Publicidade

Estado de Minas CONSULTA PÚBLICA

Enem 2020: metade dos candidatos querem fazer provas em maio

Presidente do Inep anunciou que ainda vai consultar entidades educacionais sobre a nova data do exame. A consulta pública envolveu 19,3% dos inscritos confirmados


postado em 01/07/2020 15:56 / atualizado em 01/07/2020 16:56

Resultado constatou que estudantes preferem realizar as provas em maio de 2021. 19,3% dos mais de cinco milhões de estudantes inscritos responderam a pesquisa(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
Resultado constatou que estudantes preferem realizar as provas em maio de 2021. 19,3% dos mais de cinco milhões de estudantes inscritos responderam a pesquisa (foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
Resultado da consulta pública realizada com os candidatos que vão realizar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) mostrou que 49,7%, aproximadamente  dos que responderam a enquete preferem realizar a prova em maio de 2021. Divulgação dos dados  foi feita em entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira (1º/7), com a presença do ministro interino da educação, Antonio Paulo Voguel, e o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), Alexandre Lopes.

Dos quase 5,8 milhões de inscritos confirmados no Enem 2020apenas pouco mais de 1,1 milhão de candidatos responderam a enquete (19,3%). Antonio Paulo Voguel afirma que o resultado da enquete não vai ser implantado imediatamente.Nos próximos dias, o Inep vai manter reuniões com entidades educacionais para discutir possibilidades. “Precisamos, agora, trabalhar em articulação com os atores envolvidos nesse processo. Entramos em contato com o Conselho Nacional de Secretários da Educação (Consed), Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), Associação Brasileira das Universidades Comunitárias (Abruc) e algumas outras associações”, afirma. “Em articulação com essas entidades é que vamos decidir a data final”, diz.

Em relação às demais datas, pouca mais de 167 mil candidatos optaram por realizar a prova em dezembro deste ano e cerca de 392 mil inscritos gostariam de fazer o Enem em janeiro de 2021.

Alexandre Lopes, presidente do Inep, diz que a consulta é muito importante por ouvir os estudantes nesse momento de dificuldades causada pela pandemia da covid-19. “A expectativa é que em duas ou três semanas, a gente consiga definir a data definitiva para a aplicação do Enem”, informa.

Simulado


Presidente do Inep afirmou que a partir da próxima segunda-feira (6/7) estará disponível, no aplicativo do Enem, um simulado “Pegamos as provas antigas do Enem e desenvolvemos este simulado. As questões podem ser resolvidas no próprio aplicativo e, ao final, o candidato terá acesso ao seu desempenho”, anuncia Alexandre Lopes.


Sisu


Desde a última terça-feira (30/6) está aberta a consulta de vagas nas instituições federais de ensino superior no site do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Antonio Paulo Voguel, ministro interino da educação, sugere que os candidatos interessados entrem no portal e realizem a consulta antes das inscrições. “Dessa maneira, os candidatos estarão mais preparados e saberem para onde querem ir”, recomenda.

Outra orientação dada pelo ministro interino da pasta é que os candidatos verifiquem se os dados do cadastro no site do Sisu estão em ordem e se estão funcionando corretamente. “É bom verificar se está tudo certo com o cadastro para não deixar para última hora, já que as inscrições abrem em 7 de julho”, sugere.

As inscrições para o Sisu começam em 7 de julho e vão até 10 de julho.

*Estagiária sob supervisão de Ana Sá

O que é o coronavírus


Coronavírus são uma grande família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto em dezembro de 2019, na China. A doença pode causar infecções com sintomas inicialmente semelhantes aos resfriados ou gripes leves, mas com risco de se agravarem, podendo resultar em morte.
Vídeo: Por que você não deve espalhar tudo que recebe no Whatsapp

Como a COVID-19 é transmitida? 

A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Vídeo: Pessoas sem sintomas transmitem o coronavírus?


Como se prevenir?

A recomendação é evitar aglomerações, ficar longe de quem apresenta sintomas de infecção respiratória, lavar as mãos com frequência, tossir com o antebraço em frente à boca e frequentemente fazer o uso de água e sabão para lavar as mãos ou álcool em gel após ter contato com superfícies e pessoas. Em casa, tome cuidados extras contra a COVID-19.
Vídeo: Flexibilização do isolamento não é 'liberou geral'; saiba por quê

Quais os sintomas do coronavírus?

Confira os principais sintomas das pessoas infectadas pela COVID-19:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarreia

Em casos graves, as vítimas apresentam:

  • Pneumonia
  • Síndrome respiratória aguda severa
  • Insuficiência renal
Os tipos de sintomas para COVID-19 aumentam a cada semana conforme os pesquisadores avançam na identificação do comportamento do vírus. 

Vídeo explica por que você deve 'aprender a tossir'

Mitos e verdades sobre o vírus

Nas redes sociais, a propagação da COVID-19 espalhou também boatos sobre como o vírus Sars-CoV-2 é transmitido. E outras dúvidas foram surgindo: O álcool em gel é capaz de matar o vírus? O coronavírus é letal em um nível preocupante? Uma pessoa infectada pode contaminar várias outras? A epidemia vai matar milhares de brasileiros, pois o SUS não teria condições de atender a todos? Fizemos uma reportagem com um médico especialista em infectologia e ele explica todos os mitos e verdades sobre o coronavírus.

Coronavírus e atividades ao ar livre: vídeo mostra o que diz a ciência

Para saber mais sobre o coronavírus, leia também:



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade