UAI
Publicidade

Estado de Minas COVID-19

Dois últimos pacientes de Manaus internados em Uberaba recebem alta

Após pedido do governo de MG, 18 pacientes com a COVID-19 foram transferidos para o Hospital Regional da cidade no dia 24 de janeiro; oito deles morreram


11/02/2021 10:11 - atualizado 11/02/2021 11:15

Ao final, dos 18 pacientes com a COVID-19 de Manaus transferidos para o Hospital Regional de Uberaba, oito morreram e dez receberam alta(foto: Prefeitura de Uberaba/Divulgação)
Ao final, dos 18 pacientes com a COVID-19 de Manaus transferidos para o Hospital Regional de Uberaba, oito morreram e dez receberam alta (foto: Prefeitura de Uberaba/Divulgação)

 

Os dois últimos pacientes de Manaus internados no Hospital Regional José Alencar, em Uberaba, receberam alta médica e voltarão para a capital do Amazonas no início da tarde desta quinta-feira (11), juntamente com uma enfermeira amazonense. Com isso, dos 18 pacientes com a COVID-19 que vieram da capital amazonense para o HR no dia 24 de janeiro, oito morreram (cinco homens e três mulheres) e dez se recuperaram, sendo que oito já voltaram para o Amazonas em voo comercial fretado pelo Ministério da Saúde.
 
Conforme o último boletim médico, os dois últimos pacientes manauaras passam bem, apresentando plena recuperação. “O Hospital já deu início ao trâmite junto ao Ministério da Saúde para garantir o transporte de volta dos pacientes ao estado do Amazonas”, informou a direção do hospital.
 
Segundo informações da assessoria de imprensa da prefeitura de Uberaba, a previsão é de que às 15h10 o grupo embarque em Uberaba com destino a Belo Horizonte, com previsão de chegada às 16h15 na capital mineira. Já em BH, às 17h10, todos seguirão para Campinas (SP), com chegada prevista para as 18h25. Em Campinas, o voo sairá às 22h. O horário para chegar em Manaus está previsto para 0h40 desta sexta-feira (12/01).
 
A morte do primeiro paciente vítima da COVID-19 que veio de Manaus para o Hospital Regional de Uberaba, a de um homem de 70 anos, ocorreu na noite de 28 de janeiro. O segundo óbito, um homem de 48, foi registrado na tarde do dia seguinte (29/1). O terceiro paciente, uma mulher de 44, morreu no sábado (30). A quarta vítima, mulher de 58, na manhã de segunda-feira (1º/2), o quinto paciente, homem de 57 anos, na tarde de quarta-feira (3/2), o sexto paciente, homem de 41 anos, na noite dequarta-feira (3/2), o sétimo paciente, homem de 32 anos, na manhã do sábado (6/2) e o oitavo paciente, uma mulher de 33 anos, na tarde do domingo (7/2). 

No dia 25 de janeiro os pacientes de Manaus foram submetidos à coleta de material para exame de sequenciamento genético para definir qual a cepa do vírus. O material seguiu para o laboratório da Fundação Ezequiel Dias (Funed), em Belo Horizonte, sendo que o exame não ficou pronto até hoje e, desta forma, todos os internados ficaram em alas totalmente isoladas e com acompanhamento de profissionais específicos.

A transferência dos pacientes de Manaus (inicialmente necessitando de leitos de enfermaria) a Uberaba aconteceu após pedido do Estado de Minas Gerais e uma longa reunião entre a Prefeitura de Uberaba, Comitê Técnico-Científico de Enfrentamento à COVID-19 e os vereadores no dia 22 de janeiro.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade