UAI
Publicidade

Estado de Minas ELEIÇÕES 2022

Ex-secretário de Saúde de BH vai ajudar a montar plano de governo de Kalil

Jackson Machado, que também está de saída da prefeitura, será um dos nomes de confiança de Kalil na campanha para governador


25/03/2022 13:07 - atualizado 25/03/2022 19:48

Jackson Machado, ex-secretário de Saúde de BH
Jackson Machado, ex-secretário de Saúde de BH, emocionou-se com saída da prefeitura (foto: Matheus Muratori/EM/DA Press)
A campanha de Alexandre Kalil (PSD) para o posto de governador de Minas Gerais, nas eleições gerais de 2022, terá um velho conhecido como "fonte": Jackson Machado, secretário de Saúde de Belo Horizonte no período em que Kalil foi prefeito de janeiro de 2017 até esta sexta-feira (25/03). Nesta manhã, o então chefe do Executivo anunciou a renúncia para se lançar oficialmente como pré-candidato ao Governo de Minas, e Machado sai junto de Kalil.

Jackson Machado será um dos nomes de confiança de Kalil na corrida governamental, com desfecho em outubro. Antes, contudo, o médico, doutor em medicina e especialista e Mestre em dermatologia, vai tirar um tempo de descanso e voltar com a atuação particular.

"Vou ajudá-lo a escrever o plano dele para o governo de Minas, mas vou voltar um pouco para minha prática médica, particular, vou recuperar um pouco o que deixei de ganhar nesses anos à frente da saúde na prefeitura. Mas vou descansar, principalmente, porque foram anos, cinco anos e alguns dias, muito desgastantes, principalmente para mim, eu preciso me recuperar um pouco minha tranquilidade para poder tocar minha vida", disse, nesta sexta, em entrevista coletiva.
 
 
O iminente ex-secretário, contudo, afirma que ainda desconhece quem irá sucedê-lo na Secretaria Municipal de Saúde. O agora prefeito de BH, Fuad Noman (PSD), deve oficializar o nome na próxima terça-feira (29), após tomar posse como chefe do Executivo. A Secretaria de Políticas Urbanas, que era conduzida por Maria Caldas, também terá uma nova chefe.

"O prefeito Fuad vai anunciar em breve. Eu não sei ainda, ele não me falou, mas tenho certeza que ele não escolheria uma pessoa que não fosse capaz de tocar a Secretaria de Saúde, que é uma secretaria gigante, tem desafios enormes, mas queria dizer também que até que nomeie essa pessoa, eu continuarei à frente da saúde, semana que vem, para poder não deixar a saúde parar, a saúde não pode parar", afirmou.

COVID-19


Muito visado por conta da pandemia de COVID-19, desde março de 2020, Jackson Machado considera que o coronavírus foi um dos grandes desafios de sua vida. Ele agradeceu às equipes de prefeitura e secretaria e afirmou que a capital mineira se preparou para lidar com o vírus, também elogiando o comportamento da população.

"Não resta a menor dúvida que foi uma coisa absolutamente inesperada, mas que me senti absolutamente preparado para enfrentar, e contei com a colaboração de muitas pessoas de muita competência, isso fez toda diferença. E, também, como já disse, contei com a colaboração da população, que ouviu o que a gente pedia e entendeu que era necessário naqueles momentos fazer o que era um sacrifício enorme. Nós sabíamos os efeitos colaterais, todas as medidas que aconselhamos o prefeito a tomar, mas a vida é mais importante que qualquer coisa", diz.

Por fim, Jackson, emocionado com a despedida da prefeitura, também agradeceu: "Queria agradecer a equipe da prefeitura, queria agradecer a equipe da saúde, e queria agradecer muito à população de Belo Horizonte, que contribuiu, entendeu o recado, que era o necessário a ser feito, e foi isso que tornou Belo Horizonte o modelo que foi para o país e para o mundo".



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade