade até às 5h.
 
Para o consumo no local, novas regras foram elencadas hoje pelo novo Protocolo Sanitário para Alimentos e Bebidas, definido durante a reunião do Comitê de Enfrentamento à Covid-19.
 
Na disposição dos assentos, cada mesa com quatro pessoas deve cumprir o distanciamento de 10m². Para ocupação máxima de seis pessoas, a distância deverá ser de 16m². O piso deverá ser demarcado, e as mesas não ocupadas, devem permanecer sem cadeiras.
 
As regras também proíbem a interação ou proximidade entre grupos sentados em mesas distintas, tanto para ambientes internos quanto externos. Não será permitida a junção delas ou a permanência de clientes em pé.

O pagamento da conta deverá ser realizado com os clientes sentados, por meio de máquina de cartão ou dinheiro.
 
Ficará permitido ainda a volta de músicas ao vivo, desde que sejam seguidos os protocolos definidos pelo comitê. Como forma de segurança, uma barreira de acrílico deverá ser instalada entre o palco e o público. Caso seja uma banda, também deverá haver uma barreira semelhante entre cada um dos músicos.
 

Volta às aulas em Araxá

O novo decreto estipula a volta às aulas no modelo híbrido (presencial e remoto) para instituições privadas já a partir de segunda-feira (21/6). As instituições de ensino aptas deverão submeter à aprovação da Vigilância Sanitária Municipal o protocolo de segurança em saúde para a retomada das aulas.
 
Nas escolas da rede municipal e estadual, as atividades administrativas internas iniciarão a partir de 28 de junho, e as aulas no modelo híbrido a partir de 5 de julho.
 
A volta de atividades desenvolvidas pelo terceiro setor e por instituições privadas de ensino que possuem atividades internas de estágios realizadas por clínicas de saúde próprias ficarão permitidas a partir da próxima segunda-feira.
 
O decreto ainda destaca que instituições públicas de ensino federais iniciarão suas atividades em datas a serem estabelecidas, respectivamente, pelo governo federal.  
 

Outras regras do decreto 338/2021

Comércio
Funcionamento de segunda a sexta-feira até às 18h (em geral); sábado até às 13h (excepcionalmente nas avenidas José Severino de Aguiar, Sebastião Ferreira Pinto e Washington Barcelos, das 11h às 17h); fechado os domingos e feriados.

Comércio em shoppings, galerias, pátios e correlatos
Segunda a sexta-feira até às 18h; sábados das 12h às 20h; fechado aos domingos e feriados.
 
Hipermercados, supermercados, mercados, mercearias, açougues, peixarias, lojas de conveniência e quitandas
Diariamente até às 21h, sendo proibido o consumo de alimentos no local. Hipermercados, supermercados e mercados devem aferir a temperatura dos clientes, controlar o acesso por senha (uma pessoa a cada 10m²) e alertar sobre as medidas de proteção e distanciamento de 2m entre os clientes nas filas. A entrada de menores de 12 anos está proibida.  
 
Feiras livres
O funcionamento está permitido diariamente com a liberação do consumo de bebidas alcoólicas no local, desde que seja atendido o protocolo de biossegurança.
 
Salões de beleza, barbearias e afins
Segunda a sábado até às 20h, mediante agendamento prévio, na proporção de um (1) cliente por funcionário, sem espera na área interna e intervalo de 10 minutos entre um (1) cliente e outro e demais medidas.
 
Prestação de serviços de saúde (consultórios médicos, odontológicos, psicológicos e fisioterapêuticos)
Segunda a sexta até às 21h; sábados até às 12h; fechados aos domingos e feriados.
 
Hospitais públicos e privados e clínicas de saúde
Liberadas as cirurgias eletivas, inclusive com uso de sedativos neurobloqueadores que compõem o kit intubação, ficando estes estabelecimentos responsáveis por fazer o controle dos estoques de forma a não prejudicar o atendimento dos pacientes de COVID-19 que estejam em tratamento.
 
Cultos religiosos
Permitidos diariamente até às 22h, com lotação máxima de 30% da capacidade da estrutura da entidade e obedecendo ao protocolo de biossegurança aprovado pela Vigilância Sanitária.
 
Academias e similares
Funcionamento de segunda a sábado, das 5h às 22h, desde que possuam o protocolo de biossegurança aprovado pela Vigilância Sanitária. O atendimento  aos praticantes deverá ser pré-agendado, respeitando a ocupação estabelecida pelo protocolo e demais regras.
 
Hotéis
A ocupação permanece restrita a 50% da capacidade para atender hóspedes moradores e profissionais que estejam na cidade a trabalho, ficando proibida a hospedagem de turistas, bem como o uso das áreas de lazer, principalmente piscina.
 
Piscinas nos clubes sociais, associações e condomínios
O uso permanece proibido.
 
Cinemas
Podem funcionar com até 30% da capacidade máxima permitida e obedecendo o protocolo de biossegurança da Vigilância Sanitária.
 
Festas
Permanece proibida a realização de festas, jogos, reuniões sociais, dentre outros, que promovam aglomeração de pessoas em ranchos e casas de festas.
 
Playgrounds
Permanecem fechados.
 
Parque do Cristo
Fica permitido o uso diário do Parque do Cristo exclusivamente para a prática esportiva mediante distribuição de senhas nas portarias para limitar o número de frequentadores no local. Eles também devem obedecer ao protocolo de biossegurança da Vigilância Sanitária.

Barreira sanitária será montada no Parque do Barreiro para promover controle de pessoas e cumprimento de medidas no local(foto: Prefeitura de Araxá/Divulgação)
Barreira sanitária será montada no Parque do Barreiro para promover controle de pessoas e cumprimento de medidas no local (foto: Prefeitura de Araxá/Divulgação)
 
Vias, bens e áreas públicas do Complexo do Barreiro
Fica permitida a circulação de pessoas nas vias, bens e áreas públicas do Complexo do Barreiro, inclusive nas vias e pista de caminhada situadas no Lago Norte, desde que os frequentadores obedeçam ao protocolo de biossegurança da Vigilância Sanitária. Uma barreira sanitária será instalada no local para a checagem do fluxo de visitantes.
 
Transporte público
Fica determinado, em relação aos serviços de transporte público coletivo de passageiros, que a lotação do serviço não excederá a capacidade de passageiros sentados, devendo a empresa observar as práticas sanitárias estipuladas no decreto.
 

Leia mais sobre a COVID-19

Confira outras informações relevantes sobre a pandemia provocada pelo vírus Sars-CoV-2 no Brasil e no mundo. Textos, infográficos e vídeos falam sobre sintomasprevençãopesquisa vacinação

Quais os sintomas do coronavírus?

Desde a identificação do vírus Sars-CoV2, no começo de 2020, a lista de sintomas da COVID-19 sofreu várias alterações. Como o vírus se comporta de forma diferente de outros tipos de coronavírus, pessoas infectadas apresentam sintomas diferentes. E, durante o avanço da pesquisa da doença, muitas manifestações foram identificadas pelos cientistas. Confira a relação de sintomas de COVID-19 atualizada.

O que é a COVID-19?

A COVID-19 é uma doença provocada pelo vírus Sars-CoV2, com os primeiros casos registrados na China no fim de 2019, mas identificada como um novo tipo de coronavírus pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em janeiro de 2020. Em 11 de março de 2020, a OMS declarou a COVID-19 como pandemia.


Veja vídeos explicativos sobre este e outros tema em nosso canal

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade