Publicidade

Estado de Minas DESFAVORÁVEL

Estado desabilita leitos de UTI exclusivos para COVID-19 em Formiga

Secretário tratou a decisão como 'precoce' e disse que há movimento para tentar a devolução


02/12/2020 18:41 - atualizado 02/12/2020 21:03

A Santa Casa contava com 12 leitos no início da pandemia (foto: Divulgação/Site da Santa Casa de Formiga)
A Santa Casa contava com 12 leitos no início da pandemia (foto: Divulgação/Site da Santa Casa de Formiga)
Sete leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) exclusivos para pacientes com quadro clínico compatível com a COVID-19 foram desabilitados da Santa Casa de Formiga, na região Centro-Oeste de Minas Gerais. A decisão do Comitê Extraordinário da Secretaria de Estado de Saúde (SES) rendeu essa semana, críticas por parte do secretário municipal da pasta, Leandro Pimentel. Ele tratou a desativação como “precoce”.

 

A justificativa da SES foi a queda no número de casos e a estabilização dos indicadores de monitoramento da doença. Entretanto, logo após desabilitar os leitos da macrorregião Oeste, a secretaria botou o pé no freio e interrompeu o processo iniciado reconhecendo a flutuação do números. Além de Formiga, outros 15 foram desativados em Divinópolis, cidade polo e referência para toda a região.

 

A Santa Casa de Formiga ainda conta com sete leitos. Para o secretário, a decisão foi “rápida”. “O município é completamente desfavorável a desmobilização neste momento por ter sido feita muito rápida, breve, de forma precoce”, afirmou. Demonstrando preocupação com o aumento de caso, disse que em uma possível superlotação a alternativa será transferir pacientes. 

 

 

“Qualquer cidadão formiguense ou não que precisar de um leito de UTI e este não estiver disponível dentro do município, será transferido para algum leito no nosso território da macrorregião, sendo Divinópolis a nossa referência para UTI”, explicou.

 

Há um movimento por parte de gestores municipais – prefeitos e secretários de saúde - afim de sensibilizar tanto o governo federal, como estadual para devolverem estes leitos aos municípios de origem. “Tendo em vista que em todo o estado observamos um aumento de casos”, completou o secretário. Entre os dias 24 de novembro e 01 de dezembro foram 122 novas confirmações. As notificações saltaram de 10.353 para 11.158. Um novo óbito foi registrado, contabilizando 19.

 

Com os números subindo, o município intensificou a testagem.  “Na última semana realizamos quase mil testes podendo isolar sintomáticos, pessoas positivas e aquelas que seriam potenciais transmissoras da COVID-19”, citou Pimentel. O secretário disse que o município está seguindo todas as diretrizes do programa Minas Consciente. A macrorregião Oeste regrediu nesta quarta-feira (02/12) para a "onda amarela".

 

Cidade referência

 

Dos 35 leitos de UTI exclusivos para pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) com suspeita ou confirmação do novo coronavírus, 11 estavam ocupados até o final da tarde desta quarta-feira (02/12), em Divinópolis, cidade referência para Formiga. O maior município do Centro-Oeste registrou dois recordes em novembro, de casos confirmados e notificações. Foram os maiores desde março quando teve início a pandemia. 

 

Boletim de hoje aponta 19.693 notificações, 2.605 casos confirmados e 78 mortes em decorrência da doença. O ritmo de contágio aumentou pela segunda semana consecutiva, passando para 1,11.

 

A Secretaria de Estado de Saúde informou que a desmobilização de leitos não significa o fechamento ou o encerramento, mas sim, que eles não estarão operantes naquele momento, podendo voltar caso haja uma demanda maior por leitos de UTI.

 

*Amanda Quintiliano especial para o EM

 

O que é o coronavírus


Coronavírus são uma grande família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto em dezembro de 2019, na China. A doença pode causar infecções com sintomas inicialmente semelhantes aos resfriados ou gripes leves, mas com risco de se agravarem, podendo resultar em morte.
Vídeo: Por que você não deve espalhar tudo que recebe no Whatsapp

Como a COVID-19 é transmitida? 

A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Vídeo: Pessoas sem sintomas transmitem o coronavírus?


Como se prevenir?

A recomendação é evitar aglomerações, ficar longe de quem apresenta sintomas de infecção respiratória, lavar as mãos com frequência, tossir com o antebraço em frente à boca e frequentemente fazer o uso de água e sabão para lavar as mãos ou álcool em gel após ter contato com superfícies e pessoas. Em casa, tome cuidados extras contra a COVID-19.
Vídeo: Flexibilização do isolamento não é 'liberou geral'; saiba por quê

Quais os sintomas do coronavírus?

Confira os principais sintomas das pessoas infectadas pela COVID-19:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarreia

Em casos graves, as vítimas apresentam:

  • Pneumonia
  • Síndrome respiratória aguda severa
  • Insuficiência renal
Os tipos de sintomas para COVID-19 aumentam a cada semana conforme os pesquisadores avançam na identificação do comportamento do vírus. 

Vídeo explica por que você deve 'aprender a tossir'


Mitos e verdades sobre o vírus

Nas redes sociais, a propagação da COVID-19 espalhou também boatos sobre como o vírus Sars-CoV-2 é transmitido. E outras dúvidas foram surgindo: O álcool em gel é capaz de matar o vírus? O coronavírus é letal em um nível preocupante? Uma pessoa infectada pode contaminar várias outras? A epidemia vai matar milhares de brasileiros, pois o SUS não teria condições de atender a todos? Fizemos uma reportagem com um médico especialista em infectologia e ele explica todos os mitos e verdades sobre o coronavírus.

Coronavírus e atividades ao ar livre: vídeo mostra o que diz a ciência

Para saber mais sobre o coronavírus, leia também:

 

 

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade