Publicidade

Estado de Minas APÓS BAQUE DA PANDEMIA

Minas anuncia mais R$ 25 milhões para retomada de atividades turísticas

Valores do programa Reviva Turismo são destinados a iniciativas para promoção e capacitação do setor no estado


15/09/2021 20:40 - atualizado 15/09/2021 20:58

Trecho da Estrada Real entre Baependi e Caxambu
Trecho da Estrada Real entre Baependi e Caxambu (foto: Acervo Prefeitura de Baependi)
O Governo de Minas anunciou nesta quarta-feira (15/9) R$ 25 milhões em investimentos para o  desenvolvimento turístico das cidades mineiras . Entre as ações, cujo anúncio ocorreu em Caxambu, no Sul de Minas, estão o calçamento de trecho da Estrada Real e o lançamento de edital e iniciativas para fomentar a competitividade de mercado dos destinos do Circuito das Águas. 
 
Em Baependi, também no Sul de Minas, a notícia chegou em boa hora. A cidade de tradição religiosa devido à Beata Nhá Chica está reorganizando o turismo local. Parte da verba milionária anunciada poderá ser usada no projeto de um caminho de peregrinação.
 
“Será o calçamento de um trecho da Estrada Real, num antigo leito de estrada de ferro que liga Baependi e Caxambu.  Ali pretendemos criar uma pista de cicloturismo e ampliar o caminho de peregrinos para Nhá Chica”, conta o diretor de Turismo da cidade, João Vilela Filho.

O secretário de Turismo e Cultura de Minas Gerais, Leônidas Oliveira, explicou que o investimento anunciado faz parte do Programa Reviva Turismo, da Secretaria de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult), para ações como esta de Baependi e tantas outras de retomada das atividades turísticas. 
 
"O turismo é o maior gerador de emprego e renda no mundo e em Minas Gerais não será diferente. Vamos investir para melhorar o posicionamento do produto turístico de todo o estado", afirmou o secretário.
 
Também serão realizados investimentos em setores de comunicação e marketing, além de pesquisa e diagnóstico nas regiões turísticas. 
 
Anuncio de 25 milhões foi feito em Caxambu
Anuncio de 25 milhões foi feito em Caxambu (foto: Bruno Souza/Arquivo pessoal)
 
 
"Minas Gerais ficou muito anos sem investir no turismo. Precisamos mostrar ao mundo as belezas do nosso estado. As águas, a cozinha mineira, as belezas naturais, o povo hospitaleiro, a cultura, por isso essa busca em descentralizar as ações e expandir os horizontes para o mercado do turismo mineiro”, completou Leônidas.
 

Circuito das Águas 

 
Para as cidades do Circuito das Águas, o momento é mesmo de retomada do turismo, fundamental para a economia regional.
 
Segundo o presidente da Associação Circuito das Águas, Filipe Condé Alves, que também é secretário de Turismo de Caxambu, as facilidades de acesso da região, a grande oferta hoteleira, aliadas as belezas naturais, são diferenciais para a escolha dos destinos nesta retomada.

"As pessoas em geral querem viajar, sair de suas cidades, mas buscam destinos mais próximos, onde possam ir no seu próprio carro e que tenham opções de lazer para todas as idades, que tenha diversão junto a natureza", inicia o secretário.

"E isso nossa região oferece. Por isso este apoio do Governo de Minas com este reconhecimento da importância da nossa região no contexto do turismo em Minas é fundamental para o desenvolvimento econômico do Circuito das Águas como um todo", conclui.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade