Publicidade

Estado de Minas CORONAVÍRUS

Vôlei no Buritis e funk no Barreiro furam quarentena em BH

Desrespeito ao isolamento não tem classe social e flagrantes ocorrem em várias regiões da cidade


19/07/2020 11:11 - atualizado 19/07/2020 15:37

(foto: Reprodução/Redes Sociais)
(foto: Reprodução/Redes Sociais)

O isolamento social, medida apontada por especialistas da área da saúde como fundamental para conter o avanço do novo coronavírus, não tem sido respeitado por parte da população. Em Belo Horizonte, somente neste fim de semana, aglomerações foram registradas tanto no Barreiro quanto no Bairro Buritis, na Região Oeste da capital.

Na Rua Maria Heilbuth Surette, no Buritis, o lote de uma obra abandonada serviu de quadra de vôlei improvisada para ao menos oito pessoas praticarem o esporte. A única entre elas que fazia uso da máscara no rosto não estava cobrindo a boca e o nariz.

Na Pista do Barreiro, dezenas de crianças e adolescentes se reuniram para a “batalha do passinho” na última sexta-feira. Em imagens que circulam nas redes sociais, é possível ver o desrespeito ao distanciamento social e às medidas sanitárias, como o uso de máscara facial.

A produtora cultural Letícia Fox, que promove batalhas de MCs no local, denunciou a situação pelo Instagram e disse que os responsáveis pela aglomeração “colocaram a mão na consciência” e não vão repetir o ato.

No fim da tarde de sexta, contudo, jovens usaram essa mesma rede social para postar Stories com novas imagens de aglomeração no local.

A Guarda Municipal informou não ter recebido denúncia sobre aglomeração nesses locais, mas que "vai reforçar o patrulhamento nas regiões". 

Fiscalização

A Prefeitura de Belo Horizonte prometeu, em 19 de junho, que iria endurecer a fiscalização da Guarda Municipal com apoio da Polícia Militar.

As denúncias são recebidas pelo 156, aplicativo PBH App ou ainda, pelo Portal de Serviços da prefeitura.

De 29 de junho até este domingo, segundo a Secretaria Municipal de Segurança e Prevenção, 8.132 denúncias já foram recebidas. Dessas, 2.959 foram encaminhadas à PM.

Denuncie também pelo 190

A Polícia Militar tem orientação para coibir as aglomerações de pessoas que prejudicam o isolamento social e facilitam o contágio da COVID-19.

O comandante da PM, coronel Rodrigo Souza Rodrigues, já havia anunciado que a população pode denunciar pelo telefone 190 aqueles que desrespeitarem a orientação de distanciamento. 

"Tanto aqui na região metropolitana, quanto no interior, a pessoa que observar alguma aglomeração excessiva, aquela questão da perturbação, aquele churrasquinho, poderá ligar no 190. Estamos dando um tratamento diferenciado a essas aglomerações. A ação de cada um fará diferença no resultado final do combate ao coronavírus", ressaltou o comandante no último dia 24.

O que é o coronavírus

Coronavírus são uma grande família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto em dezembro de 2019, na China. A doença pode causar infecções com sintomas inicialmente semelhantes aos resfriados ou gripes leves, mas com risco de se agravarem, podendo resultar em morte.
Vídeo: Por que você não deve espalhar tudo que recebe no Whatsapp



Como a COVID-19 é transmitida?


A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Vídeo: Pessoas sem sintomas transmitem o coronavírus?



Como se prevenir?


A recomendação é evitar aglomerações, ficar longe de quem apresenta sintomas de infecção respiratória, lavar as mãos com frequência, tossir com o antebraço em frente à boca e frequentemente fazer o uso de água e sabão para lavar as mãos ou álcool em gel após ter contato com superfícies e pessoas. Em casa, tome cuidados extras contra a COVID-19.
Vídeo: Flexibilização do isolamento não é 'liberou geral'; saiba por quê



Quais os sintomas do coronavírus?

Confira os principais sintomas das pessoas infectadas pela COVID-19:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarreia

Em casos graves, as vítimas apresentam

  • Pneumonia
  • Síndrome respiratória aguda severa
  • Insuficiência renal

Os tipos de sintomas para COVID-19 aumentam a cada semana conforme os pesquisadores avançam na identificação do comportamento do vírus.

 

Vídeo explica porque você deve aprender a tossir



VIDEO1]

Mitos e verdades sobre o vírus


Nas redes sociais, a propagação da COVID-19 espalhou também boatos sobre como o vírus Sars-CoV-2 é transmitido. E outras dúvidas foram surgindo: O álcool em gel é capaz de matar o vírus? O coronavírus é letal em um nível preocupante? Uma pessoa infectada pode contaminar várias outras? A epidemia vai matar milhares de brasileiros, pois o SUS não teria condições de atender a todos? Fizemos uma reportagem com um médico especialista em infectologia e ele explica todos os mitos e verdades sobre o coronavírus.

Coronavírus e atividades ao ar livre: vídeo mostra o que diz a ciência

Para saber mais sobre o coronavírus, leia também:



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade