Publicidade

Estado de Minas COVID 19

Ato homenageia vítimas do coronavírus em Montes Claros

As 79 pessoas mortes na cidade em decorrência da COVID-19 foram lembradas com número igual de cadeiras brancas


31/08/2020 10:55 - atualizado 31/08/2020 15:43

Cadeiras brancas e balões vermelhos foram colocados na Praça Pio XII, em frente à Catedral Nossa Senhora Aparecida(foto: Geppsi/divulgação)
Cadeiras brancas e balões vermelhos foram colocados na Praça Pio XII, em frente à Catedral Nossa Senhora Aparecida (foto: Geppsi/divulgação)

 As vítimas do novo coronavírus (COVID-19) em Montes Claros, no Norte de Minas, receberam uma homenagem no município, na tarde desse domingo (30). Foram colocadas na Praça Pio XII, em frente à Catedral Nossa Senhora Aparecida, 79 cadeiras brancas, representando o número de pessoas que perderam a vida na cidade até agora, de acordo com dados da Secretaria de Saúde do município.

O ato  foi realizado pelo Grupo de Estudos Provocações Psicológicas (Geppsi), com apoio de voluntários e artistas locais. Nas cadeiras brancas foram colocados nomes simbólicos e balões vermelhos. Houve também apresentações artísticas transmitidas pela internet.
 
“O objetivo do ato foi prestar uma reverência à vida daqueles se foram, reivindicar a história singular de cada um diante da pandemia e prestar solidariedade aos familiares e amigos enlutados”, informou o grupo responsável pela homenagem.

“Além da homenagem às vítimas, também tivemos o objetivo o acolhimento”, afirma a psicóloga Franciele Soares Queiroz.

Ela explica que o acontecimento só foi divulgado nesta segunda-feira (31), após a sua realização, porque os organizadores quiseram evitar  aglomeração na Praça da Catedral, impedindo os riscos de propagação do novo coronavírus. 

Decreto municipal em vigor, das medidas de preventivas contra a disseminação da COVID-19, estabelece que somente podem ser realizadas na cidade eventos com, no máximo, cinco pessoas reunidas. 

No fim de semana, a Guarda Municipal acabou com uma festa em uma localidade rural (Campos Elíseos) e fechou um bar na  área urbana (Bairro Belvedere) por causa do descumprimento do decreto. 
Ver galeria . 4 Fotos Geppsi/divulgação
(foto: Geppsi/divulgação )

Cidade caminha para o pico da Covid-19


Montes Claros (413,48 mil habitantes) registrou até agora 5.375 casos do novo coronavírus, com 79 mortes provocadas pela doença, segundo a Secretaria Municipal de Saúde. De acordo com a pasta, 4.440 pacientes se recuperaram da enfermidade na cidade. 

A  secretária de Saúde de Montes Claros, Dulce Pimenta, informou ao Estado de Minas que a cidade caminha para pico da pandemia. Segundo ela, a data provável para o município atingir o pico da doença é quarta-feira (2 de setembro). 

Dulce Pimenta explica que o cálculo do pico do coronavírus depende do número de casos informados em um intervalo de 14 dias. Nesse sentido, saliena, o município firmou parceria com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) que, por meio do seu departamento de estatística, faz os cálculos para buscar a probabilidade do pico. 

“Considerando a margem de segurança aumentada pelo pequeno número de casos, temos a previsão de pico para a primeira quinzena de setembro, entre os dias 2 e 9, com grande probabilidade de ser já no dia 2”, assegura a secretária de Saúde da cidade-polo do Norte de Minas. 

O que é o coronavírus


Coronavírus são uma grande família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto em dezembro de 2019, na China. A doença pode causar infecções com sintomas inicialmente semelhantes aos resfriados ou gripes leves, mas com risco de se agravarem, podendo resultar em morte.
Vídeo: Por que você não deve espalhar tudo que recebe no Whatsapp

Como a COVID-19 é transmitida? 

A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Vídeo: Pessoas sem sintomas transmitem o coronavírus?


Como se prevenir?

A recomendação é evitar aglomerações, ficar longe de quem apresenta sintomas de infecção respiratória, lavar as mãos com frequência, tossir com o antebraço em frente à boca e frequentemente fazer o uso de água e sabão para lavar as mãos ou álcool em gel após ter contato com superfícies e pessoas. Em casa, tome cuidados extras contra a COVID-19.
Vídeo: Flexibilização do isolamento não é 'liberou geral'; saiba por quê

Quais os sintomas do coronavírus?

Confira os principais sintomas das pessoas infectadas pela COVID-19:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarreia

Em casos graves, as vítimas apresentam:

  • Pneumonia
  • Síndrome respiratória aguda severa
  • Insuficiência renal
Os tipos de sintomas para COVID-19 aumentam a cada semana conforme os pesquisadores avançam na identificação do comportamento do vírus. 

Vídeo explica por que você deve 'aprender a tossir'


Mitos e verdades sobre o vírus

Nas redes sociais, a propagação da COVID-19 espalhou também boatos sobre como o vírus Sars-CoV-2 é transmitido. E outras dúvidas foram surgindo: O álcool em gel é capaz de matar o vírus? O coronavírus é letal em um nível preocupante? Uma pessoa infectada pode contaminar várias outras? A epidemia vai matar milhares de brasileiros, pois o SUS não teria condições de atender a todos? Fizemos uma reportagem com um médico especialista em infectologia e ele explica todos os mitos e verdades sobre o coronavírus.

Coronavírus e atividades ao ar livre: vídeo mostra o que diz a ciência

Para saber mais sobre o coronavírus, leia também:

 



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade