Publicidade

Estado de Minas BOMBOU

Promoção 'pega ladrão': bar oferece 20 litros de chope para quem encontrar criminoso

Empresa que fica na Savassi, Região Centro-Sul de BH, divulgou vídeo com o rosto do suspeito de roubar um tablet e R$ 340; seguidores das redes sociais não gostaram da publicação


23/11/2020 17:21 - atualizado 23/11/2020 17:56

O bar resolveu publicar imagem do rapaz e oferecer chope de graça para quem
O bar resolveu publicar imagem do rapaz e oferecer chope de graça para quem "capturá-lo" (foto: Reprodução/Redes Sociais)


Um bar localizado na Avenida do Contorno, na Savassi, Região Centro-Sul de Belo Horizonte, resolveu fazer uma promoção inusitada. Depois de ter sido assaltada, a empresa decidiu oferecer 20 litros de chope para quem encontrasse o ladrão. A ação, no entanto, não repercutiu de forma positiva nas redes sociais.

O furto ocorreu na madrugada de domingo (22). De acordo com o boletim de ocorrência (B.O.) registrado junto à Polícia Militar (PM), o homem roubou R$ 340 e um tablet. No B.O. consta que a PM foi acionada às 12h16. A pessoa que atendeu os militares no estabelecimento afirmou que a porta de aço estava amassada. Quando os policiais chegaram ao local, ela já havia sido parcialmente consertada.

Indignado com o crime, o bar “Growleria Chopp no Litro” resolveu publicar as imagens da câmera de segurança que mostram o homem entrando no estabelecimento e levando os pertences.

“Caso saiba do paradeiro do mesmo, chame a polícia. Faça um vídeo ou tire fotos do momento da captura e ganhe o chope”, diz o texto publicado nas redes sociais. E continua: “Atenção!!! Não se aproxime do indivíduo, se trata de um bandido e pode ser perigoso. Acione a polícia e deixe que eles façam a abordagem.”

A empresa ainda promete “sigilo absoluto” e sugere que, caso o cliente capture o suspeito, mostre o vídeo para um atendente ou envie pelas redes sociais. “Seu chope está te aguardando super herói!!! Vamos hospedar esse indivíduo na pousada sol quadrado”, finaliza o anúncio.

Repercussão negativa

A promoção, no entanto, não foi tão bem recebida pelo público. Muitos comentaram, pelo Instagram, que deixariam de seguir a marca por incitar a violência e expor o suspeito.

“Que b* essa 'promoção'”, escreveu um dos usuários, Flávio Sperling. Outra seguidora, Marina Righi, pede que a situação seja resolvida com a polícia. “Que falta de noção, cara! Que postura merda! Se foi furtado, resolve com a polícia e deixa a Justiça cuidar do resto. Isso é ABSURDO!”.

Confira outros comentários no Instagram:

  • @br_u_no: “Mas peraí, a porta ficou meio aberta, é isso?! Porque só mostra ele entrando espremido, não trancou direito foi?”
  • @____ma.d: “Totalmente desnecessário mostrar o vídeo. Tomara que vocês percam bastante clientes. Ridículos, ignorantes e desnecessários, que bela empresa.”
  • @yannalun: "Aí o povo pega qualquer um na rua achando que realmente é o indivíduo que assaltou e a merda acontece... ces tão doidão ein”
  • @christianbravo: “Que merda é essa????? Promoção fascistóide do c. Deu até ânsia aqui, não tomo chope aí mas nem de graça”
  • @b_e_bel_: “Isso é tão ridículo e absurdo, fazer os caçar alguém na rua não vai trazer o dinheiro de vcs de volta”
  • @felipesilvamaral: “Que isso, bicho... Vc acha que incentivando a caça do camarada que te roubou vc vai estar melhorando as coisas? Não é possível que vc tá achando isso uma boa ideia!”

Repercussão positiva

Depois da repercussão negativa, a empresa divulgou uma nota “destinada aos clientes que realmente conhecem e frequentam as lojas” convidando-os para “tomar um chope”. A empresa afirma que “as lojas são um ambiente frequentado por todos, só não são bem-vindos pessoas ruins, de energia negativa, ou que não aceitem a diversidade escolhas pessoas dos outros clientes e frequentadores do bar”.

Uma hora após essa publicação a empresa recebeu diversas manifestações de apoio. “Longa vida à growleria”, respondeu um usuário da rede social, Otavio Gomes.

Outro seguidor também manifestou apoio: “Todos os clientes de verdade sabem que a loja tem clientes e funcionários negros, pardos, mulheres, lgbt e que não compactua com nenhum tipo de preconceito, violência e crime doloso, sem exceções. Qualquer outra ideia é hater desocupado e hipócrita que pratica julgamentos/exposições seletivas e prefere bar oportunista que faz mkt de esquerda festiva e trata funcionário igual lixo”, escreveu Rafael Moreira.

Confira outros comentários:

  • @instacana_do_didi: “Eu tinha achado o máximo e uma pena que nem sou de Minas. Porém estamos em um mundinho altamente chato com uma galera do aiiiin pra que isso”
  • @luizcarloszj: “Siga em frente sem as pessoas que te atrapalham, o que vcs fizeram é muito justo, ofertar recompensa para quem encontrar um criminoso é super válido, quem discorda e é conveniente com a bandidagem e ou distorcem o contexto para o racismo, são pessoas que não são habituadas com a honestidade ou talvez não compreendem a dificuldade e o esforço de um lojista ou empreendedor em manter seu negócio.”
  • @diogo_ef87: “Esquente não esses militontos politicamente corretos que tomem cerveja de milho se não gostaram da ação de vcs. Eu adoraria encontrar o meliante e moer ele na porrada mesmo que não ganhasse os 30L de chope. Vou fazer questão de passar aí e tomar o choop essa semana”

Polícia apura

A reportagem do Estado de Minas entrou em contato com a Polícia Civil, que informou que recebeu a ocorrência nesta segunda-feira (23) e que um procedimento será instaurado para apurar os fatos. A instituição não deu mais detalhes sobre o caso e escreveu que “serão repassados em momento oportuno.”

O EM também entrou em contato com a empresa e não obteve retorno até a publicação desta matéria.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade