Publicidade

Estado de Minas CORONAVÍRUS EM MINAS

Coronavírus: secretário de Saúde de MG anuncia R$ 60 milhões para municípios e reforço na rede laboratorial

Carlos Eduardo Amaral informou que verba será utilizada para a ampliação de leitos clínicos e aquisição de insumos e EPIs


postado em 27/03/2020 19:15 / atualizado em 27/03/2020 22:17

(foto: Tulio Santos/EM/D.A. Press)
(foto: Tulio Santos/EM/D.A. Press)
Em coletiva de imprensa no fim da tarde desta sexta-feira (27), o secretário de Saúde de Minas, Carlos Eduardo Amaral, anunciou um reforço de R$ 60 milhões para o combate do novo coronavírus (COVID-19) nos municípios. O dinheiro será utilizado na compra de equipamentos de proteção individual (EPIs) para os profissionais de saúde, ampliação da oferta de leitos clínicos e aquisição de insumos.
 
O secretário também revelou que toda a malha laboratorial do estado está sendo convocada para ajudar a aumentar a oferta de testes para a COVID-19. “Estamos recrutando toda a nossa malha laboratorial para a realização de exames. Neste momento, o hemominas passará a fazer parte dessa malha, aumentando a produção de exames para a COVID”, afirmou.
 
Outra ação anunciada por Carlos Eduardo Amaral foi uma resolução, prevista para ser publicada neste sábado (28), na qual recrutará dois mil leitos com estrutura para CTI. De acordo com o secretário, hospitais de todo o estado poderão registrar suas estruturas junto à Secretaria Estadual de Saúde (SES/MG). O custeio será financiado pelo teto da terapia intensiva do Sistema Único de Saúde (SUS).
 
“Nosso objetivo é criar uma rede estruturada para que pacientes graves de todo o estado possam ser tratados”, declarou Amaral.
 

O que é o coronavírus?

Coronavírus são uma grande família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto em dezembro de 2019, na China. A doença pode causar infecções com sintomas inicialmente semelhantes aos resfriados ou gripes leves, mas com risco de se agravarem, podendo resultar em morte.

Como a COVID-19 é transmitida?

A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Como se prevenir?

A recomendação é evitar aglomerações, ficar longe de quem apresenta sintomas de infecção respiratória, lavar as mãos com frequência, tossir com o antebraço em frente à boca e frequentemente fazer o uso de água e sabão para lavar as mãos ou álcool em gel após ter contato com superfícies e pessoas. Em casa, tome cuidados extras contra a COVID-19.

Quais os sintomas do coronavírus?

 

Confira os principais sintomas das pessoas infectadas pela COVID-19:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarreia


Em casos graves, as vítimas apresentam:

  • Pneumonia
  • Síndrome respiratória aguda severa
  • Insuficiência renal

Mitos e verdades sobre o vírus

Nas redes sociais, a propagação da COVID-19 espalhou também boatos sobre como o coronavírus é transmitido. E outras dúvidas foram surgindo: O álcool em gel é capaz de matar o vírus? O coronavírus é letal em um nível preocupante? Uma pessoa infectada pode contaminar várias outras? A epidemia vai matar milhares de brasileiros, pois o SUS não teria condições de atender a todos? Fizemos uma reportagem com um médico especialista em infectologia e ele explica todos os mitos e verdades sobre o coronavírus.

Para saber mais sobre o coronavírus, leia também:

Especial: Tudo sobre o coronavírus 

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade