UAI
Publicidade

Estado de Minas ÚLTIMO BOLETIM

Minas fecha o ano com 1.503 novos casos e 4 mortes pela COVID-19 em 24h

Minas Gerais encerra 2021 com 2.223.985 casos da doença e mais de 56 mortes desde o início da pandemia, em março de 2020


31/12/2021 10:41 - atualizado 31/12/2021 11:05

Movimento na Praça Sete, em BH
Mais de 80% dos mineiros já receberam a primeira dose contra a COVID-19 (foto: Edésio Ferreira/EM/D.A Press - 13/12/2021)

A Secretaria de Estado de Saúde divulgou, na manhã desta sexta-feira (31/12) o último boletim da COVID-19 de 2021. O ano começou com o agravamento da pandemia e se encerra com números menores em 24 horas no comparativo com 1º de janeiro, em um momento em que boa parte da população já caminha para a terceira dose da vacina, ao mesmo tempo em que a variante ômicron é motivo de alerta e um surto de gripe atinge várias cidades.



Conforme o boletim, de ontem para hoje, foram confirmados mais 1.503 novos casos da COVID-19  e quatro óbitos. Assim, Minas Gerais fecha o ano com 2.223.985 da doença desde o início da pandemia, em março de 2020.

Desse total, 2.151.860 pessoas sobreviveram ao vírus. Há 15.466 casos em acompanhamento, que correspondem a pacientes em tratamento e casos que precisam de atualização por parte das secretarias municipais de saúde. O número de mortos chega a 56.659. 

No boletim de 1º de janeiro deste ano, o cenário era bem diferente. De 31 de dezembro de 2020 até o primeiro dia de 2021, 3.975 casos haviam sido confirmados, e foram 99 mortes registradas pela SES em 24 horas. 

Além disso, o total de casos naquela época evidencia o momento crítico da segunda onda da pandemia ocorrido nos primeiros meses deste ano no Brasil. Até então, Minas Gerais contabilizava 546.884 casos confirmados e 12.001 mortes entre março de 2020 e 1º de janeiro de 2021. 

É importante destacar também que ambos os boletins foram divulgados na véspera ou em feriados. Assim como nos finais de semana, é preciso levar em consideração a possibilidade de dados represados nos municípios diante do recesso. 

O ano foi marcado pela chegada das vacinas ao país. A primeira dose foi aplicada em Minas em 18 de janeiro e o avanço da imunização pode ser acompanhado no Vacinômetro, painel da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais disponível na internet. 

A última atualização foi feita ontem (30/12). Segundo os dados, 91,75% da população já recebeu a primeira dose, e 84,76% já se imunizaram com a segunda. A dose de reforço, a terceira (ou a segunda, no caso de quem recebeu a Janssen), foi aplicada em 15,22% dos mineiros. 

Leia mais sobre a COVID-19

Confira outras informações relevantes sobre a pandemia provocada pelo vírus Sars-CoV-2 no Brasil e no mundo. Textos, infográficos e vídeos falam sobre sintomasprevençãopesquisa vacinação.
 

Confira respostas a 15 dúvidas mais comuns

Guia rápido explica com o que se sabe até agora sobre temas como risco de infecção após a vacinação, eficácia dos imunizantes, efeitos colaterais e o pós-vacina. Depois de vacinado, preciso continuar a usar máscara? Posso pegar COVID-19 mesmo após receber as duas doses da vacina? Posso beber após vacinar? Confira esta e outras perguntas e respostas sobre a COVID-19.

Acesse nosso canal e veja vídeos explicativos sobre COVID-19



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade