Publicidade

Estado de Minas ALTO PARANAÍBA

Prefeitura de Araxá autoriza reabertura de comércio não essencial

Academias, igrejas e restaurantes poderão funcionar com restrições de distanciamento, horários e limite de pessoas


02/07/2020 15:47 - atualizado 02/07/2020 17:43

Comitê de Enfrentamento à COVID-19 autorizou a reabertura parcial do comércio na cidade(foto: Reprodução /Internet)
Comitê de Enfrentamento à COVID-19 autorizou a reabertura parcial do comércio na cidade (foto: Reprodução /Internet)
A Prefeitura de Araxá, no Alto Paranaíba - terra do governador Romeu Zema (Novo)-, divulgou nessa quarta-feira (1º) as novas determinações do Comitê de Enfrentamento à COVID-19, que flexibilizam a reabertura de alguns setores na cidade. Segundo o Decreto nº 1.025, atividades esportivas, cultos religiosos, restaurantes e parques podem retomar suas atividades.

A flexibilização envolve restrições de horários de funcionamento, regras de distanciamento social, limite de pessoas dentro dos estabelecimentos e demais medidas sanitárias. 
 
De acordo com a norma, bares e restaurantes poderão ficar abertos das 11h às 22h com consumo exclusivo em mesas. Além disso, podem trabalhar com delivery e retirada de alimento no balcão, sendo proibido o consumo de bebidas alcoólicas nos estabelecimentos, assim como eventos e música ao vivo.
 
Academias e atividades esportivas estarão liberadas a partir do dia 15 - justamente a data que o governo acredita que será o pico da pandemia do novo coronavírus no estado -, desde que tenham alvarás sanitários e de funcionamento. Também precisam apresentar plano de contingência, que será avaliado pelo Comitê.
 
As igrejas e templos religiosos poderão promover cultos e celebrações no máximo três vezes na semana, em dias distintos, com limite de duas celebrações por dia com duração máxima de 1h30min.

A presença de pessoas do grupo de risco está proibida. No interior dos templos, os participantes deverão usar máscara. O limite de distância entre as pessoas será de dois metros.  
 
Ainda de acordo com o decreto, o Parque do Cristo, tradicional ponto de lazer e esporte de Araxá, que estava fechado desde 19 de março, também vai voltar a receber visitantes. 

Em 20 de junho, ao ver o número de casos da COVID-19 aumentar, o município decretou estado de calamidade pública. Mas, na última segunda-feira (29), o chefe do Executivo municipal, Aracely de Paula (PR), decidiu não prorrogar o decreto que determinava o fechamento do comércio e voltou a liberar atividades não essenciais. 

Testagem em massa 


A Secretaria Municipal de Saúde anunciou que iria começar, nessa quarta-feira (1º), uma testagem em massa na população para identificar pessoas contaminadas pelo coronavírus. Segundo o informativo da pasta, foram adquiridos 7 mil testes em parceria com a iniciativa privada. 

Com população de 107 mil pessoas, o volume é suficiente, portanto, para a realização de exames em 6,5% dos moradores da cidade.

COVID-19 em Araxá


Araxá registrou, até a tarde dessa quarta-feira (1º), 2661 casos confirmados da doença, sendo que seis terminaram em óbito. Já se recuperaram 238 pessoas e 17 estão sendo monitoradas.

De acordo com o boletim epidemiológico da prefeitura, 1.582 pessoas notificaram a Secretaria Municipal de Saúde sobre a possibilidade de terem contraído a COVID-19.
 
*Estagiário sob supervisão da subeditora Kelen Cristina 
 

O que é o coronavírus


Coronavírus são uma grande família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto em dezembro de 2019, na China. A doença pode causar infecções com sintomas inicialmente semelhantes aos resfriados ou gripes leves, mas com risco de se agravarem, podendo resultar em morte.
Vídeo: Por que você não deve espalhar tudo que recebe no Whatsapp

Como a COVID-19 é transmitida? 

A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Vídeo: Pessoas sem sintomas transmitem o coronavírus?


Como se prevenir?

A recomendação é evitar aglomerações, ficar longe de quem apresenta sintomas de infecção respiratória, lavar as mãos com frequência, tossir com o antebraço em frente à boca e frequentemente fazer o uso de água e sabão para lavar as mãos ou álcool em gel após ter contato com superfícies e pessoas. Em casa, tome cuidados extras contra a COVID-19.
Vídeo: Flexibilização do isolamento não é 'liberou geral'; saiba por quê

Quais os sintomas do coronavírus?

Confira os principais sintomas das pessoas infectadas pela COVID-19:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarreia

Em casos graves, as vítimas apresentam:

  • Pneumonia
  • Síndrome respiratória aguda severa
  • Insuficiência renal
Os tipos de sintomas para COVID-19 aumentam a cada semana conforme os pesquisadores avançam na identificação do comportamento do vírus. 

Vídeo explica por que você deve 'aprender a tossir'


Mitos e verdades sobre o vírus

Nas redes sociais, a propagação da COVID-19 espalhou também boatos sobre como o vírus Sars-CoV-2 é transmitido. E outras dúvidas foram surgindo: O álcool em gel é capaz de matar o vírus? O coronavírus é letal em um nível preocupante? Uma pessoa infectada pode contaminar várias outras? A epidemia vai matar milhares de brasileiros, pois o SUS não teria condições de atender a todos? Fizemos uma reportagem com um médico especialista em infectologia e ele explica todos os mitos e verdades sobre o coronavírus.

Coronavírus e atividades ao ar livre: vídeo mostra o que diz a ciência

Para saber mais sobre o coronavírus, leia também:

 

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade