UAI
Publicidade

Estado de Minas FRIO

BH foi a capital mais fria do país; veja o bairro com a menor temperatura

Mínima da capital mineira foi registrada no Bairro Buritis, na região do Cercadinho, que registrou 4,4ºC


19/05/2022 16:12 - atualizado 20/05/2022 07:38

Pessoas no centro de BH nesta quinta-feira
Segundo o Inmet, Belo Horizonte ficou na frente de outras capitais, como Brasília, Goiânia, Curitiba, e Campo Grande (foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)
O frio dos últimos dias tem batido recordes em Belo Horizonte. Por conta da madrugada desta quinta-feira (19/5), BH foi a capital que registrou a menor temperatura do Brasil, e este mês é considerado o maio mais frio nos últimos 43 anos no município mineiro.

 

Segundo o Inmet, Belo Horizonte ficou na frente de outras capitais, como Brasília,  4,9°C; Goiânia, 5,6°C; Curitiba, 6,6°C;, e Campo Grande, 7,1ºC. Em Minas Gerais, a menor temperatura, 3,1°C foi registrada cidade de Patrocínio, no Alto Paranaíba.

 

Nesta sexta-feira (20/5) a mínima prevista é de 6°C. Todo território mineiro está em alerta para baixas temperaturas, de acordo com o Inmet. O Instituto alerta para o risco à saúde por conta da geada. O aviso, publicado na quarta-feira (18/5), vale até o final desta sexta (20/05).

Buritis foi considerado o bairro mais frio, segundo o Inmet

De acordo com Inmet, tendo em vista os três bairros da capital que possuem estação meteorológica, o Buritis, na região do Cercadinho, foi o que mais sentiu impactos do termômetro, registrando a  mínima 4,4ºC, sendo a menor temperatura em Belo Horizonte desde 1979, quando marcou  3,1°C. A sensação térmica foi, às 8h, de -11,6°C.

 

Enquanto isso, os outros dois, Pampulha e Santo Agostinho, marcaram a mínima 6,7ºC e 7,6°C, respectivamente. Por sua vez, a sensação térmica no primeiro, às 6h, foi 1,7°C, enquanto o último foi -2°C. 

Por que isso acontece? 

Ruibran dos Reis, do Clima Tempo, afirma que bairros com a altitude mais elevada, como Buritis, Belvedere e Mangabeiras, que apresentam mais de 1,2 mil metros de altitude acima do mar, costumam ser mais frios. “Foram exatamente esses locais que apresentaram temperaturas menores que 5°C na madrugada desta quinta-feira (18/5)”, disse. 

 

Outras localidades, conforme o meteorologista do Clima Tempo, que representa grande parte de BH, como a região Central e da Pampulha, é um pouco mais quente. 

 

“A temperatura está associada à altitude, e a da capital belo-horizontina é de 850 metros, A cada 100 metros a mais, a temperatura, normalmente, cai cerca de 0,6°C. Então, por exemplo, se a previsão marca a mínima de 10°C, esses locais mais altos podem ter uma diferença de 3ºC a 4°C abaixo do observado na Estação Pampulha”, explica. 

 

Além disso, Ruibran ressalta que nesses bairros localizados em regiões mais altas também sofrem com os ventos, o que impacta na sensação térmica. “O Buritis e o Belvedere, por exemplo, apresentou sensações térmicas bem abaixo da temperatura dos termômetros devido aos ventos”, comentou. 

Altitude dos bairros de BH 

Em 2017, a Geoprocessamento da Empresa de Informática e Informação do Município de Belo Horizonte (Prodabel), realizou um estudo sobre a altitude dos bairros da capital mineira. Alguns pontos do município podem variar mais de 800 metros.  

 

De acordo com a análise, a Serra do Curral, cartão-postal da capital belo-horizontina, é o local mais alto. Um dos picos, no Parque do Rola Moça, tem mais de 1,5m de altitude. Já o ponto mais baixo da cidade é no encontro do Ribeirão do Onça com o Rio das Velhas, localizado no Bairro Capitão Eduardo, região Nordeste, que fica a 673 metros do nível do mar. 

 

A Região Centro-Sul é considerada a mais alta, conforme o levantamento, já que o Bairro Mangabeiras está a cerca de 1,4 mil metros e o Belvedere a mais de 1,2 mil metros. O Baleia, na região leste, onde está o pico Belo Horizonte, antes considerado o local mais alto, está a 1.390 metros. 

 

Outros bairros, como o Calafate, na Região Noroeste; Itapuã, na Regional Pampulha; e Granja de Freitas, na Região Leste, não chegam a mil metros de altitude. Os três apresentam 838, 759 e 756 metros, respectivamente. 

 

 

 

* Estagiária sob supervisão da editora Ellen Cristie. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade