Publicidade

Estado de Minas INTERIOR DE MINAS

Leitos da UTI COVID-19 de Coronel Fabriciano estão liberados

Leitos haviam sido interditados pela Secretaria de Estado de Saúde e foram liberados nessa segunda-feira (10) depois de vistoria técnica que comprovou adequações solicitadas


11/08/2020 05:46 - atualizado 11/08/2020 08:16

Técnico da Vigilância Sanitária de Coronel Fabriciano durante a inspeção no HJMM(foto: Imprensa/PMCF)
Técnico da Vigilância Sanitária de Coronel Fabriciano durante a inspeção no HJMM (foto: Imprensa/PMCF)

Os leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e leitos clínicos do Hospital Dr. José Maria Morais foram liberados nessa terça-feira (10) pelos técnicos da Vigilância Sanitária e Superintendência Regional de Saúde de Coronel Fabriciano.

Esses leitos estavam interditados pela Secretaria de Estado de Saúde desde o dia 5 desse mês. Na inspeção realizada pelos técnicos, ficaram comprovadas as adequações exigidas pela Secretaria de Estado de Saúde.

A direção do HJMM investiu R$ 260 mil e adquiriu três novas máquinas de hemodiálise e outras três de osmose reversa. Os equipamentos chegaram neste final de semana, foram habilitados pela SRS-MG e já estão funcionando.

A inspeção também comprovou que o HJMM dispõe de todos os EPI’s necessários ao atendimento da ala COVID-19, com antibióticos, ventiladores e monitores com capnografia e pressão intra-arterial em todos os leitos de UTI.

Além dos leitos de UTI, o HJMM também conta os leitos de internação (enfermaria) exclusivos para o tratamento da COVID-19. As capacidades técnicas, sanitárias e de infraestrutura do hospital também foram observadas durante a inspeção, que também analisou documentos e contratos de prestação de serviços.

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, o HJMM já recebeu mais 130 internações, sendo que mais de 80 receberam alta hospitalar após se recuperaram da doença. A Prefeitura de Coronel Fabriciano, que administra o hospital, informou que a taxa de letalidade por COVID-19 no município é de 1,52%, a menor do Vale Aço e a terceira menor do Estado dentre os municípios com mais de 100 mil habitantes. No último boletim Boletim Epidemiológico, publicado nessa segunda-feira (10), consta que o HJMM está com 18 pacientes em internação: 16 residentes de Fabriciano e dois, de outras cidades. 

Processo de interdição 


A interdição do HJMM foi solicitada pelo Ministério de Coronel Fabriciano no fim do mês de julho. No domingo, 2 de agosto, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais suspendeu a liminar que determinava a interdição total dos leitos do HJMM. Na decisão, a desembargadora de plantão, Sandra Fonseca, afirmou que o Hospital Dr. José Maria Morais tinha plenas e totais condições de acolhimento integral dos pacientes, contando com máquinas de hemodiálise e diálise em pleno funcionamento para os pacientes da UTI COVID-19.

Segundo a direção do HJMM, uma máquina de hemodiálise que estava estragada, foi consertada no dia 29 de julho, como determinado pelo SRS-MG. No dia seguinte, foi utilizada em procedimentos de hemodiálise. Mesmo assim, naquela ocasião, a SRS-MG e a Central de Regulação decidiram pela transferência de pacientes com COVID-19 para outras unidades hospitalares, como a de Caratinga, distante 200 quilômetros de Coronel Fabriciano. No dia 5, a SES/MG confirmou a interdição, e solicitou a Prefeitura de Ipatinga, que recebesse os pacientes COVID-19 encaminhados ao HJMM pelo SUS/Fácil. 

O caso foi resolvido nessa segunda-feira, aliviando a tensão dos últimos dias. “O Hospital Dr. José Maria Morais possui uma equipe capacitada para atendimento a todos os pacientes que dele necessitar. A Ala COVID-19 sempre esteve aberta, independente de credenciamento de leitos, com objetivo único de salvar vidas”, disse a secretária municipal de Saúde, Kátia Barbalho.

O que é o coronavírus


Coronavírus são uma grande família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto em dezembro de 2019, na China. A doença pode causar infecções com sintomas inicialmente semelhantes aos resfriados ou gripes leves, mas com risco de se agravarem, podendo resultar em morte.
Vídeo: Por que você não deve espalhar tudo que recebe no Whatsapp

Como a COVID-19 é transmitida? 

A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Vídeo: Pessoas sem sintomas transmitem o coronavírus?


Como se prevenir?

A recomendação é evitar aglomerações, ficar longe de quem apresenta sintomas de infecção respiratória, lavar as mãos com frequência, tossir com o antebraço em frente à boca e frequentemente fazer o uso de água e sabão para lavar as mãos ou álcool em gel após ter contato com superfícies e pessoas. Em casa, tome cuidados extras contra a COVID-19.
Vídeo: Flexibilização do isolamento não é 'liberou geral'; saiba por quê

Quais os sintomas do coronavírus?

Confira os principais sintomas das pessoas infectadas pela COVID-19:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarreia

Em casos graves, as vítimas apresentam:

  • Pneumonia
  • Síndrome respiratória aguda severa
  • Insuficiência renal
Os tipos de sintomas para COVID-19 aumentam a cada semana conforme os pesquisadores avançam na identificação do comportamento do vírus. 

Vídeo explica por que você deve 'aprender a tossir'


Mitos e verdades sobre o vírus

Nas redes sociais, a propagação da COVID-19 espalhou também boatos sobre como o vírus Sars-CoV-2 é transmitido. E outras dúvidas foram surgindo: O álcool em gel é capaz de matar o vírus? O coronavírus é letal em um nível preocupante? Uma pessoa infectada pode contaminar várias outras? A epidemia vai matar milhares de brasileiros, pois o SUS não teria condições de atender a todos? Fizemos uma reportagem com um médico especialista em infectologia e ele explica todos os mitos e verdades sobre o coronavírus.

Coronavírus e atividades ao ar livre: vídeo mostra o que diz a ciência

Para saber mais sobre o coronavírus, leia também:

 



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade