Publicidade

Estado de Minas

Guarda municipal fecha 17 lojas em Venda Nova

Operação começou no início da manhã deste sábado e visa coibir a abertura ilegal durante a quarentena do coronavírus


postado em 02/05/2020 11:24 / atualizado em 02/05/2020 12:05

Trinta e seis homens e viaturas também fiscalizam se o comércio autorizado está cumprindo as recomendações das autoridades de saúde(foto: Edésio Ferreira/EM/DA Press)
Trinta e seis homens e viaturas também fiscalizam se o comércio autorizado está cumprindo as recomendações das autoridades de saúde (foto: Edésio Ferreira/EM/DA Press)
Em operação iniciada por volta das 9h deste sábado, 17 lojas que funcionavam sem permissão foram fechadas pela Guarda Civil Municipal na região da Rua Padre Pedro Pinto, centro comercial de Venda Nova, em Belo Horizonte.  Esse número foi registrado até as 10h45. Outras três, que conseguiram liminar na Justiça, permaneceram abertas. Segundo o comandante da ação, inspetor Marcelo Silvestre, não houve resistência, e neste primeiro momento os donos de estabelecimentos foram apenas orientados a fechar as portas.

O propósito é manter o isolamento social e impedir o funcionamento dos setores do comércio considerados não essenciais, que estão fora do decreto municipal publicado em 9 de abril pelo prefeito Alexandre Kalil (PSD). De acordo com o inspetor Marcelo Silvestre, da GCM, 36 homens e viaturas também fiscalizam se o comércio autorizado está cumprindo as recomendações das autoridades de saúde, como evitar aglomerações, manter distância entre as pessoas, utilização de máscaras para funcionários e clientes, higienização de mãos e equipamentos.

Guarda na porta de uma loja de calçados da Padre Pedro Pinto nesta manhã(foto: Edésio Ferreira/EM/DA Press)
Guarda na porta de uma loja de calçados da Padre Pedro Pinto nesta manhã (foto: Edésio Ferreira/EM/DA Press)
Marcelo Silvestre disse que as equipes estarão nas ruas de Venda Nova durante todo o sábado: “Por ser início de mês, muitas pessoas receberam seus salários e a tendência é sair para compras, o que estimula alguns comerciantes a tentar abrir seus estabelecimentos”. O inspetor disse ainda que os guardas municipais estão atentos às lojas que abrem de forma parcial, na tentativa de burlar as determinações legais.

Segundo o coordenador da operação, à noite a Guarda Municipal continuará com as rondas rotineiras pelo bairro. A determinação da prefeitura editado do início do mês passado autoriza a abertura apenas de hospitais, supermercado, hipermercado, padaria, farmácia, sacolão, mercearia, hortifrúti, armazém, açougue e posto de combustível, óticas, lojas de material de construção, agências bancárias, lotéricas e agências dos correios.

O que é o coronavírus?

Coronavírus são uma grande família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto em dezembro de 2019, na China. A doença pode causar infecções com sintomas inicialmente semelhantes aos resfriados ou gripes leves, mas com risco de se agravarem, podendo resultar em morte.

Como a COVID-19 é transmitida?

A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Como se prevenir?

A recomendação é evitar aglomerações, ficar longe de quem apresenta sintomas de infecção respiratória, lavar as mãos com frequência, tossir com o antebraço em frente à boca e frequentemente fazer o uso de água e sabão para lavar as mãos ou álcool em gel após ter contato com superfícies e pessoas. Em casa, tome cuidados extras contra a COVID-19.

Quais os sintomas do coronavírus?

Confira os principais sintomas das pessoas infectadas pela COVID-19:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarreia


Em casos graves, as vítimas apresentam:

  • Pneumonia
  • Síndrome respiratória aguda severa
  • Insuficiência renal

Mitos e verdades sobre o vírus

Nas redes sociais, a propagação da COVID-19 espalhou também boatos sobre como o coronavírus é transmitido. E outras dúvidas foram surgindo: O álcool em gel é capaz de matar o vírus? O coronavírus é letal em um nível preocupante? Uma pessoa infectada pode contaminar várias outras? A epidemia vai matar milhares de brasileiros, pois o SUS não teria condições de atender a todos? Fizemos uma reportagem com um médico especialista em infectologia e ele explica todos os mitos e verdades sobre o coronavírus.

Para saber mais sobre o coronavírus, leia também:

Gráficos e mapas atualizados: entenda a situação agora
Vitamina D e coronavírus: o que já sabemos
Coronavírus: o que fazer com roupas, acessórios e sapatos ao voltar para casa
Animais de estimação no ambiente doméstico precisam de atenção especial
Coronavírus x gripe espanhola em BH: erros (e soluções) são os mesmos de 100 anos atrás
Vídeo: coronavírus, quando isso tudo deve acabar?


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade