Publicidade

Estado de Minas MEU ACERTO

Score de crédito: como aumentar a pontuação do seu CPF?

Não há atalhos para melhorar a nota e o caminho começa no entendimento sobre o que significa o score de crédito e como ele impacta a sua vida


02/03/2022 06:00 - atualizado 27/02/2022 13:25

Arte gráfica representando movimentação financeira
Entenda o que significa o score de crédito e como ele impacta a sua vida (foto: Pixabay)

Você, provavelmente, já ouviu falar sobre score de crédito e deve saber que, de alguma forma, ele traz impactos para sua vida financeira. Mas, você sabia que esse indicador é uma das principais informações utilizadas pelas instituições financeiras para definir se te concedem um empréstimo ou se liberam um cartão de crédito para você?

E é exatamente por isso que muita gente tem buscado dicas para aumentar o score de crédito, tentando entender como, afinal, esse índice é definido. Não precisa se preocupar, eu tô aqui pra te ajudar! No artigo de hoje, vamos te ajudar a entender o que é o score de crédito, como ele é definido, quais são os caminhos para aumentar sua pontuação e como o score pode impactar sua vida. Ah, e do jeito que sempre faço por aqui, claro: com uma linguagem simples e didática!

Bora lá aprender?

Entendendo o score de crédito e como ele é definido

Vamos começar pelo começo. O score de crédito é uma pontuação que vai de 0 a 1000 e define se você é um bom ou mau pagador com base no seu histórico financeiro. Quem define a sua nota são os birôs de crédito que, apesar desse nome meio estranho, são instituições com as quais, com certeza, você já está acostumado: SPC, Serasa, Boa Vista, entre outras.

Os critérios que impactam na sua pontuação são muitos e incluem:
  • se você tem ou não dívidas;
  • se você costuma pagar suas contas em dia;
  • se você tem muitas contas bancárias;
  • se você costuma procurar crédito no mercado (tem muitos cartões de crédito ou simula a contratação de empréstimos, por exemplo).

Ah, e é válido dizer que você não tem o direito de escolher se tem ou não um score de crédito. Quem tem CPF tem uma pontuação para chamar de sua. Você pode consultar essa pontuação, a qualquer momento, nos sites dos órgãos de proteção ao crédito, de forma simples e gratuita. Eu sugiro que você faça isso agora e repita o processo com frequência. O seu score te ajuda a acompanhar a reputação do seu CPF e a identificar, por exemplo, caso você seja vítima de algum golpe ou fraude.

Sabendo como o score de crédito impacta sua vida

“Legal! O score de crédito é uma nota sobre a minha vida financeira. Mas, se eu não estou competindo com ninguém e nem preciso passar de ano, essa pontuação serve pra que”? Entendo demais essa dúvida e já adianto que o score de crédito traz impactos para sua vida financeira que, provavelmente, você nem imagina.

O principal, e mais óbvio, é a dificuldade de conseguir crédito no mercado. Como eu disse mais acima, as instituições financeiras consultam a sua pontuação antes de definir se te concedem um empréstimo ou liberam um cartão de crédito para você. Uma pontuação baixa te dá a fama de mau pagador e é possível que você tenha restrição no acesso ao crédito, exatamente porque os bancos podem temer que você fique inadimplente.

E mesmo que você consiga um empréstimo ou um cartão com o score de crédito baixo, é bem provável que você terá que lidar com taxas de juros maiores e um limite de crédito menor, exatamente porque o banco precisa se resguardar do risco de não receber pelo crédito recebido.

Mas, os impactos de ter um score de crédito baixo vão além da concessão de crédito. Você sabia que qualquer pessoa que tenha o seu CPF pode consultar a sua pontuação? Isso significa, por exemplo, que o seu empregador pode ter acesso à sua nota ou que uma empresa para a qual você está se candidatando pode consultar o seu score para entender o seu histórico financeiro.

É bom dizer que a prática, apesar de não ser tão comum, é permitida. No entanto, o Ministério Público do Trabalho considera uma prática discriminatória eliminar um profissional de um processo seletivo ou demitir um empregado por conta de negativação do nome ou qualquer outro problema financeiro. Ainda assim, é bom ficar de olho, porque quem está de fora não tem controle sobre o que acontece dentro de uma empresa, não é mesmo?

Aprendendo a aumentar o score de crédito em 3 passos

Agora que você já sabe o que é o score de crédito, como ele é definido e quais os impactos dessa pontuação na sua vida, vamos ao que interessa: afinal, como aumentar o score de crédito? Sim, existem alguns caminhos que você pode seguir para chegar lá e todos eles estão ligados aos comportamentos financeiros que você adota no dia a dia. Alguns deles são:

Limpar o nome

Ter o CPF na lista de negativados dos órgãos de proteção ao crédito é o fator que mais empurra o seu score de crédito para baixo. É óbvio que você não está com o nome sujo porque quer, que, provavelmente você está enfrentando dificuldades financeiras e que não é do dia para a noite que você vai resolver essa situação. Mas, é importante que você saiba o quanto isso impacta a sua pontuação e busque alternativas para solucionar a pendência o mais rápido possível.

Vale lembrar que existem empresas que oferecem a possibilidade de você negociar suas dívidas pela internet, sem precisar falar com nenhum atendente. Pelo portal da Meu Acerto, por exemplo, você consegue negociar pendências com mais de 40 empresas, com descontos atrativos e condições de parcelamento bastante flexíveis. Tudo isso em menos de 5 minutos, direto pelo seu computador ou celular.

E é importante dizer que a retirada da restrição do seu nome não está condicionada à quitação do acordo. Ao pagar a primeira parcela da sua negociação (caso ela não tenha sido à vista), as empresas precisam comunicar aos órgãos de proteção ao crédito e seu nome fica limpo em até 5 dias úteis. Mas, não pense que é só pagar a primeira parcela que fica tudo resolvido, viu? Manter o pagamento do acordo em dia é fundamental para se manter longe da lista de negativados!

Manter seu cadastro atualizado nas instituições financeiras

Sabe quando o gerente do banco te liga só pra atualizar suas informações no sistema da instituição? Pode parecer bobagem, mas isso é muito importante. Os órgãos de proteção ao crédito vêem com bons olhos quando você mantém os seus dados atualizados e isso pode, de fato, interferir no seu score de crédito. Como dizia minha avó, mais fácil do que isso só dois disso, não é não?

Pagar as contas em dia 

Aqui, eu não estou falando de endividamento ou de nome sujo, viu? Estou falando daquele hábito que algumas pessoas têm de sempre pagar as contas com alguns dias de atraso. Além dos juros que você paga ao adotar esse comportamento (que por menores que sejam, são desnecessários), você passa uma ideia de desorganização para quem acompanha as suas movimentações financeiras e isso pode realmente impactar no seu score de crédito.

A dica para fugir dessa armadilha é fazer sempre um planejamento financeiro, garantindo que as despesas estejam compatíveis com as receitas e que as datas de vencimento das suas contas estejam alinhadas com o período que a renda cai na conta.

Como eu disse, são muitos os caminhos que te levam a um bom score de crédito, mas esses três, com certeza, são os principais. É importante você ter em mente que a sua pontuação não vai mudar da noite pro dia e que uma boa nota é construída com base nos seus comportamentos financeiros diários. Consulte o seu score de crédito agora mesmo e verifique como está a sua situação!

E não se esqueça: estar com o nome sujo, ter um score de crédito baixo ou estar passando por uma situação financeira delicada não é motivo de vergonha. O importante é que você está buscando caminhos para virar esse jogo e que, por mais escuro que pareça estar agora, tem luz no fim desse túnel!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade