Publicidade

Estado de Minas COVID-19

Coronavírus: famílias de BH recebem cestas básicas da prefeitura

Mais de 140 mil famílias com crianças matriculadas na rede municipal de ensino serão atendidas nos próximos dias


postado em 31/03/2020 14:00 / atualizado em 31/03/2020 15:43


(foto: Edesio Ferreira/EM/D.A. Pess)
(foto: Edesio Ferreira/EM/D.A. Pess)
Pais e responsáveis por alunos matriculados em escolas da rede municipal de ensino e creches parceiras da capital começaram a receber nesta terça-feira (31) cestas básicas distribuídas pela Prefeitura de Belo Horizonte. Por volta das 8h já havia fila em uma das lojas da rede de supermercados que fez a entrega dos mantimentos às famílias.

De acordo com a PBH, mais de 140 mil famílias receberão o auxílio no período em que as aulas do ensino municipal estiverem suspensas por causa do isolamento social devido à pandemia do coronavírus.

A atendente Janaine Alves, de 31 anos, que mora com o filho de 12, foi a primeira a chegar ao supermercado localizado no Bairro Itapoã, na Região da Pampulha. Ela conta que está em casa desde que a loja em que trabalha fechou as portas seguindo as recomendações do isolamento social. “A empresa está parada, e a gente não está podendo trabalhar. É muito complicado. Ficamos reféns dessa situação, presos dentro de casa, querendo ir trabalhar”.

Janaine afirma que até o momento tem recebido todo o suporte da empresa em que trabalha, mas está temerosa quanto ao retorno às atividades. “Eu acho que é um direito nosso (trabalhar). A gente que teria que decidir se pode ir ou não. A empresa vai pagar normal. Até então, tudo tranquilo. Com relação ao pagamento, nós não sabemos como vai ser a volta. O meu receio sempre foi perder o emprego”.

Ao todo, serão 12 itens alimentícios entregues para cada família, entre eles arroz, açúcar, feijão, fubá, macarrão e leite em pó. Para quem, assim como Elisabete Alves, de 46, espera aumento nas despesas e dificuldade maior de conseguir renda nos próximos meses, com a família de cinco pessoas, incluindo uma criança de 6 anos em casa, a cesta vem para aliviar os gastos. "Por enquanto, está tranquilo, mas vai apertar. Se não está entrando dinheiro, como vamos pagar as contas? Está todo mundo parado dentro de casa, só gastando mais com água, luz e alimentação".

O Executivo municipal garantiu que o beneficio será mensal. Em Belo Horizonte, há 275 pessoas diagnosticadas com a COVID-19, e duas mortes confirmadas, segundo o boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) nesta terça-feira (31).
 
*Estagiária sob a supervisão do subeditor Eduardo Murta 

O que é o coronavírus?

Coronavírus são uma grande família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto em dezembro de 2019, na China. A doença pode causar infecções com sintomas inicialmente semelhantes aos resfriados ou gripes leves, mas com risco de se agravarem, podendo resultar em morte.

Como a COVID-19 é transmitida?

A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Como se prevenir?

A recomendação é evitar aglomerações, ficar longe de quem apresenta sintomas de infecção respiratória, lavar as mãos com frequência, tossir com o antebraço em frente à boca e frequentemente fazer o uso de água e sabão para lavar as mãos ou álcool em gel após ter contato com superfícies e pessoas. Em casa, tome cuidados extras contra a COVID-19.

Quais os sintomas do coronavírus?

Confira os principais sintomas das pessoas infectadas pela COVID-19:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarreia


Em casos graves, as vítimas apresentam:

  • Pneumonia
  • Síndrome respiratória aguda severa
  • Insuficiência renal

Mitos e verdades sobre o vírus

Nas redes sociais, a propagação da COVID-19 espalhou também boatos sobre como o coronavírus é transmitido. E outras dúvidas foram surgindo: O álcool em gel é capaz de matar o vírus? O coronavírus é letal em um nível preocupante? Uma pessoa infectada pode contaminar várias outras? A epidemia vai matar milhares de brasileiros, pois o SUS não teria condições de atender a todos? Fizemos uma reportagem com um médico especialista em infectologia e ele explica todos os mitos e verdades sobre o coronavírus.

Para saber mais sobre o coronavírus, leia também:

Especial: Tudo sobre o coronavírus 

Coronavírus: o que fazer com roupas, acessórios e sapatos ao voltar para casa

Coronavírus é pandemia. Entenda a origem desta palavra

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade