UAI
Publicidade

Estado de Minas ACIDENTE

Ferragens do carro de família soterrada em MG são retiradas de condomínio

Vítimas de deslizamento de terra foram sepultadas em Paulo Cândido, na Zona da Mata mineira, nesta quarta-feira (12/1)


12/01/2022 20:25 - atualizado 12/01/2022 20:25

Fragmentos do carro
Restos do carro deixaram o Retiro do Chalé (foto: Divulgação)
O caminhão-guincho deixa o condomínio de luxo carregado com lembranças nada agradáveis de uma família que foi varrida pela chuva. Na caçamba, uma carroceria destruída, pneus velhos e o restante de pequenos fragmentos do veículo, todo em pedaços, viram pela última vez o local da tragédia que matou cinco pessoas de uma mesma família, soterrada ao ser atingida por um deslizamento de terra no condomínio do Reitiro do Chalé, em Brumadinho, Grande BH.
 
Nesta quarta-feira (12/1), as sobras do Toyota Corolla, todo desfigurado, deixaram o condomínio. No meio dos fragmentos do carro, é possível ver objetivos pessoas das vítimas, como bonecas e roupas. 

A família foi enterrada em Paulo Cândido, na Zona da Mata mineira, sob muita comoção. Os corpos de Ana Alexandrino Santos, de 3 anos; Henrique Alexandrino dos Santos, de 41; Deisy Lúcia Cardoso Alexandrino dos Santos, de 40; Vitor Alexandrino Santos, de 6, foram localizados pelo Corpo de Bombeiros na segunda-feira (10/1).
 
Apesar de terem encontrado os corpos, os militares continuaram a busca por objetivos pessoais das vítimas, que serão entregues aos demais parentes. O Instituto Médico Legal (IML) fez a liberação dos corpos na terça-feira (11/1).

 
Elas estavam indo em direção ao aeroporto de Confins no momento em que ocorreu a tragédia. O carro foi visto pela última vez no pedágio de Itabirito. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade