Publicidade

Estado de Minas MULTA DE R$ 17 MIL

Bar é interditado pela segunda vez em BH e caso vai parar na polícia

Estabelecimento no Centro rompeu o lacre da interdição e funcionou desrespeitando protocolos impostos pela PBH para conter a pandemia do novo coronavírus


30/11/2020 16:50 - atualizado 30/11/2020 21:11

Bar foi interditado novamente(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A. Press)
Bar foi interditado novamente (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A. Press)

Um bar foi interditado pela segunda vez e multado em R$ 17 mil, no início da tarde desta segunda-feira (30), no Hipercentro de Belo Horizonte. A ação da Subsecretaria de Fiscalização (Sufis), com apoio da Guarda Municipal, foi parar na polícia para registro de descumprimento das normas sanitárias. De acordo com os fiscais, esse procedimento deve ser rotina daqui pra frente na cidade.



Segundo a fiscalização, o Bar e Restaurante Dourado, localizado na Rua dos Tupis, já havia sido interditado na madrugada de sábado (28) por volta das 2h. Na ocasião, ele estava aberto com funcionamento normal, sem cumprimento a nenhum tipo de protocolo e precisou ser lacrado. No local, havia mais de 50 pessoas sem uso de máscara facial.

Além disso, segundo a PBH, o estabelecimento não tem autorização para funcionar como bar. Seu alvará menciona apenas lanchonete e restaurante. Nesta segunda-feira (30), a prefeitura recebeu nova denúncia e foi até o local.

“Hoje flagramos aberto não seguindo os protocolos. Pessoas sem máscara, mesa com mais de quatro pessoas, venda de bebida alcoólica antes do horário permitido, que é 17h. Além do rompimento do lacre, e não atendimento da interdição, estava novamente cometendo novas irregularidades”, conta Plínio Marcos, gerente de Fiscalização de Controle Urbanística e Ambiental da Regional Centro-Sul.

A empresa recebeu uma multa por desrespeito à interdição no valor de R$ 17.614,17 e uma notificação acessória, além da apreensão de uma placa irregular. A equipe de fiscalização e o proprietário do bar foram para a delegacia para prestar as versões.
Guarda Municipal deu apoio aos fiscais(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A. Press)
Guarda Municipal deu apoio aos fiscais (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A. Press)

O gerente de fiscalização defende que a interdição se enquadra como “infração de medida sanitária preventiva”, prevista no artigo 268 do Código Penal, que diz que “infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa” pode render em detenção de um mês a um ano, e multa.

“Vamos fazer o boletim e dar prosseguimento ao processo administrativo que pode até culminar na cassação do alvará”, disse Plínio. “Vamos monitorar para que não aconteça novamente tanto esse quanto outros estabelecimentos”, acrescenta.

O que é o coronavírus

Coronavírus são uma grande família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto em dezembro de 2019, na China. A doença pode causar infecções com sintomas inicialmente semelhantes aos resfriados ou gripes leves, mas com risco de se agravarem, podendo resultar em morte.
Vídeo: Por que você não deve espalhar tudo que recebe no Whatsapp



Como a COVID-19 é transmitida?


A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Vídeo: Pessoas sem sintomas transmitem o coronavírus?



Como se prevenir?


A recomendação é evitar aglomerações, ficar longe de quem apresenta sintomas de infecção respiratória, lavar as mãos com frequência, tossir com o antebraço em frente à boca e frequentemente fazer o uso de água e sabão para lavar as mãos ou álcool em gel após ter contato com superfícies e pessoas. Em casa, tome cuidados extras contra a COVID-19.
Vídeo: Flexibilização do isolamento não é 'liberou geral'; saiba por quê



Quais os sintomas do coronavírus?

Confira os principais sintomas das pessoas infectadas pela COVID-19:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarreia

Em casos graves, as vítimas apresentam

  • Pneumonia
  • Síndrome respiratória aguda severa
  • Insuficiência renal

Os tipos de sintomas para COVID-19 aumentam a cada semana conforme os pesquisadores avançam na identificação do comportamento do vírus.

 

Vídeo explica porque você deve aprender a tossir

Mitos e verdades sobre o vírus


Nas redes sociais, a propagação da COVID-19 espalhou também boatos sobre como o vírus Sars-CoV-2 é transmitido. E outras dúvidas foram surgindo: O álcool em gel é capaz de matar o vírus? O coronavírus é letal em um nível preocupante? Uma pessoa infectada pode contaminar várias outras? A epidemia vai matar milhares de brasileiros, pois o SUS não teria condições de atender a todos? Fizemos uma reportagem com um médico especialista em infectologia e ele explica todos os mitos e verdades sobre o coronavírus.

Coronavírus e atividades ao ar livre: vídeo mostra o que diz a ciência

Para saber mais sobre o coronavírus, leia também:



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade