Publicidade

Estado de Minas COLAPSO

Cássia pode sofrer com a falta de oxigênio e adere à onda roxa

Hospital São Vicente de Paulo tem uma usina de oxigênio, mas teme que o avanço da COVID-19 possa comprometer a produção


16/03/2021 21:21 - atualizado 16/03/2021 22:26

A cidade de Cássia teme sofrer com a falta de oxigênio para atendimento a pacientes com COVID-19(foto: Reprodução de Internet)
A cidade de Cássia teme sofrer com a falta de oxigênio para atendimento a pacientes com COVID-19 (foto: Reprodução de Internet)
O Hospital São Vicente de Paulo, em Cássia, pode sofrer falta de oxigênio com a alta de casos de COVID-19 na cidade. O hospital tem uma usina, mas tem trabalhado no limite. Para conter o avanço do novo cornavírus, a prefeitura aderiu à onda roxa do Programa Minas Consciente.

 

Segundo o diretor clínico do Hospital São Vicente de Paulo, Lourival Chaves Figueiredo, a unidade tem uma usina de oxigênio, mas o aumento no número de infectados pelo novo btem comprometido o atendimento.

 

“É um temor antecipado. Nossa média de pacientes quase que dobrou na última semana com alta de casos. A gente vinha trabalhando com seis ou sete doentes, e agora são quase 11 e com consumo de oxigênio bem mais alto. Temos uma usina que produz aproximadamente 40 metros cúbicos por dia. Estamos gastando pouco mais de 50 e precisamos completar com os cilindros”, explica diretor.

 

O problema é que a unidade está com dificuldade em adquirir esses cilindros, conta o diretor: “Como o nosso consumo é pouco, as empresas que fornecem querem retirar nossos cilindros e deixar apenas com 18. Só que a gente tem o cenário de aumento dos pacientes e uma diminuição desses cilindros".

Ele externa toda a sua preocupação com o quadro: "Somos um hospital de referência microrregional. Não está faltando, porque nossa usina dá conta, mas no ano passado, no começo do inverno, tivemos uma demanda de mais do dobro. Então, temos receio dessa usina dar algum defeito, e essa demanda de pacientes aumentar muito. Por isso, estamos com esse sofrimento antecipado para que a gente possa ter alguma ajuda”.

 

Ainda de acordo com o diretor, o hospital já tem uma solução, que pode demorar alguns dias. “Temos um plano B de comprar um tanque, de mais ou menos 120 metros cúbicos, que daria uma tranquilidade de algumas semanas, quase meses. Mas isso vai demorar uns dias, porque não temos mão de obra qualificada para fazer isso em tempo hábil. Até a gente conseguir esse tanque, vai ser um momento de tensão”, afirma.

 

Onda Roxa

 

Cássia soma 590 casos confirmados de COVID-19, sendo 13 mortes em decorrência do novo coronavírus.

Preocupada com o avanço da doença, a prefeitura aderiu à onda roxa, fase mais restritiva do Programa Minas Consciente.

Um novo decreto será publicado nesta quarta-feira (17/3).

O que é o coronavírus


Coronavírus são uma grande família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto em dezembro de 2019, na China. A doença pode causar infecções com sintomas inicialmente semelhantes aos resfriados ou gripes leves, mas com risco de se agravarem, podendo resultar em morte.
Vídeo: Por que você não deve espalhar tudo que recebe no Whatsapp

Como a COVID-19 é transmitida? 

A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Vídeo: Pessoas sem sintomas transmitem o coronavírus?


Como se prevenir?

A recomendação é evitar aglomerações, ficar longe de quem apresenta sintomas de infecção respiratória, lavar as mãos com frequência, tossir com o antebraço em frente à boca e frequentemente fazer o uso de água e sabão para lavar as mãos ou álcool em gel após ter contato com superfícies e pessoas. Em casa, tome cuidados extras contra a COVID-19.
Vídeo: Flexibilização do isolamento não é 'liberou geral'; saiba por quê

Quais os sintomas do coronavírus?

Confira os principais sintomas das pessoas infectadas pela COVID-19:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarreia

Em casos graves, as vítimas apresentam:

  • Pneumonia
  • Síndrome respiratória aguda severa
  • Insuficiência renal
Os tipos de sintomas para COVID-19 aumentam a cada semana conforme os pesquisadores avançam na identificação do comportamento do vírus. 

Vídeo explica por que você deve 'aprender a tossir'


Mitos e verdades sobre o vírus

Nas redes sociais, a propagação da COVID-19 espalhou também boatos sobre como o vírus Sars-CoV-2 é transmitido. E outras dúvidas foram surgindo: O álcool em gel é capaz de matar o vírus? O coronavírus é letal em um nível preocupante? Uma pessoa infectada pode contaminar várias outras? A epidemia vai matar milhares de brasileiros, pois o SUS não teria condições de atender a todos? Fizemos uma reportagem com um médico especialista em infectologia e ele explica todos os mitos e verdades sobre o coronavírus.

Coronavírus e atividades ao ar livre: vídeo mostra o que diz a ciência

Para saber mais sobre o coronavírus, leia também:

 

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade