Publicidade

Estado de Minas FLEXIBILIZAÇÃO

Governo de Minas libera venda de alimentos por ambulantes

Pipoqueiros, carrinhos de cachorro-quente e food trucks poderão comercializar seus produtos, desde que para entrega ou retirada no local


postado em 02/07/2020 11:48 / atualizado em 02/07/2020 14:59

Secretário adjunto de Desenvolvimento Econômico de Minas, Fernando Passalio, anunciou liberação para ambulantes, mas pediu cuidados à população(foto: Facebook/Reprodução)
Secretário adjunto de Desenvolvimento Econômico de Minas, Fernando Passalio, anunciou liberação para ambulantes, mas pediu cuidados à população (foto: Facebook/Reprodução)
Os vendedores ambulantes de alimentos foram incluídos nos serviços essenciais pelo Governo de Minas, segundo o programa Minas Consciente, que visa promover a retomada econômica gradual e coordenada nas cidades mineiras. Assim, nos 168 municípios que aderiram ao programa até o momento, os ambulantes podem funcionar no sistema de entregas e também para retirada de produtos no local.

“A atividade econômica de serviços ambulantes de alimentação agora faz parte dos serviços essenciais. Pipoqueiros, carrinhos de cachorro-quente e food trucks, por exemplo, podem comercializar seus produtos, desde que sigam as regras de restaurantes, bares e padarias. O segmento está oficialmente dentro da Onda Verde do Minas Consciente”, afirmou o secretário adjunto de Desenvolvimento Econômico, Fernando Passalio, durante entrevista coletiva nesta quinta-feira (2/7).

Até agora, esses serviços só podiam funcionar autorizados por legislação municipal ou onde o programa do governo estadual autorizou o avanço para a Onda Branca – que no momento só atinge três macrorregiões de saúde: Leste do Sul, Norte e Sul.

“Nesta semana, o comitê manteve a suspensão da Onda Amarela do Minas Consciente. Todas as regiões estão indo até a Onda Branca, com três, e as demais 11 na Verde (só serviços essenciais). As mudanças se devem à proximidade do pico da COVID-19, previsto para 15 de julho”, explicou Passalio.

Máscara e álcool em gel


Apesar da inclusão do comércio de alimentos por ambulantes, as autoridades vêm alertando para a necessidade de a população se manter atenta aos cuidados ao optar por qualquer atividade.

Nesta semana, Belo Horizonte e Contagem, por exemplo, recuaram na flexibilização do comércio e agora apenas o que é considerado essencial pode funcionar.

“Temos sempre de reforçar a importância do isolamento social. Se sair de casa, use máscara, passe álcool em gel nas mãos, evite aglomerações”, alertou o secretário adjunto.

Já o secretário de Estado da Saúde, Carlos Eduado Amaral, pede para que a população busque se inteirar do que está sendo feito. “Gostaríamos de enfatizar que temos feitos um acompanhamento muito rigoroso, o  Minas Consciente é um programa de isolamento adequando. Gostaria que cada cidadão entrasse no site do governo de Minas e avaliasse, visse a qualidade, como são os critérios para abrirmos ou fechamos uma onda, com todos interagindo com ele. O programa estará conosco enquanto estivermos nessa pandemia. É fundamental que todos compreendam, participem e, principalmente, se cuidem”, disse.

O que é o coronavírus


Coronavírus são uma grande família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto em dezembro de 2019, na China. A doença pode causar infecções com sintomas inicialmente semelhantes aos resfriados ou gripes leves, mas com risco de se agravarem, podendo resultar em morte.
Vídeo: Por que você não deve espalhar tudo que recebe no Whatsapp

Como a COVID-19 é transmitida? 

A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Vídeo: Pessoas sem sintomas transmitem o coronavírus?


Como se prevenir?

A recomendação é evitar aglomerações, ficar longe de quem apresenta sintomas de infecção respiratória, lavar as mãos com frequência, tossir com o antebraço em frente à boca e frequentemente fazer o uso de água e sabão para lavar as mãos ou álcool em gel após ter contato com superfícies e pessoas. Em casa, tome cuidados extras contra a COVID-19.
Vídeo: Flexibilização do isolamento não é 'liberou geral'; saiba por quê

Quais os sintomas do coronavírus?

Confira os principais sintomas das pessoas infectadas pela COVID-19:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarreia

Em casos graves, as vítimas apresentam:

  • Pneumonia
  • Síndrome respiratória aguda severa
  • Insuficiência renal
Os tipos de sintomas para COVID-19 aumentam a cada semana conforme os pesquisadores avançam na identificação do comportamento do vírus. 

Vídeo explica por que você deve 'aprender a tossir'


Mitos e verdades sobre o vírus

Nas redes sociais, a propagação da COVID-19 espalhou também boatos sobre como o vírus Sars-CoV-2 é transmitido. E outras dúvidas foram surgindo: O álcool em gel é capaz de matar o vírus? O coronavírus é letal em um nível preocupante? Uma pessoa infectada pode contaminar várias outras? A epidemia vai matar milhares de brasileiros, pois o SUS não teria condições de atender a todos? Fizemos uma reportagem com um médico especialista em infectologia e ele explica todos os mitos e verdades sobre o coronavírus.

Coronavírus e atividades ao ar livre: vídeo mostra o que diz a ciência

Para saber mais sobre o coronavírus, leia também:

 

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade