Publicidade

Estado de Minas COVID-19

BH tem quase 900 bares e restaurantes advertidos durante a pandemia

Prefeitura intensificou vistorias da Vigilância Sanitária em estabelecimentos da capital


23/11/2020 18:27 - atualizado 23/11/2020 19:02

Bares são interditados quando não cumprem normas(foto: Tulio Santos/EM/D.A Press)
Bares são interditados quando não cumprem normas (foto: Tulio Santos/EM/D.A Press)
O desrespeito às normas sanitárias tem causado prejuízo em Belo Horizonte. De acordo com a prefeitura, pelo menos 891 estabelecimentos foram advertidos desde o início da pandemia até outubro.

No mesmo período, 9.433 vistorias relacionadas à COVID-19 foram realizadas pela Vigilância Sanitária, o que significa uma média de 314 atendimentos por semana. 


Durante as ações, os fiscais observam o cumprimento dos protocolos sanitários determinados para funcionamento dos espaços, como o uso de equipamentos de proteção individual (EPIs) por trabalhadores, higienização e capacidade máxima de pessoas nos locais e em mesas.

Além de bares e restaurantes, a vigilância atua em supermercados, padarias, sacolões, açougues, farmácias, academias, salões de beleza e estabelecimentos de saúde. As equipes trabalham em horários dinâmicos, com acompanhamento inclusive nos fins de semana.

Para a diretora da Vigilância Sanitária, Zilmara Ribeiro, esse é um trabalho primordial para o enfrentamento à doença e o cuidado com a população.

“Essas fiscalizações são de suma importância, uma vez que possibilitam manter a flexibilização dos espaços, com as medidas de segurança necessárias para o seu funcionamento. As abordagens são feitas em caráter educativo, para que os responsáveis pelos estabelecimentos acompanhem adequadamente a implantação dos protocolos e conscientizem o seu público quanto à necessidade do cumprimento”, afirma.
 

Bares interditados

Dois estabelecimentos foram interditados na madrugada de sábado (21) pela Fiscalização de Controle Urbanístico e Ambiental, com apoio da Guarda Civil Municipal de Belo Horizonte. Ambos descumpriram os protocolos de funcionamento estabelecidos durante a pandemia do novo coronavírus.

A primeira interdição ocorreu no bar “1.000 graus”, na Avenida Bias Fortes, próximo à Praça Raul Soares, no Centro de Belo Horizonte. O local estava funcionando por volta da 0h, sem respeito ao distanciamento social, uso de máscaras, uso correto de mesas e cadeiras e causando aglomeração.

Já por volta das 2h, a equipe interditou o “Maholo Bar”, no Bairro União, Região Nordeste da capital, por não respeitar o Alvará de Localização e Funcionamento, que autoriza apenas o uso do local como estacionamento e casa de festas.

Quando os fiscais chegaram no local, o estabelecimento estava funcionando como bar e casa de shows, com música ao vivo. Segundo a equipe de fiscalização, o evento realizado cobrava ingresso. Cerca de 100 pessoas não usavam máscaras e formaram aglomeração em pé, sem distanciamento. 

Regras de funcionamento

Estabelecimentos com a porta voltada à rua podem funcionar de segunda a domingo, das 11h às 22h, e só podem comercializar bebidas das 17h às 22h de segunda a sexta-feira. Aos sábados, domingos e feriados, o horário se estende: vai das 11h às 22h.

A prefeitura estabelece uma série de critérios: os empresários precisam organizar turnos de trabalho e orientar os empregados sobre a necessidade de distanciamento. Sabão, toalhas de papel e dispensadores de álcool gel e álcool 70% são obrigatórios.

Há também a importância da utilização das máscaras faciais — e da troca do aparato, no mínimo, a cada quatro horas.

O que é o coronavírus

Coronavírus são uma grande família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto em dezembro de 2019, na China. A doença pode causar infecções com sintomas inicialmente semelhantes aos resfriados ou gripes leves, mas com risco de se agravarem, podendo resultar em morte.
Vídeo: Por que você não deve espalhar tudo que recebe no Whatsapp



Como a COVID-19 é transmitida?


A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Vídeo: Pessoas sem sintomas transmitem o coronavírus?



Como se prevenir?


A recomendação é evitar aglomerações, ficar longe de quem apresenta sintomas de infecção respiratória, lavar as mãos com frequência, tossir com o antebraço em frente à boca e frequentemente fazer o uso de água e sabão para lavar as mãos ou álcool em gel após ter contato com superfícies e pessoas. Em casa, tome cuidados extras contra a COVID-19.
Vídeo: Flexibilização do isolamento não é 'liberou geral'; saiba por quê



Quais os sintomas do coronavírus?

Confira os principais sintomas das pessoas infectadas pela COVID-19:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarreia

Em casos graves, as vítimas apresentam

  • Pneumonia
  • Síndrome respiratória aguda severa
  • Insuficiência renal

Os tipos de sintomas para COVID-19 aumentam a cada semana conforme os pesquisadores avançam na identificação do comportamento do vírus.

 

Vídeo explica porque você deve aprender a tossir

Mitos e verdades sobre o vírus


Nas redes sociais, a propagação da COVID-19 espalhou também boatos sobre como o vírus Sars-CoV-2 é transmitido. E outras dúvidas foram surgindo: O álcool em gel é capaz de matar o vírus? O coronavírus é letal em um nível preocupante? Uma pessoa infectada pode contaminar várias outras? A epidemia vai matar milhares de brasileiros, pois o SUS não teria condições de atender a todos? Fizemos uma reportagem com um médico especialista em infectologia e ele explica todos os mitos e verdades sobre o coronavírus.

Coronavírus e atividades ao ar livre: vídeo mostra o que diz a ciência

Para saber mais sobre o coronavírus, leia também:



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade