Publicidade

Estado de Minas COVID-19

Passageiros do transporte público de Betim denunciam aglomeração

Ônibus foram reduzidos e há relatos de aglomeração em horários de pico. Vídeo mostra pessoas amontoadas sem o distanciamento necessário para evitar contaminação


25/03/2021 15:26 - atualizado 25/03/2021 18:20

Usuário gravou a volta para casa na linha 53. Vídeo mostra passageiros amontoados, sem nenhum distanciamento, tentando um lugar na van que partiria para o Bairro Capelinha (foto: Redes Sociais/Divulgação)
Usuário gravou a volta para casa na linha 53. Vídeo mostra passageiros amontoados, sem nenhum distanciamento, tentando um lugar na van que partiria para o Bairro Capelinha (foto: Redes Sociais/Divulgação)
Moradores que fazem o uso do transporte público de Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), denunciam a falta do distanciamento social dentro dos ônibus que fazem itinerários no município. No início da noite de quarta-feira (24/3), uma passageira gravou um vídeo mostrando a superlotação da linha 53, cujo motorista teve dificuldade em fechar a porta do veículo devido ao grande número de pessoas amontoadas. O vídeo foi feito por volta das 18h50, no Centro de Betim, e a van seguiria para o Bairro Capelinha.



Um dos usuários relatou que esta é uma realidade frequente, principalmente nos horários de pico e que não vê nenhuma fiscalização. “Como não propaga o vírus aqui dentro do ônibus? A prefeitura não faz nada para fiscalizar e exigir mais ônibus para o transporte de passageiros. Todos os dias é desse jeito. Essa é a situação do trabalhador de Betim que pega ônibus”, disse um usuário do transporte, que não quis de identificar. 
 
Pelo decreto vigente na cidade, Betim está na onda roxa, fase mais restritiva do Programa Minas Consciente, do governo do estado. A circulação de pessoas está reduzida e apenas o comércio essencial pode funcionar. Bares e restaurantes não podem vender bebidas alcoólicas geladas e está proibido o consumo no local. 
 
A Prefeitura de Betim tem fiscalizado de forma rigorosa lojas, bares e restaurantes que descumprem as normas. Somente nesta quinta-feira (25/3), 15 estabelecimentos que descumpriram as regras e insistiam em manter as portas abertas foram fechados. Os comércios interditados são da Avenida Governador Valadares, no Centro, Jardim Brasília, Bom Retiro, Jardim das Alterosas, Brasiléia e Sanat Cruz/PTB. Lojas de roupas, papelarias e prédios comerciais estavam entre os interditados. 
 
Segundo usuários do transporte público, as fiscalizações, porém, não têm ocorrido da mesma forma nos pontos de ônibus. “Todos os dias neste horário há superlotação. Essa linha passa em frente ao Shopping Partage lotada, e já sai do Centro cheia. Não tem álcool em gel dentro dos ônibus e é um empurra-empurra de passageiros. Não está tendo fiscalização no transporte público. Fiscalizam só o que é de interesse deles”, pontua o passageiro. 
 
A Prefeitura de Betim informou que a Empresa de Construções, Obras, Serviços, Projetos, Transporte e Trânsito (ECOS), em função do decreto vigente, que determina mudanças na rotina do município para o combate à disseminação do novo coronavírus, cuja consequência é a redução do número de pessoas circulando pela cidade, diminuiu o quadro de horários que foi adequado a essa realidade, mas que manteve os horários nos períodos de pico.  
 
“Desde 17 de março, a Ecos detectou uma diminuição de 30% no número de passageiros em todas as linhas municipais. No entanto, os horários foram mantidos nos períodos de pico de demanda. A prefeitura está fiscalizando diariamente as viagens das linhas e aplicando multas quando necessário”, disse a nota da prefeitura. 
 
Os usuários podem fazer denúncias e relatar a superlotação nos veículos pelo telefone 0800-2835993 ou por meio do aplicativo ClicaBus. 
 

O que é o coronavírus


Coronavírus são uma grande família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto em dezembro de 2019, na China. A doença pode causar infecções com sintomas inicialmente semelhantes aos resfriados ou gripes leves, mas com risco de se agravarem, podendo resultar em morte.
Vídeo: Por que você não deve espalhar tudo que recebe no Whatsapp

Como a COVID-19 é transmitida? 

A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Vídeo: Pessoas sem sintomas transmitem o coronavírus?


Como se prevenir?

A recomendação é evitar aglomerações, ficar longe de quem apresenta sintomas de infecção respiratória, lavar as mãos com frequência, tossir com o antebraço em frente à boca e frequentemente fazer o uso de água e sabão para lavar as mãos ou álcool em gel após ter contato com superfícies e pessoas. Em casa, tome cuidados extras contra a COVID-19.
Vídeo: Flexibilização do isolamento não é 'liberou geral'; saiba por quê

Quais os sintomas do coronavírus?

Confira os principais sintomas das pessoas infectadas pela COVID-19:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarreia

Em casos graves, as vítimas apresentam:

  • Pneumonia
  • Síndrome respiratória aguda severa
  • Insuficiência renal
Os tipos de sintomas para COVID-19 aumentam a cada semana conforme os pesquisadores avançam na identificação do comportamento do vírus. 

Vídeo explica por que você deve 'aprender a tossir'


Mitos e verdades sobre o vírus

Nas redes sociais, a propagação da COVID-19 espalhou também boatos sobre como o vírus Sars-CoV-2 é transmitido. E outras dúvidas foram surgindo: O álcool em gel é capaz de matar o vírus? O coronavírus é letal em um nível preocupante? Uma pessoa infectada pode contaminar várias outras? A epidemia vai matar milhares de brasileiros, pois o SUS não teria condições de atender a todos? Fizemos uma reportagem com um médico especialista em infectologia e ele explica todos os mitos e verdades sobre o coronavírus.

Coronavírus e atividades ao ar livre: vídeo mostra o que diz a ciência

Para saber mais sobre o coronavírus, leia também:

 

 
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade