UAI
Publicidade

Estado de Minas ESTRATÉGIA

Chuvas: Kalil começa a atuar do Centro de Operações de BH nesta terça (11)

Para agilizar decisões de enfrentamento aos efeitos das tempestades, prefeito e secretários vão se unir a entidades como Corpo de Bombeiros e Polícia Militar


10/01/2022 15:45 - atualizado 10/01/2022 16:21

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, em entrevista coletiva
Kalil aposta em articulação integrada para mitigar efeitos das chuvas (foto: Leandro Couri/EM/D.A Press.)
O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), começa a dar expediente do Centro de Operações Integradas (COP) da cidade a partir desta terça-feira (10/1). A transferência do gabinete dele, originalmente instalado na sede do Poder Executivo municipal, no Centro, é para agilizar a tomada de decisões no enfrentamento às fortes chuvas que não cessam desde o início do ano.

O COP-BH fica no Bairro Buritis, na Região Oeste. A ideia de Kalil é utilizar o espaço para atuar tendo apoio direto de representantes de instituições como a Defesa Civil, a Guarda Municipal, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e o Corpo de Bombeiros estadual.

O prefeito agendou uma entrevista coletiva para amanhã, a fim de tratar sobre as medidas de combate aos impactos do tempo chuvoso.

No Centro de Operações, há uma sala de controle para debates e acesso a câmeras de monitoramento da cidade instaladas por forças como a Polícia Militar.

A tendência é que os temporais comecem a cessar na quarta-feira (12/1), mas até amanhã, BH pode ter até 70 milímetros de chuva. As águas têm caído de forma tão intensa que, entre sexta (7/1) e sábado (8/1), a Região Metropolitana recebeu o maior volume chuvoso em três décadas.

Transtorno e preocupação


Apenas nesta segunda (10/1), a Defesa Civil atendeu, até o fim da manhã, 70 chamadas de ocorrências ligadas aos efeitos da chuva. Na lista de demandas, há casos como o desabamento de uma moradia, a queda de muros, deslizamentos, infiltrações, quedas de rochas, trincas e rachaduras.

As chuvas trazem problemas, também, ao trânsito. No Bairro São Luiz, na Pampulha, parte do asfalto da Avenida Alfredo Camarate cedeu, caindo sobre um córrego.

Instituições componentes do COP-BH

Municipais

Empresa de Transportes e Trânsito (BHTrans);
Guarda Civil Municipal de Belo Horizonte (GCMBH);
Subsecretaria de Proteção e Defesa Civil (SUPDEC);
Subsecretaria de Fiscalização (SUFIS);
Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu);
Superintendência de Limpeza Urbana (SLU);
Superintendência de Desenvolvimento da Capital (SUDECAP).

Estaduais

Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) com o BPTran e o Centro de Coordenação Operacional da PMMG;
Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG);
Companhia de Gás de Minas Gerais (Gasmig);
Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa);
Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig).

Federal

Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU).

Privada

Brazilian Traffic Network (BTN).


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade