Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

Kalil sobre mortes no Brasil na pandemia: 'Genocídio'

Prefeito de Belo Horizonte volta a ser duro ao criticar ações do governo no combate à doença, sobretudo na compra de vacinas


16/07/2021 10:24 - atualizado 16/07/2021 11:22

Kalil afirmou que BH estaria totalmente vacinada se Pfizer oferecesse doses aos municípios(foto: Ramon Lisboa/EM/D.A Press)
Kalil afirmou que BH estaria totalmente vacinada se Pfizer oferecesse doses aos municípios (foto: Ramon Lisboa/EM/D.A Press)

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), referiu-se às mortes na pandemia do coronavírus no Brasil como “massacre humano” e “genocídio”. Em entrevista à Globonews nesta sexta-feira (16/7), ele disse que o país demorou a adotar medidas que controlassem a doença.

“A guerra não acabou. Estamos em guerra. Falei isso em março de 2020 numa entrevista. E não estamos preparados. Agora, depois do massacre humano, genocídio, descobrimos que era guerra mesmo. O pessoal tem de parar de ler o Burrinho Alpinista e ler sobre o que é uma guerra. Ah, gente, mas o ônibus está cheio, o metrô está cheio, a escola não funciona. Ô gente, é guerra”, afirmou Kalil. 
 
É a primeira vez que o chefe do Executivo usa termos tão contundentes para qualificar o avanço desenfreado da COVID-19, que já matou mais de 538 mil no país desde março de 2020.

“Tenho um amigo que me deu um exemplo ótimo. Você na sua casa sentando na sala e escuta tiroteio lá fora em frente a um banco, você sai para ver? Ninguém sai de casa para ver. Só sai se seu filho estiver na rua. Então, estamos em guerra”, completou. 

O prefeito também criticou a demora na compra de vacinas: “Quando vi aquele papo em Brasília que poderia comprar vacinas quem quisesse, eu disse para o consulado da Rússia, conversei com a Pfizer, Sputinik, Janssen, conversei com todos... Mas fiz por meios legais. E eu não vi ninguém querendo vender 4 milhões de doses. Tinha dinheiro para isso”.

Kalil afirmou que, se a Pfizer oferecesse doses de vacina (como fez com o governo federal), BH estaria com o esquema vacinal completo: “Os bobos dos prefeitos, governadores e do consórcio ficaram procurando vacina. Se tivessem batido na minha porta (Pfizer), minha população estaria imunizada”.

Leia mais sobre a COVID-19

Confira outras informações relevantes sobre a pandemia provocada pelo vírus Sars-CoV-2 no Brasil e no mundo. Textos, infográficos e vídeos falam sobre sintomasprevençãopesquisa vacinação.
 

Confira respostas a 15 dúvidas mais comuns

Guia rápido explica com o que se sabe até agora sobre temas como risco de infecção após a vacinação, eficácia dos imunizantes, efeitos colaterais e o pós-vacina. Depois de vacinado, preciso continuar a usar máscara? Posso pegar COVID-19 mesmo após receber as duas doses da vacina? Posso beber após vacinar? Confira esta e outras perguntas e respostas sobre a COVID-19.

Veja vídeos explicativos sobre este e outros tema em nosso canal



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade