Publicidade

Estado de Minas CORONAVÍRUS

Abrigo que acolhe pessoas doentes em extrema pobreza em BH pede doações

Únicas fontes de renda da instituição eram os três bazares localizados nos bairros Santa Efigênia e Funcionários; devido ao coronavírus, todos foram fechados


postado em 24/03/2020 14:04 / atualizado em 24/03/2020 18:16

Casa abriga mais de mil pessoas anualmente(foto: Divulgação/Casa do Caminho)
Casa abriga mais de mil pessoas anualmente (foto: Divulgação/Casa do Caminho)

O caos provocado pela pandemia de coronavírus vai além dos riscos à saúde e dos prejuízos às empresas. A crise bate ainda mais forte na porta de instituições independentes que dependem de fundos privados para acolher pessoas em situação precária de saúde e condição financeira frágil. Um desses vários estabelecimentos é a Casa do Caminho, abrigo que acolhe pessoas em extrema pobreza que vêm do interior de Minas para fazer cirurgias em Belo Horizonte.

Localizada no Bairro Santa Efigênia, na Região Leste da capital, a casa abriga anualmente mais de 1 mil pessoas e segue ameaçada financeiramente, já que as fontes de renda que mantinham a assistência secaram com o fenômeno da COVID-19.


Segundo a presidente da instituição, Shirley dos Santos, as principais fontes de renda da casa eram três bazares, um deles no próprio imóvel da instituição. Os outros dois estão localizados no Bairro Funcionários. No entanto, para evitar aglomeração pública, como determinado pela prefeitura e órgãos de saúde, essas promoções solidárias tiveram que ser suspensas, gerando uma perda de receita de aproximadamente R$ 50 mil por mês. 

Agora, a presidente tem que se virar com doações de papel-toalha, papel higiênico, copos descartáveis e álcool em gel. Quantias em dinheiro também são solicitadas pela administradora. “Muitas vezes, as pessoas estocam essas mercadorias e falta para a gente que realmente necessita”, alerta.

A maioria dos abrigados da casa é formada por idosos diagnosticados com câncer, cardiopatia, diabetes, lúpus e doenças autoimunes – população que mais está suscetível à contaminação e complicações com relação à pandemia. E é justamente por isso que a casa suspendeu a entrada de outros pacientes nesse período. Um programa que distribuía comida para os sem-teto também foi suspenso, enquanto o número de voluntários para controlar a entrada e saída de pessoas na casa caiu.

A Casa do Caminho abriga 1.175 pessoas por ano e distribui 42.376 refeições. Também são oferecidos atendimento psicológico, oficinas religiosas, terapia ocupacional, medicina integrativa e cuidadoras de saúde.

O centro de acolhimento fica na Rua Padre Rolim, 222, no Bairro Santa Efigênia.

COMO DOAR

Depósitos de qualquer quantia nas contas:

*Banco do Brasil: Ag: 0750-1 e Conta corrente 117584-X

*Banco Bradesco: Ag: 3432 e Conta corrente 42461-7

O CNPJ do instituto é 29.937.767-0001/23

Mais informações nos telefones (31) 3586-3856 ou (31) 99490-4522.

*Estagiário sob supervisão da editora-assistente Vera Schmitz
 

O que é o coronavírus?

Coronavírus são uma grande família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto em dezembro de 2019, na China. A doença pode causar infecções com sintomas inicialmente semelhantes aos resfriados ou gripes leves, mas com risco de se agravarem, podendo resultar em morte.

Como a COVID-19 é transmitida?

A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.


Como se prevenir?

A recomendação é evitar aglomerações, ficar longe de quem apresenta sintomas de infecção respiratória, lavar as mãos com frequência, tossir com o antebraço em frente à boca e frequentemente fazer o uso de água e sabão para lavar as mãos ou álcool em gel após ter contato com superfícies e pessoas. Em casa, tome cuidados extras contra a COVID-19.

Quais os sintomas do coronavírus?

Confira os principais sintomas das pessoas infectadas pela COVID-19:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarreia


Em casos graves, as vítimas apresentam:

  • Pneumonia
  • Síndrome respiratória aguda severa
  • Insuficiência renal

Mitos e verdades sobre o vírus

Nas redes sociais, a propagação da COVID-19 espalhou também boatos sobre como o coronavírus é transmitido. E outras dúvidas foram surgindo: O álcool em gel é capaz de matar o vírus? O coronavírus é letal em um nível preocupante? Uma pessoa infectada pode contaminar várias outras? A epidemia vai matar milhares de brasileiros, pois o SUS não teria condições de atender a todos? Fizemos uma reportagem com um médico especialista em infectologia e ele explica todos os mitos e verdades sobre o coronavírus.

Para saber mais sobre o coronavírus, leia também:

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade