Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

Araxá registra queda de 52,3% na média de novos casos de COVID-19

Número de óbitos também apresentou baixa na cidade, mas ocupação dos leitos de UTI ainda está em 100%


18/06/2021 15:41 - atualizado 18/06/2021 15:51

Queda dos casos e óbitos se dá em comparação à situação da pandemia na cidade anterior ao decreto que começou a valer em 31 de maio(foto: Fabrízio Gomes/AFilmes)
Queda dos casos e óbitos se dá em comparação à situação da pandemia na cidade anterior ao decreto que começou a valer em 31 de maio (foto: Fabrízio Gomes/AFilmes)

A Prefeitura de Araxá, no Alto Paranaíba, divulgou na tarde desta sexta-feira (18/6) números referentes à situação da pandemia na cidade. Em 20 dias, quando iniciaram as atuais medidas restritivas para conter o avanço da COVID-19 no município, a média móvel do número de casos caiu consideravelmente.

LEIA TAMBÉM: Araxá deve começar a vacinar pessoas com 59 anos na próxima semana

Na semana que antecedeu os decretos 314 e 333, entre os dias 22 e 28 de maio, o município havia registrado 14 óbitos e 761 novos casos de COVID-19, uma média de 108 notificações diárias.

O recorde de casos em 24 horas foi registrado em 1° de junho, com 229 infectados. Já no último boletim, divulgado ontem (17/6), foram contabilizados 36.

Conforme os dados desta semana, a média de novos casos registrados foi de 51 por dia, uma queda de mais de 52,3% quando comparado à semana anterior aos decretos. A média de óbitos diários também caiu cerca de 60%.
 
No dia 7 de junho, a cidade registrou recorde no número diário de óbitos, com sete vítimas. Já desde segunda-feira, até o início da tarde de hoje, foram cinco.

Para o prefeito Robson Magela, as medidas adotadas e a intensificação do trabalho de fiscalização da equipe da Prefeitura de Araxá foram imprescindíveis para a queda dos números.

“Desde quarta-feira (9/6), temos visto a diminuição no número de novos casos. Isso mostra o quanto foi importante agirmos na hora certa para evitar o avanço da doença no município", afirma.

Situação dos leitos em Araxá

Mesmo com a redução do número de casos e óbitos na cidade, a ocupação dos leitos de UTI continua em 100%. Os 20 leitos disponíveis contam com 16 pacientes de Araxá, e um das cidades de Ibiá, Pedrinópolis, Perdizes e Santa Juliana.
 
Já quanto aos leitos de enfermaria, o percentual de ocupação é de 69,23%. Dos 26 da cidade, 18 estão ocupados. São 12 pacientes de Araxá, três de Ibiá e três de Tapira.
 
Na cidade de aproximadamente 110 mil habitantes, até o momento já foram contabilizados 12.373 casos confirmados e 198 óbitos. Cerca de 767 pessoas estão em recuperação, monitoradas pela Secretaria de Saúde.

Leia mais sobre a COVID-19

Confira outras informações relevantes sobre a pandemia provocada pelo vírus Sars-CoV-2 no Brasil e no mundo. Textos, infográficos e vídeos falam sobre sintomasprevençãopesquisa vacinação

Quais os sintomas do coronavírus?

Desde a identificação do vírus Sars-CoV2, no começo de 2020, a lista de sintomas da COVID-19 sofreu várias alterações. Como o vírus se comporta de forma diferente de outros tipos de coronavírus, pessoas infectadas apresentam sintomas diferentes. E, durante o avanço da pesquisa da doença, muitas manifestações foram identificadas pelos cientistas. Confira a relação de sintomas de COVID-19 atualizada.

O que é a COVID-19?

A COVID-19 é uma doença provocada pelo vírus Sars-CoV2, com os primeiros casos registrados na China no fim de 2019, mas identificada como um novo tipo de coronavírus pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em janeiro de 2020. Em 11 de março de 2020, a OMS declarou a COVID-19 como pandemia.


Veja vídeos explicativos sobre este e outros tema em nosso canal



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade