Publicidade

Estado de Minas CORONAVÍRUS EM MINAS

Médica morre aos 27 anos, em Teófilo Otoni, vítima da COVID-19

Paloma Alves dos Santos estava na Unidade de Terapia Intensiva há duas semanas, mas acabou falecendo em decorrência das complicações causadas pelo coronavírus


16/08/2020 12:02

Paloma Alves do Santos tinha 27 anos e atuava em unidades de saúde de Minas e do Espírito Santo(foto: Reprodução/Instagram)
Paloma Alves do Santos tinha 27 anos e atuava em unidades de saúde de Minas e do Espírito Santo (foto: Reprodução/Instagram)
“Ela era muito querida pelos profissionais de saúde e pela população”. A frase é do secretário de Saúde de Ponto Belo/ES, Robson Coelho, ao falar de Paloma Alves do Santos, que morreu na última quinta-feira (13), aos 27 anos, em Teófilo Otoni, vítima do coronavírus. O óbito veio a público nesse sábado (15).

Paloma atuava como clínica geral no Pronto Atendimento das cidades de Ponto Belo e Mucurici, no Espírito Santo, além de Nanuque, em Minas, onde morava. No entanto, a médica testou positivo para coronavírus e teve que se afastar do trabalho. Seu estado de saúde piorou e ela precisou de ser internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital de Teófilo Otoni, onde ficou em observação por duas semanas, até que faleceu em função dos graves efeitos causados pela COVID-19.

De acordo com o secretário de Saúde de Ponto Belo, Paloma apresentava algumas comorbidades, como pressão alta e diabetes. No município, profissionais de saúde que trabalhavam com a médica fizeram uma homenagem, formando uma carreata. Uma mensagem também foi lida em respeito à memória da clínica geral.

“Recebemos com tristeza (a notícia do falecimento de Paloma). A gente aguardava para que ela pudesse sair dessa. Pegou todo mundo de surpresa. Os municípios e profissionais fizeram várias homenagens. Por onde passou, ela deixou seu legado. Ela tinha pouco tempo de formada, mas trabalhava com muita dedicação e respeito com a população”, disse Robson Coelho, ao Estado de Minas.

A Prefeitura de Nanuque, cidade na qual Paloma residia e atendia, se manifestou sobre o falecimento da médica. Pelas redes sociais, o Executivo municipal classificou a clínica geral como “profissional dedicada e competente”, destacando que ela estava atuando na linha de frente no combate ao coronavírus.

"Profissional dedicada e competente consagrou seu tempo e habilidades para salvar vidas, em especial neste momento de pandemia no qual atuou brava e ativamente na linha de frente no combate à COVID-19 onde prestou relevantes serviços em Nanuque”, publicou.

Já a cidade de Mucurici decretou luto oficial de três dias em respeito à memória de Paloma. "A municipalidade reconhece o exímio serviço desempenhado como médica neste Município de Mucurici/ES”, disse, em nota, a prefeitura.

Em fevereiro, Paloma realizou plantões no Hospital de Montanha (HMNSA), na cidade homônima, também em solo capixaba. A unidade de saúde também se manifestou por meio de uma nota de pesar. 

"Toda equipe de profissionais e colaboradores do HMNSA lamenta a perda inesperada dessa adorável pessoa e excelente profissional. Sua dedicação e simpatia será lembrada por todos nós, pois sua alma hoje se encontra nos braços do Eterno Criador", escreveu o hospital.

Amor à medicina


Nas redes sociais de Paloma, grande parte das publicações são declarações à medicina. A profissional mostrava com orgulho a função que escolheu seguir, como no dia 29 de novembro de 2018, data em que registrou o momento no qual teve o primeiro contato com a carteira profissional de médica, emitida pelo Conselho Regional de Medicina.

O amor à medicina já era demonstrado durante o curso por Paloma, que publicou várias imagens nas quais aparecia com o tradicional jaleco branco ou com a vestimenta verde, com o estetoscópio pendurado no pescoço. A universidade na qual a médica se formou, em Colatina, também manifestou pesar pela morte da profissional.

Há três meses, Paloma registrou uma outra conquista importante na sua vida: o primeiro carro. Batizado de Julia Roberts - mesmo nome da atriz americana, protagonista do filme “Uma Linda Mulher” -, o automóvel foi entregue à médica com um laço vermelho, na porta de um Pronto Socorro.

A última imagem publicada por Paloma foi no dia 21 de julho. Equipada com vestimenta para fazer atendimento médico, a profissional publicou a imagem acompanhada da legenda: "Quando tudo se amenizar é que teremos noção do quão fortes fomos e do quanto fizemos.”

Última foto publicada por Paloma em sua rede social foi no dia 21 de julho(foto: Reprodução/Instagram)
Última foto publicada por Paloma em sua rede social foi no dia 21 de julho (foto: Reprodução/Instagram)


O que é o coronavírus


Coronavírus são uma grande família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto em dezembro de 2019, na China. A doença pode causar infecções com sintomas inicialmente semelhantes aos resfriados ou gripes leves, mas com risco de se agravarem, podendo resultar em morte.
Vídeo: Por que você não deve espalhar tudo que recebe no Whatsapp

Como a COVID-19 é transmitida? 

A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Vídeo: Pessoas sem sintomas transmitem o coronavírus?


Como se prevenir?

A recomendação é evitar aglomerações, ficar longe de quem apresenta sintomas de infecção respiratória, lavar as mãos com frequência, tossir com o antebraço em frente à boca e frequentemente fazer o uso de água e sabão para lavar as mãos ou álcool em gel após ter contato com superfícies e pessoas. Em casa, tome cuidados extras contra a COVID-19.
Vídeo: Flexibilização do isolamento não é 'liberou geral'; saiba por quê

Quais os sintomas do coronavírus?

Confira os principais sintomas das pessoas infectadas pela COVID-19:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarreia

Em casos graves, as vítimas apresentam:

  • Pneumonia
  • Síndrome respiratória aguda severa
  • Insuficiência renal
Os tipos de sintomas para COVID-19 aumentam a cada semana conforme os pesquisadores avançam na identificação do comportamento do vírus. 

Vídeo explica por que você deve 'aprender a tossir'


Mitos e verdades sobre o vírus

Nas redes sociais, a propagação da COVID-19 espalhou também boatos sobre como o vírus Sars-CoV-2 é transmitido. E outras dúvidas foram surgindo: O álcool em gel é capaz de matar o vírus? O coronavírus é letal em um nível preocupante? Uma pessoa infectada pode contaminar várias outras? A epidemia vai matar milhares de brasileiros, pois o SUS não teria condições de atender a todos? Fizemos uma reportagem com um médico especialista em infectologia e ele explica todos os mitos e verdades sobre o coronavírus.

Coronavírus e atividades ao ar livre: vídeo mostra o que diz a ciência

Para saber mais sobre o coronavírus, leia também:

 



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade